26 agosto 2009

Enquanto Suplicy (quem diria) dá "cartão vermelho"


60 deixam cargos de chefia da Receita e crise se agrava ...
Fonte: Folha Online
Num agravamento da crise na Receita Federal, cerca de 60 pessoas em postos de chefia, distribuídas em 5 das 10 superintendências regionais, avisaram nesta terça-feira seus superiores que deixarão suas funções, informa reportagem da Folha desta quarta-feira.
Somente no Estado de São Paulo, que concentra 42% da arrecadação nacional, foram cerca de 30 demissionários, entre os quais Clair Hickman, responsável pela fiscalização do setor bancário no Estado, maior praça financeira do país.
O principal motivo do pedido de desligamento citado pelos demissionários em São Paulo é a provável mudança de foco na fiscalização.
Na avaliação dos servidores, a Receita não vai mais priorizar a fiscalização dos grandes contribuintes, mas sim será feita, nas palavras desses funcionários do fisco, sob "recibos médicos". Isso quer dizer que a Receita pode voltar a mirar pequenos contribuintes, trabalhadores assalariados e profissionais liberais.


... ... ...
Meu comentário:
O novo Secretário da Receita iniciou a exoneração de profissionais da Receita para colocar servidores da “confiança” dele. Isso cheira mal.
Charles de Gaulle já dizia – na década 60 – que o Brasil não é um país sério. Imagine se ele visse o que vem sendo feito nos dias atuais.
“Nunca antes na história deste (O Cara diz:desse) país”, um governo foi tão refém da camarilha corrupta que domina o congresso. Sabe-se que os profissionais da Receita Federal – funcionários concursados, que ali chegaram sem apadrinhamento de políticos, pessoas competentes – não se conformam com a sonegação dos 4 bilhões da Petrobras (estatal que virou moeda de troca para as negociatas políticas do atual governo); do empresário Fernando Sarney e de outros figurões aboletados no governo da PeTralha...
Isso comprova que as declarações de Lina Vieira eram mesmo verdadeiras...
Mas, para garantir o apoio do PMDB à candidatura de Dilma Rousssef, o governo federal agora se propõe a destruir também uma das repartições públicas até então tida como séria. A que ponto chega a vilania desse governo...Logo, logo chegaremos ao patamar da Venezuela de Chávez (O Chapolin colorado)...
Como bem disse o grande Ruy Barbosa: “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”.
Este é um momento de vergonha para os brasileiros.

Postagem: Armando Lopes Rafael

5 comentários:

  1. Meu caro Armando.

    Ninguem tem duvida do encontro entre a Lina com a Dilma. Lamenta-se que um aparelhamento de estado que levou anos para se formar seja desmontado para beneficiar a Familia Sarney e os que pegarão carona de agora em diante. Lamentavel é o Suplicy imaginar que não sabemos que foi seu partido o PT que manteve o Sarney no comando do congresso e vi com essa palhaçada de cartão vermelho agora para livrar-se da vingança da opinião publica. Reação tardia. Falta-nos um Mena Barreto. Não tenho duvida.

    ResponderExcluir
  2. Suplicy, no que pese ser um político honesto, vez por outra se presta ao rídiculo. Não sei se todo esse teatro, com direito a figurino e adereço, é por medo da opinião pública e por conta do efeito antecipado que a próxima eleição já vem causando.

    Se quisesse provocar um efeito positivo mesmo, deveria se dar cartão vermelho, expulsando-se do partido do qual faz parte e que perdeu o bonde de sua história.

    ResponderExcluir
  3. Não. Não chego ao extremo de Nelson Rodrigues quando afirmava:
    “Não há ninguém mais bobo do que um esquerdista sincero”.
    Existem (pouquíssimos) esquerdistas que – mesmo depois da queda do Muro de Berlim – ainda acreditam – honestamente – que a esquerda é coisa séria.
    Temos esquerdistas paranóicos, dissimulados, oportunistas, mentirosos e por aí vai...
    Neste sentido a chegada da PeTtralha ao poder foi muito proveitosa para nos mostrar que espertalhões são a maioria dos lulistas.
    Quanto ao senador Suplicy eu o enquadro como um “esquerdista sincero”.
    Se é bobo, aí é outra história...

    ResponderExcluir
  4. Amigos Carlos e Armando.

    Ontem, li uma declaração da Idely a respeito do Flavio Arns e da Marina Silva e concluir que a Idely saiu de um circo.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com vcs, proximo ano é eleição...e o nosso povão ainda é bobinho...cai novamente na lábia de todos politicos, inclusive esses dando uma de juiz de futebol.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.