21 julho 2009

I SEMINÁRIO CARIRI CANGAÇO - Patativa do Assaré


I SEMINÁRIO CARIRI CANGAÇO
De 22 a 27 de Setembro de 2009
Crato, Juazeiro, Barbalha e Missão Velha

Antônio Gonçalves da Silva é se não o eterno e famoso Patativa do Assaré. Nasceu a 5 de março de 1909 na Serra de Santana, no município de Assaré, no Sul do Ceará. Segundo filho de Pedro e Maria Pereira da Silva foi casado com D. Belinha e pai de uma prole de nove filhos. Desde cedo trabalhou duro na enxada e aos 4 anos de idade perderia uma das vistas; cresceu ouvindo histórias, os ponteios da viola e folhetos de cordel. Em pouco tempo, a fama de menino violeiro se espalhou. Com oito anos trocou uma ovelha do pai por uma viola. Dez anos depois, viajou para o Pará e enfrentou muita peleja com cantadores. Quando voltou, estava consagrado: era o Patativa do Assaré. Nessa época os poetas populares vicejavam e muitos eram chamados de 'patativas' porque viviam cantando versos. Ele era apenas um deles. Para ser melhor identificado, adotou o nome de sua cidade natal: Assaré. Dizia sempre que para ser poeta não era preciso ser professor. 'Basta, no mês de maio, recolher um poema em cada flor brotada nas árvores do seu sertão', declamava. Ninguém soube tão bem cantar em verso e prosa os contrastes do sertão nordestino e a beleza de sua natureza. Talvez por isso, Patativa ainda influencie a arte feita hoje. O grupo pernambucano da nova geração 'Cordel do Fogo Encantado' bebe na fonte do poeta para compor suas letras. Fagner e Luiz Gonzaga gravaram muitas músicas dele, entre elas a que lançou Patativa comercialmente, 'A triste partida'. Patativa só passou seis meses na escola. Isso não o impediu de ser Doutor Honoris Causa de pelo menos três universidades. Não teve estudo, mas discutia com maestria a arte de versejar. Desde os 91 anos de idade com a saúde abalada por uma queda e a memória começando a faltar, Patativa dizia que não escrevia mais porque, ao longo de sua vida, 'já disse tudo que tinha de dizer'. Patativa morreu em 08 de julho de 2002 na cidade que lhe serviu de berço e inspiração para toda uma vida. O I Seminário Cariri Cangaço, promoverá durante o evento, a visita ao Memorial Patativa do Assaré, na cidade de Assaré; tudo isso em setembro no cariri do Ceará.

TEXTO: Manoel Severo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.