04 junho 2009

Histórias que ouvi contar: "Deu Zebra no Vaticano" - Por: Zilberto Cardoso


“DEU ZEBRA NO VATICANO”

Na época que o saudoso Elói Teles de Morais, era diretor gerente da Rádio Araripe do Crato, foi bastante assediado por um policial militar que, queria mesmo sendo de poucas letras, era ser locutor de rádio, o seu maior sonho. Elói foi protelando, protelando, até que um dia para livrar-se do inoportuno sonhador impôs uma condição para ele extremamente dificil, daria uma chance caso ele conseguisse dois milhões de cruzeiros de patrocinio, tarefa ingrata para quem não era do ramo. Mas para surpresa de todos, em menos de oito dias chega ao Elói com contratos que somados era a importância exigida. Não teve dúvidas, Elói cumpriu à palavra. Alguns dias após, em horário de fim de tarde, o PM recebia para leitura um texto de última hora, não havia no momento um locutor noticiarista. A noticia explodiu nas mãos do militar e ele mandou brasa: “Esta é a emissora da “entregação” regional apresentando o programa “sambão e zebrão”- e Atenção Crato, Atenção Ceará, Atenção Brasil; “DEU ZEBRA NO VATICANO” acaba de morrer nesse instante o Papa Dom Paulo meia duza”. Era o Papa Paulo VI de saudosa memória. No dia seguinte seu Elói ao passar na praça Siqueira Campos foi interpelado pela “turma”: Seu Elói que furo deu o seu locutor militar; este respondeu: “furo uma ova, foi um verdadeiro arrombamento”. “Seu Elói” como era chamado carinhosamente por todos. QUANTA SAUDADE!- O MILITAR CONSEGUIO REALIZAR SEU GRANDE SONHO, QUE BOM!

Fortaleza, 02 de junho, 2009

Zilberto Cardoso de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.