01 junho 2009

Governador se pronuncia sobre a criação de um novo parque para a Exposição do Crato


Nada é Certo ainda. Tudo é apenas uma Idéia !



Dsc02013a

Muitas matérias ainda serão escritas sobre a vinda do governador CID GOMES ontem, dia 01 de Junho ao Crato, por ocasião da assinatura da ordem para iniciar-se as obras da construção da Sede do Parque Estadual do Sítio Fundão. Atitude, por sinal, muito louvável, e tão querida por todos os Cratenses.

Entretanto, essa matéria não tratará dos diversos assuntos abordados na reunião acontecida na URCA, mas algo que interessa sobremaneira aos Cratenses, talvez tanto quanto a própria assinatura da órdem das obras do sítio fundão, que é a polêmica em torno da possibilidade da criação de um novo parque para a Expocrato, e que segundo alguns, poderia localizar-se entre Crato e Juazeiro do Norte. Sobre esses rumores, diversos setores da sociedade têm se manifestado com toda a veemência possível, e na medida do possível, o Blog do Crato tem publicado as suas diversas opiniões. A questão não é a construção de um novo parque, e sim, a localização do mesmo. Segundo o prefeito Samuel Araripe, se o novo parque fosse construído entre Crato e Juazeiro, seria um verdadeiro DESASTRE para a economia do município, pois o comércio ficaria desaquecido, e segundo Samuel "Eu nem consigo imaginar as graves consequências que uma coisa dessas traria para nosso Crato".

OS FATOS:

Tudo começou com uma entrevista concedida à Rádio Educadora do Cariri pelo secretário do desenvolvimento agrário Camilo Santana. Dentre outras coisas, Camilo falou ao jornalista Antonio Vicelmo que é pensamento do governador construir um novo parque de exposições mais moderno, amplo, e que melhor serviria à expocrato. Enquanto isso, o terreno do atual parque, poderia ser utilizado pela URCA - Universidade Regional do Cariri. Após a entrevista, começaram as especulações no Crato sobre o possível local aonde poderia ser localizado o novo parque. Ainda pela manhã, rondaram os primeiros boatos de que seria na Vila Lobo, bairro localizado entre as cidades de Crato e Juazeiro, até porque já existia uma idéia de se levar o parque de exposições para aquela área, desde o tempo de Violeta Arraes, e deixar o local atual para a expansão da URCA.

O Blog do Crato se pronunciou prontamente à verdadeira enxurrada de e-mails que recebemos contrária à idéia de se posicionar o novo parque para alguma região entre Crato e Juazeiro. De lá para cá, a polêmica tem sido intensa em toda a cidade. Hoje trazemos uma novidade. Conseguimos entrevistar o governador Cid Gomes, através do repórter Wilson Bernardo, que o indagou sobre alguns aspectos do tema, durante a coletiva na URCA:

ENTREVISTA:


Cid Gomes: "Eu lancei a idéia...isso demanda tempo, naturalmente, porque a gente só pode começar o processo quando construir um novo parque e assegure que a exposição de Julho do ano que vém, por exemplo, já seja feita no parque novo.

Repórter: "O Senhor já tomou conhecimento da...há um certo movimento já aqui no Crato, contrário a essa idéia. O Sr. Já tem conhecimento disso ?

Cid Gomes: "Eu lancei, nem sabia que já tava pública essa idéia. Se houver movimento contrário, tudo bem. Se houver, nós não vamos fazer...eu só quero fazer alguma coisa que seja aprovado e que seja do agrado"

...
...

Wilson Bernardo: "O povo do Crato está arredio à idéia de mudança do parque. Ainda há discussão ?

Cid Gomes: "Eu tô absolutamente aberto, eu lancei a idéia. Lancei a idéia. Se concordarem, muito bem. Se não...

Wilson Bernardo: "Há uma manifestação contrária a essa idéia nos Blogs..."

Cid Gomes: "Se for contra, ninguém faz, mas Blog não é bem o lugar certo pra gente apurar isso."

Wilson Bernardo: "Porquê não ?"

Cid Gomes: "NÃO SEI. Porque uma pessoa só, pode lançar 50 opiniões lá. Uma pessoa só, aí..."

Wilson Bernardo: "Os blogs são democráticos, não existe isso..."

Cid Gomes: "Claro que existe...uma pessoa pode lançar 50...uma mesma pessoa muda de nome, lança 50 opiniões iguais ou parecidas...veja bem, eu não faço disso questão de honra.Isso é uma idéia que eu acredito seja excelente pro Crato. Você vai ter um novo parque de exposições moderno, adequado, amplo, mais amplo, e a cidade ganha...

Wilson Bernardo: "... e porque não investir nesse, já que o prefeito doou o terreno..."

Cid Gomes: "A idéia é juntar as duas coisas.Você faz um novo parque, e você faz um novo campus da URCA melhor do que o que existe hoje. Mas isso só será feito se houver concordância, se não houver...não vou brigar pra gastar dinheiro à toa não... "

...

CONCLUSÕES:

Já na saída da URCA, em um ambiente muito mais calmo que a coletiva, expliquei pessoalmente ao governador Cid Gomes, que o problema não é a construção de um novo parque. em si Isso é louvável, e o povo do Crato realmente, tem todo interesse em que o Governo do Estado traga desenvolvimento e progresso. A questão, que ele poderia não estar a par até o momento, é somente da localização, em que foi especulada uma área entre Crato e Juazeiro, o que provocaria um esvaziamento do comércio local. O governador nos respondeu que tudo é discutível. E que esta foi apenas uma idéia que ele têve. Que o local sequer estaria definido, e mesmo assim, está disposto a sentar-se à mesa de negociações. Portanto, em se tratando de um novo parque de exposições para o Crato, ou do local deste dentro da cidade, nada é certo ainda, e que ele acha um absurdo a especulação ( usou o termo contrasenso ), para dizer que não seria viável levar a exposição de Crato para Juazeiro. Creio que com essa polêmica toda, o governador irá pensar bem AONDE iria construir esse novo parque de exposições.

NOTA do BLOG DO CRATO:


Quero aqui apenas deixar claro ao nosso emérito governador, quando disse linhas acima, que "Blog não é o lugar mais apropriado para se apurar a opinião pública", até porque existem blogs e BLOGS. O BLOG DO CRATO, se ele não conhece ainda, hoje representa grande parte do pensamento do povo do Crato. Não precisamos manipular dados. Através dos nossos mais de 24.000 acessos mensais, milhares de artigos, centenas de escritores e comentaristas, do mais alto prestígio no Cariri, deve ser levada em conta a sua opinião sim, até porque não é a opinião de um, mas de muitos. Caso a opinião do Blog do Crato não fosse importante e válida, não estaria o governador sendo importunado por uma simples localização geográfica em plena URCA. Governador, é preciso saber respeitar os meios de comunicação, sem menosprezar seus participantes. As opiniões apresentadas aqui não representam a de uma pessoa, mas a de centenas e milhares. Nosso Blog é coletivo. É preciso saber respeitar a opinião pública. Aqui, não temos qualquer interesse em denegrir a imagem de ninguém, nem de ressalta-la. Sempre ouvimos os dois lados da notícia. Publicamos o clamor do público, bem como publicamos também, a opinião dos líderes, como o fazemos agora. Menosprezar qualquer veículo de imprensa, seus membros, ou a livre manifestação pública, sobretudo daqueles que possuem um Ibope muito alto, é um atestado que não é digno da inteligência alta do nosso nobre representante cearense. Se inúmeras pessoas, dezenas, centenas de e-mails nos chegam sobre o mesmo assunto, isso apenas prova que o mesmo é pertinente, e que as pessoas do Crato se preocupam com isso. Não há por nós qualquer intenção em mentir, nem omitir fatos. Talvez o nobre representante esteja lembrando-se dos jornais em que é preciso pagar para dizer a verdade ou omiti-la. O Blog do Crato não precisa "inventar" múltiplas opiniões, decerto; E se o governador discorda, e acha que as opiniões publicadas por nossos escritores e comentaristas, devidamente credenciados, com nome, sobrenome, CPF e RG não representam o livre pensar da população cratense, que ande pelas ruas do Crato e proponha-se que irá mudar a exposição de lugar, para que possa ouvir assim as opiniões IN LOCO, e constatar por si mesmo.

Reportagem e Fotos:
Dihelson Mendonça
Entrevista: Wilson Bernardo

10 comentários:

  1. Ele não disse nem que sim, nem que não. Esperamos que tenha ficado subentendido que a maioria não gostou da ideia. A maioria, e não 50 ou 100, mas a maioria da população cratense não gostou.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Aristides,

    Pelo que eu vi lá, a repercussão dessa coisa de reloclização foi tão negativa, a gente vê isso nas ruas do crato também, e você já deve ter visto por aqui somente no Blog do Crato, que temos inúmeras manifestações a respeito, que eu acredito que o Governador, em sã consciência, deve pensar bem aonde pretende relocalizar a ExpoCrato.

    Claro que os Cratenses desejam o progresso. Trata-se apenas DO LOCAL aonde seria construído o novo parque. O governador concordou que é absurda a idéia de se levar para a estrada Crato-Juazeiro ( ele me disse isso na saída da URCA ).

    Por outro lado, nós sabemos que existe um projeto do tempo de Violeta Arraes que pretendia levar a expocrato para o bairro Vila Lobo, e deixar o parque atual para a URCA.

    Mas eu creio que com essa polêmica toda sobre o local, o governador há de pensar com carinho sobre o assunto, e como ele mesmo disse: "Isso é apenas uma Idéia. Estou aberto às negociações..."

    Que seja então, uma Boa Idéia para todos. Creio que o nosso governador não quer prejudicar ninguém. Pelo que senti, a idéia é de ajudar. Falo pelo que ouvi dele.


    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Vejam como são as coisas. Os cratenses vivem a reclamar que o governo não faz investimentos na cidade. Quando o governo vem com uma ideia de construir um grande parque com maior capacidade de realizar as exposições e elevar o nome do Municipio por aí a fora e ampliar a capacidade da Universidade no mesmo lugar, a população ressuscita o bairrismo tolo e fica contra. Quando fizerem a ampliação da Universidade noutra cidade ficam chiando. O Crato não está de decada de 1950 não minha gente. Pensem em 2050 por exemplo, que estrutura será exigida para atender os visitantes. Esse bairrismo besta é que causa o atraso da cidade enquanto as outros se desenvolvem e crescem.

    ResponderExcluir
  4. Se o governador quer ajudar e tem R$ 25.000.000,00 ( vinte cinco milhões de reais) para investir em um novo parque...está na hora de sentar e analisar o que é de melhor para nossa cidade. Vamos lançar idéias e projetos e gastar esse dinheiro que é nosso. O prefeito lançou a ideia de modernizar o parque atual e tenho certeza que ele estará aberto a outras idéias,como tb o governador, com um porém, não trazendo prejuízo a nossa cidade.
    Conversei com o Camilo no domingo passado em Barbalha,o mesmo disse que estava indignado com a boataria a respeito do novo parque. Eu chequei até brincar com ele...dizendo que Barbalha estava pequena e sem estrutura para uma grande festa..aí lancei o desafio..vamos construir entre Crato e Barbalha uma estrutura melhor.Rs rs rsrsrsrsrsrs.
    Abraços a todos e viva a EXPOCRATO

    ResponderExcluir
  5. Se o governador quer ajudar e tem R$ 25.000.000,00 ( vinte cinco milhões de reais) para investir em um novo parque...está na hora de sentar e analisar o que é de melhor para nossa cidade. Vamos lançar idéias e projetos e gastar esse dinheiro que é nosso. O prefeito lançou a ideia de modernizar o parque atual e tenho certeza que ele estará aberto a outras idéias,como tb o governador, com um porém, não trazendo prejuízo a nossa cidade.
    Conversei com o Camilo no domingo passado em Barbalha,o mesmo disse que estava indignado com a boataria a respeito do novo parque. Eu chequei até brincar com ele...dizendo que Barbalha estava pequena e sem estrutura para uma grande festa..aí lancei o desafio..vamos construir entre Crato e Barbalha uma estrutura melhor.Rs rs rsrsrsrsrsrs.
    Abraços a todos e viva a EXPOCRATO

    ResponderExcluir
  6. A.MORAIS
    perdoe-me

    É necessário que você veja quão mal acessorado foi o secretário. Simplesmente ele não teve o cuidado de evitar que saisse boatos de que o parque seria localizado no sítio São José, vizinho ao Juazeiro. Não é bairrismo, e sim, como falou dr.José Flávio, "o histórico nos é desfavorável" .Ponto. Um reporter que é correspondente de João Hilário aqui no Crato chegou a noticiar que o evento em 2010 seria nesse referido terreno no sítio São José. É necessário que se acompanhasse cada passo da estória para dizer que houve ou há "bairrismo besta".

    Se houve algo de "besta" nisso tudo foi por parte da acessoria do secretário Santana que filho de político experiente, não teve o cuidado de averiguar quão delicado era a natureza do assunto e foi logo em Vicelmo, jornal com muita audiência em Crato, dizer que se pretendia discutir a construção de novo parque. Não pensou-se, assim, na avalanche de boatos que isso causaria, não teve sequer a preocupação de chegar primeiro junto a quem interessa, a associação de criadores, prefeitura, câmara, CDL, seja lá com quem for. Ele não teve aconselhamento adequado. Isso nem quem lida com o público sabe.


    Foi mancada dele, que é homem público. Dele e acabou resvalando no chefe maior, o governador.

    Se ele, o governador, tem mesmo todo esse dinheiro, é uma iniciativa muito interessante que o atual parque passe por uma reforma completa, notadamente os terrenos vizinhos ao Mutirão e IBAMA,que não são utilizados em sua totalidade. Isto é empírico, deem uma olhada por lá. A não ser que esse ano os utilizem.

    Se a maioria da população não quer que o parque saia dali, que o governador, que certamente é um homem democrático, até que provem o contrário(ou ele próprio o faça), respeite essa decisão e trabalhe com urgência para que a Universidade Regionaldo Cariri,uma das principais artérias que irrigam o Crato(como a Exposição) tenha não só professor efetivo como também novas instalações nos já tão anunciados terrenos que a prefeitura doou à instituição.


    O resto pode ser coisa besta sim.

    ResponderExcluir
  7. na verdade, analisando a situação como cratense que sou, a exposição cresceu ao ponto do espaço não ser mais adequado,o trânsito é infernal pra quem precisa trabalhar, estudar nesse período, barulho para o hospital, o parque de diversão foi pra um local péssimo,esgotos abertos, poeira, mal cheiro, e já não é tão pública desde que privatirazam os shows, tornando uma festa cultural onde se apreciava shows gratuitos de luiz gonzaga, trio nordestino, reisados, numa mistura infernal e cara de "forró sertanejense que ninguém precisa nem merece", mas como o importante é o lucro, cego, ja que se tem pouco daquela velha exposição, então moderniza tudo mesmo, o absurdo é colocar entre Crato e Juazeiro, eles já nos roubaram o padre Cícero, se levarem a expocrato, só vai nos restar a Diocese de patrimônio econômico, rsrsrs,será que não se sabe que cultura também gera dinheiro? Espaço é o que não falta aqui na cidade pra se construir um parque, por que então entre uma cidade e outra? E que arrogância desse nosso governador, só no Crato mesmo! kkkkkkkkkk!

    ResponderExcluir
  8. Quem não lembra da Expocrato do Ano passado e de anos anteriores... "Discriminação com os artistas locais"... o "roubo" que sofre a população (falo aqui da classe trabalhadora... deixamos então de lado o pessoal de terno e gravata) para que ali possam usufruir de algum tipo de diversão familiar(isso se lá encontrarem)... Pois é... A Expocrato é hoje sim, um evento voltado para pessoas de classe alta. Estão apenas dando um outro passo no processo. Eu como jovem cidadão cratense desejo que (se for pra continuar com esse circo armado) levem pra bem longe... mas bem longe mesmo!!!
    Se realmente a idéia for investir em Educação (PÚBLICA) "já foi tarde"!!! Isso é o que realmente a população caririense hoje necessita... EDUCAÇÃO

    ResponderExcluir
  9. Roberto Oliveira ( Roberto Kangaia ) nos enviou o seu parecer sobre o assunto:

    Mudança de local da EXPOCRATO

    Que bom setores significante da nossa sociedade civil organizada Cratense , envolver-se no debate sobre a mudança do local da Expocrato. Seria bom se aproveitassem o calor do e discutissem e socializassem a suntuosa quantia em dinheiro público que é arrecadado e gasto no período da festa, uma transparência na prestação de contas seria bastante aceita pela população do Crato. Poderíamos começar pela democratização da escolha dos(as) cantores(as) e bandas que se apresentam, depois a gratuidade dos ingressos como era antigamente e como é em várias festas dos nossos municípios vizinhos, em seguida poderíamos também consultar a população sobre o monopólio de industria de bebidas alcoólicas e de refrigerantes que cerceia o direito do consumidor(a) de escolher o seu sabor, sem antes esquecer dos aluguéis dos espaços dentro do local dos shows , que são preços aviltantes repassados para os consumidores(as) que freqüentam o parque e da quantidade de decíbéis .

    Não poderíamos deixar de aproveitar este rico momento deste debate, para exigir da Câmara de Vereadores, do CDL, SEMACE, AGROPOLO , SEBRAE , URCA, associação dos criadores ou seja todo segmento envolvido neste grande evento para não se furtar deste debate sobe a mudança de local e todos estes questionamento citado acima. Ais sim chegariam a um senso comum de preocupação coletiva deste nosso grande evento de repercução nacional


    Prof. Roberto Oliveira ( URCA )
    99213401
    35218798

    ResponderExcluir
  10. Apenas para dizer que acho lamentável a forma como o nosso governador enxerga e conceitua os BLOG’s. Parece desconhecer que num futuro muito próximo o BLOG será o mais importante instrumento de mídia no mundo inteiro, deixando na poeira a televisão, o rádio, os jornais ... Aguardemos.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.