29 abril 2009

Patativa tá na moda!!!


Acima: Geraldo Amancio, Geraldo de Patativa, BC Neto e Jesus Leite

Espaço Patativa do Assaré vira destaque no FMF 2009 no ano do centenário de nascimento do poeta Festival muda conceito e atrai público diversificado em busca de novidades. Trabalhando um novo conceito, em que a moda é vista além das passarelas, a 28ª edição do Festival de Moda de Fortaleza (FMF) comemora o centenário de nascimento de um dos maiores nomes da cultura nordestina: Patativa do Assaré. O poeta popular é reverenciado no evento, que, neste ano, conta com uma decoração superestilizada, com elementos rústicos e regionais como o barro, a madeira, a juta e a palha. Pelo espaço de convivência, gaiolas abertas simbolizam a fuga das patativas e faixas grafitadas por Preto Rap trazem trechos das obras do poeta. O FMF, em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com a Prefeitura de Assaré e com o Memorial Patativa do Assaré também apresenta um espaço com peças do Memorial, no qual podemos encontrar fotos, roupas e objetos pessoais, além de vários livros de Patativa que estão à venda no local. E para quem desejava conhecer um pouco mais da vida e obra desse poeta, compositor, cantador e improvisador brasileiro, a FMF promoveu nesta manhã um encontro de que participaram Geraldo Gonçalves, filho do artista, BC Neto, coordenador da Ação Cultural da SECULT, Jesus Leite, poeta e jornalista e ainda Geraldo Amâncio, num bate-papo bem interessante e repleto de ‘causos’ do mestre. O encontro foi uma promoção da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e do FMF 2009, e fez parte das comemorações do Ano da
França no Brasil, além do centenário de nascimento de Patativa do Assaré, homenageado deste ano do Festival. O poeta cearense teve sua obra estudada na disciplina de Literatura Popular Universal na Sorbonne, a mais tradicional universidade francesa. A organização convidou intelectuais e estudiosos da obra de Patativa para discutir o tema com os participantes e com a imprensa internacional e nacional presente ao evento. Em um caloroso bate-papo as metáforas e
comparações, utilizadas pelo poeta para enaltecer o puxador de corda, foram lembradas pelo jornalista e poeta Jesus Leite, “Ninguém conseguiu fazer uma poesia como Patativa, só ele era capaz de utilizar essas duas figuras de linguagem tão marcantes”, afirmou.

Além de conhecer um pouco mais sobre o poeta, os convidados puderam conhecer mais o pai Patativa do Assaré. Lembrado pelo filho como alguém rigoroso, o poeta sempre se preocupou em mostrar aos filhos o caminho do bem e do mal. “O meu pai foi um pai exemplar, mandou em nós
até mesmo na hora do falecimento, sempre que ele chamava a gente tinha que aparecer. Mesmo sendo pobre se preocupou com os filhos até que crescessem. Pra mim ele era uma pessoa maravilhosa e dona belinha, minha mãe, também”, disse Geraldo de Patativa, filho do poeta. Ao
final do debate o filho do poeta presenteou os ouvintes com um repente feito para ele quando tinha apenas cinco anos. BC Neto falou sobre a história de Patativa e das comemorações dos 100 anos do Poeta, Geraldo Amâncio lembrou o artista e seus causos. Estiveram presentes jornalistas de todo país e ainda os anfitriões do evento Manuel Holanda e Mana Holanda. É isso, é Patativa fazendo moda é a moda fazendo prestigiando a cultura cearense.

Redação: Cristina Franco e Mauro Costa
Jornalista responsável: Mauro Costa (CE 01035 JP)

Texto enviado por: Norma Paula

2 comentários:

  1. Causos e acontecências;

    Certa feita, quando esteve no programa do Jô Soares, ainda no SBT, lá pelos anos noventa, o gordo em tom de brincadeira e querendo demonstrar ao seu público a intimidade com a rima, perguntou assim a patativa:

    "ME PERDOE MEU AMIGO
    PELO QUE VOU PERGUNTAR
    SEI QUE NÃO SOU DISCRETO
    MAS COM QUE IDADE VOCE TÁ".

    E então, respondeu patativa...

    "TENHO OITENTA E QUATRO ANOS
    SEM PENSAR NOS DESENGANOS
    MINHA VIDA NÃO LAMENTO
    NÃO VEJO QUEM VAI E QUEM VEM
    MAIS AINDA ENXERGO BEM
    COM OLHOS DO PENSAMENTO".

    E continuou elogiando aquele entrevistador, dizendo;

    "DE JÔ EU CONHEÇO A FAMA
    ATRAVÉS DO SEU PROGRAMA
    DE NUMEROSA AUDIÊNCIA
    EU DIGO E NINGUEM SENCURA
    SE ELE É GRANDE NA GORDURA
    É MAIOR NA INTELIGÊNCIA".

    Verdadeiro gênio, demonstrou para o mundo o sentido real do homem da terra, do simples matuto, do legítimo cidadão sertanejo.

    Onde estiver nobre poeta,
    sinta-se abraçado.

    ResponderExcluir
  2. Causos e acontecências;

    Certa feita, quando esteve no programa do Jô Soares, ainda no SBT, lá pelos anos noventa, o gordo em tom de brincadeira e querendo demonstrar ao seu público a intimidade com a rima, perguntou assim a patativa:

    "ME PERDOE MEU AMIGO
    PELO QUE VOU PERGUNTAR
    SEI QUE NÃO SOU DISCRETO
    MAS COM QUE IDADE VOCE TÁ".

    E então, respondeu patativa...

    "TENHO OITENTA E QUATRO ANOS
    SEM PENSAR NOS DESENGANOS
    MINHA VIDA NÃO LAMENTO
    NÃO VEJO QUEM VAI E QUEM VEM
    MAIS AINDA ENXERGO BEM
    COM OLHOS DO PENSAMENTO".

    E continuou elogiando aquele entrevistador, dizendo;

    "DE JÔ EU CONHEÇO A FAMA
    ATRAVÉS DO SEU PROGRAMA
    DE NUMEROSA AUDIÊNCIA
    EU DIGO E NINGUEM SENCURA
    SE ELE É GRANDE NA GORDURA
    É MAIOR NA INTELIGÊNCIA".

    Verdadeiro gênio, demonstrou para o mundo o sentido real do homem da terra, do simples matuto, do legítimo cidadão sertanejo.

    Onde estiver nobre poeta,
    sinta-se abraçado.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.