15 abril 2009

Casa de Sapé, versos no papel - Foto de Pachelly Jamacaru - Por Socorro Moreira


Minha poesia é pretenciosa
Inventa um Natal em Abril
Pede emprestado , o olhar de Pachelly ...
Mistura-se na argila da estrada
Pisa em folhas brancas da saudade
Na argamassa das palavras
contrói barracos de papel...
Desarrumada nos cipós e calhas,
pede inclusão na paisagem.
No escuro que o luar invade ,
esconde a timidez
Ilumina de falas a casa

Falta querosene na lamparina da sala
O fogão de lenha queima,
gravetos catados,
na beira da alma

Meu quintal tem um balanço,
onde brinco com meus sonhos
Minha rede sempre armada,
tem no vento um aliado...
Quando ele chega,
abro a janela da vida ,
e canto uma moda antiga ...
Pra que as estrelas se encantem,
e me apanhem com seu brilho.
Socorro Moreira

5 comentários:

  1. Uau, Socorro!

    Este teu texto está divino! Perfeito na sua linguagem poética e no poder descritivo do momento captado na foto.
    Você literalmente entrou na paisagem e viveu a beleza lida pelo olhar e pela sensibilidade de Pachelly, nesse curioso e noturno cenário.
    A poesia da imagem simplesmente transbordou em você.

    Parfait!

    Abraço,

    Claude

    ResponderExcluir
  2. Minha generosa e entusiasta amiga ... Faz colagens em cima do simplista !
    Olho de novo com outros olhos , e sinto teu sorriso , nos cantos da foto ... Teus versos, nas entrelinhas.


    Beijo !

    ResponderExcluir
  3. Socorro, muito porreta essa idéia de sobre a foto, poetar! Se não for pedir muito, enviarei uma foto pra ti, outra para Claude, e vcs escreveriam algo e, eu pulblicaria em meu blog! Me digam algo, o que acham!
    Abração

    ResponderExcluir
  4. Respondo por mim e por Claude... Oxente... Pode mandar !
    E, que tal um triplix, em cima de uma foto...Eu, você e Claude ?

    ResponderExcluir
  5. Legal, então assim será, vou escolher, aguarde! Abração

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.