19 fevereiro 2009

De amigo para amigos - Por: Pedro Esmeraldo

Escrevemos-lhes porque precisamos desabafar com alguém que nos venha assegurar compreensão mútua e destreza em nossas atividades.
Soubemos por intermédio de terceiros que os amigos veem dizendo que a valorização das terras cratenses está abaixo do valor determinado pela mídia empresarial: Puro engano! Declaramos com firmeza que a valorização de terras contíguas é igual as demais. Nada de querer desfazer do nosso patrimônio territorial.
Se alguém citar as nossas terras abaixo do valor é porque tem um pinguinho de inveja. Cremos que, com toda certeza, essas conversas balelas são inventadas pelos inimigos ocultos do Crato.
Confirmamos: Quem foi rei sempre será majestade. Garantimos que não estaremos nem aí com essas conversas torpes e injuriosas.
Nós, os cratenses, usamos de nossas prerrogativas e podemos cantar alto dizendo que os municípios vizinhos e equidistantes devem a nossa cidade, pois além de serem filhos do Crato; foram beneficiados em todas as áreas como: educação, saúde, economia, agricultura, etc e quando acham de querer dilacerar a nossa terra por intermédio de medidas falaciosas, deixando-nos cair numa lacuna discordante, tudo isto causado pelas mazelas de alguns astuciosos que só nos procuram para nos hostilizar, deixando-nos completamente dispersos; já que nem temos força suficiente para reagir. Isto se tornou medida estarrecedora o que nos deixa a ver navios.
Reparem bem, senhores, usem pensamento de homem sério, venham comungar conosco, lutando em defesa da terrinha amargurada e desprezada devido omissão de alguns políticos.
Querem diminuir o Crato, tirando o bom da cidade, levando-o para si suas reservas com o apoio das autoridades estaduais da capital que nos desprestigiam favorecendo a outra localidade.
Talvez dizemos com muita ênfase, pensam que somos atoleimados e que não sabemos onde temos a venta. Esclarecemos que somos cratenses autênticos e não aceitamos de bom grado esses pensamentos astuciosos.
Não falamos à toa, mas confiamos que Crato é uma cidade revolucionária desde os tempos imemoriais, pois participamos das lutas a Revolução de 1817 e da Revolução do Equador (1824).
Portanto, pedimos que respeitem o Crato e ao mesmo tempo invocamos ao Altíssimo, pedindo luz e determinação, pois com sua ajuda devemos ser gigantes por natureza.

Crato-CE, 11 de fevereiro de 2009

Por: Pedro Esmeraldo

3 comentários:

  1. pois eh pedrinho,o cariri continua sendo uma regiao de uma cidade soh.mas temos o orgulho de dizer que o pouco crescimento que temos,nao foi prejudicando outras cidades. temos vida propria, nao precisamos explorar nenhum religioso para sobreviver

    ResponderExcluir
  2. podem tirar tudo nosso caro pedrinho, mas temos vida propria.eh que o cariri continua sendo soh o juazeiro. mas nao precisamos explorar nenhum pobre coitado em nome de uma falsa feh.ah so lembrando polemico ou nao o pe. cicero eh cratense.

    ResponderExcluir
  3. pedrinho esses politicos forasteiros, so aparecem no crato em epoca de eleiçoes e o povo ainda vota neles. solembrando sr. governador, parabens pelo hospital de juazeiro, ceasa de barbalha, e o nosso cewntro de convençoes? porque tanto odio com o crato,eh por causa das nossas belezas naturais que despertam a inveja de cidades vizinhas?

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.