xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 26/12/2008 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 dezembro 2008

HISTÓRIA - Ainda sobre a história da Mãe do Belo Amor


Alguns leitores do Blog do Crato telefonaram dizendo que eu esqueci de incluir a história da imagem da Mãe do Belo Amor na postagem final sobre o Geopark Araripe. Na verdade, não esqueci. É que, anteriormente, tinha escrito algo sobre esta importante imagem do imaginário e da história religiosa do Cariri. Por isso, posto novamente o artigo .


Foto de Jackson Bantim

A Mãe do Belo Amor
Armando Lopes Rafael

A história da imagem venerada em Crato

A imagem da Mãe do Belo Amor, pequena escultura de madeira, medindo cerca de 40 centímetros, é venerada, desde os primórdios da Missão do Miranda – origem da cidade de Crato – que data do segundo quartel do século XVIII. Esta estátua sempre foi aureolada por muitos fatos pitorescos e lendários. Monsenhor Rubens Gondim Lóssio, escrevendo sobre esta representação da Virgem Maria, em trabalho publicado na revista Itaytera, afirmou: “Herdada dos ancestrais indígenas, existia uma pequena imagem da assim chamada Nossa Senhora do Belo Amor, de todos venerada”.

Não nos foi possível apurar as razões que levaram Monsenhor Rubens a concluir que a imagenzinha da Mãe do Belo Amor fora herdada dos indígenas, primeiros habitantes do Vale do Cariri. Entretanto, no artigo já citado, ele menciona um fato que merece transcrição. Na segunda metade do século XX, um conhecido e respeitado ancião cratense, o Sr. José da Silva Pereira, secretário do Apostolado da Oração de Crato, escreveu ao então vigário da Catedral, Monsenhor Francisco de Assis Feitosa, um documento, do qual extraímos o texto a seguir transcrito:
Há na nossa Catedral três imagens que representam nossa padroeira, Nossa Senhora da Penha. O que vou narrar nestas linhas se refere somente à primeira, que é a menor das 3, esculpida em madeira, como as duas últimas. Trata-se de uma bela imagem que honra a arte antiga e a habilidade de quem a preparou. Segundo dizem os antigos, ela tem para mais de duzentos anos, mas nada deixa a desejar às que se fazem atualmente. Pertencendo ao número das imagens aparecidas, ela tem também a sua lenda bastante retocada de suave poesia. Conta-se que fora encontrada em poder dos índios (sem dúvida os Cariris), passando às mãos de pessoa civilizada. Aqui toma vulto a lenda que gira em torno do seu nome, pois afirmava que, repetidas vezes, ela voltara ao cimo de pedra onde os indígenas a veneravam. Este fato miraculoso deu lugar à fundação da Capela, onde hoje é a nossa Catedral, naquele mesmo sítio, tão profundamente respeitado. Quanto à idade que lhe atribuem, provam-na os documentos referentes à fundação da povoação, hoje transformada nesta importante Cidade de Crato. Para mais corroborar o misticismo que a tradição empresta à nossa querida santa, ocorre que esta desapareceu de nossa igreja há mais de cinqüenta anos, voltando agora aos seus penates, onde está sendo venerada por grande numero de fiéis. Os antigos deram-lhe o nome de “Belo Amor”, o que prova a piedade filial dos nossos antepassados. Respeitemos o passado, sua história, suas tradições e suas lendas, que nos falam sempre daqueles que abriram caminho a nossa vida. (LÓSSIO, 1961: 47).

Quanto ao desaparecimento da imagem da “Mãe do Belo Amor”, mencionado acima, o historiador Irineu Pinheiro esclareceu o episódio:

Lá alguns anos, desapareceu (a imagem da Mãe do Belo Amor), mas, a 29 de abril de 1951, restituiu-a ao culto o velho sacristão Zacarias Luís Arnaud, que a retirara da Igreja, durante os anos de reconstrução, e a guardara em casa, carinhosamente. Acolheu-a o povo com entusiasmo e devoção, a beijar-lhe os pés, a rogar-lhe felicidades. Vimo-la na Sé de Crato, de madeira, de uns dois palmos de altura, de olhos azuis, segurando com o braço e a mão direita o Menino Deus, de olhos também azuis, a agarrar com as duas mãos a gola do casaco de Nossa Senhora, puxando-a para si”. (PINHEIRO, 1955: 22).

Não existem documentos sobre a origem da imagem da Mãe do Belo Amor. Também não se sabe, ao certo, se essa pequena escultura já se encontrava no Sul do Ceará, antes de 1740, ano da chegada de Frei Carlos Maria de Ferrara, para catequizar os índios Cariris, quando fundou a Missão do Miranda, embrião da cidade de Crato. Ressalte-se que, antes da chegada do frade, já tinha o Vale do Cariri certa densidade demográfica, embora não possuísse ainda nenhum aldeamento ou povoado considerável, o que só veio a se formar após 1740. Daí ser possível que a imagem da Mãe do Belo Amor já se encontrasse no Vale do Cariri, antes da vinda do fundador de Crato. Presume-se, pois, que até 1745 esta pequena imagem foi venerada na humilde capela de taipa, coberta de palha, construída por Frei Carlos, isto é, até a chegada da segunda imagem que seria venerada como Padroeira de Crato.

Fontes de consulta para o artigo acima:

LÓSSIO, Rubens Gondim. Artigo “Nossa Senhora da Penha de França, Padroeira do Crato” Revista “Itaytera”, ano VI, nº VI, órgão do Instituto Cultural do Cariri. Tipografia A Ação, Crato (CE) 1961.

PINHEIRO, Irineu. Cidade do Crato. Ministério da Educação e Cultura. Rio de Janeiro, 1955.

Dicas para a Publicação de Textos aqui no Blog


Olá, Amigos,

Peço que se alguém enviou algum texto para publicação, ou tentou entrar em contato conosco e não foi respondido, tente novamente e reenvie o texto. Os textos a serem publicados sempre recebem uma resposta da minha parte. O motivo desta postagem é pelo fato de eu estar recebendo em média 80 a 100 e-mails por dia, o que aqui e acolá escapa algum de ser lido e respondido. Peço que ao enviar um artigo para publicação, coloquem no assunto da mensagem as palavras "ARTIGO PARA PUBLICAÇÃO". Também aproveito para comunicar que no mês de novembro, foi registrado um recorde de mais de 25.000 visitas ao Blog do Crato.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Desejos


Epílogo de ano é sempre assim, caro ouvinte. Bate às vezes aquela capiongueira : tantas coisas que podiam ter sido realizadas e que não foram ! Tantas oportunidades perdidas ! Tantos comensais que já não sentam conosco para a ceia! Tantas aspirações frustradas ! Pomo-nos , então, facilmente, no ataque fazendo projetos para o ano vindouro! Desta vez a coisa vai ! Vou parar de fumar! Em 2009 começarei um programa de atividades físicas ! A partir de janeiro , vocês vão ver: inicio a dieta e perderei essses 40 kilos de excesso ! Esta época de férias e de solidariedade algo superficial mostra-se também especial no quesito desejos : fazemos votos de felicidades e prosperidade para tudo e todos. Feliz Natal ! Felizes Festas ! Próspero Ano Novo! Dezembro traveste-se de um clima aparente de compreensão, de amizade, de fraternidade. Uma espécie de trégua na batalha desigual travada por toda a sociedade com muitos abatidos e feridos, nos outros onze meses do ano. Um escritorzinho bissexto como eu sente-se impelido a emergir nesta atmosfera algo enganosa de sorrisos fartos e amorfos chavões. Os raros ouvintes na rua já me olham com aquele ar interrogativo : será que esse incréu não vai fazer votos de realizações pra ninguém ?
Pois bem, por falar em anseios e em Natal, semana passada me veio à lembrança aqueles desejos tão freqüentes nas grávidas . De repente a buchudinha acorda na madrugada e avisa ao marido que está desejando comer jaca, torta de melancia ou outra iguaria qualquer facilmente encontrável às três horas da manhã. O esposo, coitado, arranca em desabalada carreira em busca da comida solicitada, temendo contrariar a natureza, sob risco da menina nascer com corpo em formato de Jaca ou o menino com uma barriga tipo melancia. Pesquisei – coisa de quem não tem muito o que fazer nesses dias morosos – e descobri algumas constatações científicas interessantes. O velho Vicente Vieira, meu avô, achava que tudo aquilo era encenação das grávidas, charminho pra cima do marido e concluía enfático “ Nunca vi uma desejar coisa ruim, é só chocolate, tapioca quente com nata, doce de leite com queijo de manteiga”! Pois bem, amigos, a ciência admite que estes desejos existem de verdade e devem-se provavelmente às intensas alterações hormonais que acontecem durante a gravidez. E mais , ultimamente sua freqüência tem aumentado muito em todo mundo, pesquisas comprovando que, atualmente, ¾ das gestantes sofrem desta compulsão . Infelizmente para os feios como o Heron, o Vicelmo, o Geraldinho, a Ciência não permite colocar-se a culpa da feiúra nos desejos maternos não satisfeitos : essa cara de carranca do São Francisco , meu amigos, foi azar mesmo e o jeito é se conformar com os erros eventuais da santa natureza. Se servir de consolo : talvez o que faltou em vocês a natureza colocou de sobra na Gisele Bündchen e na Juliana Paes. Valeu a pena o investimento!
Mas o que me despertou, semana passada, nesta época natalina, para os desejos? Uma amiga nossa, aqui de Crato, grávida em Fortaleza, sentiu, subitamente, o desejo irreprimível de comer algo totalmente inusitado. Imaginem o quê ! Um sanduíche do Enoque ! Talvez os mais novos não se recordem do fabuloso cachorro quente de Enoque.. Todo ano ele punha uma pequena barraca na Expô/Crato e vendia um sanduba simplesmente fabuloso que faz parte da memória gustativa de toda uma geração de caririenses, assim como a tapioca com fígado de canena , o caldo de mocotó de Bosquim, o Doce de Leite de Isabel Virgínia. Há alguns anos, inconformado com as altas taxas cobradas pela organização do evento e as misteriosas prestações de contas, ele desistiu. Enoque foi um jogador de futebol dos mais inspirados e ainda vivíssimo reside ali pras bandas da Caixa D´água. As novas gerações acostumadas àquele sanduíche de isopor da Mac Donalds e do Bob´s possivelmente não irão compreender o desejo da minha amiga. A mãe da nossa buchudinha procurou nosso sandwichman e ele preparou com todo gosto e requinte seu inesquecível sanduba que foi mandado de avião no mesmo dia, para a salvação do bebê que , caso contrário, corria o risco de nascer redondinho, insulso, insípido e inodoro como um Big-Mac.
Pois foi justamente esta historinha que me inspirou a escrever esta croniqueta de fim de ano. Todos nós ficamos grávidos de sonhos e aspirações neste período natalino. Pois aí vai também o meu desejo !Ah como seria bom se tivéssemos desejos parecidos como os de minha amiga. Se todos nós acordássemos na madrugada com aquela vontade insaciável de ouvir uma música de Abidoral, dançar um Reisado do Mestre Aldenir, comprar um quadro do Karimai, , sapatear um Coco da Dona Edite, usar uma Sandália do Mestre Expedito das Nova Olinda , botar na sala uma xilogravura de Maésio, deliciar-se com uma poesia do Marcos Leonel. Ah como o menino dos nossos sonhos nasceria bonito e robusto e o Ano novo romperia no horizonte com novos vagidos de paz e esperança !

J. Flávio Vieira

A Arrogância do Ser Humano em se achar ainda o centro do Universo !

Acima: Nossa Galáxia: "Via Láctea", com 200 Bilhões de estrelas iguais ao nosso sol. No universo inteiro existem Bilhões de outras galáxias iguais à Via Láctea... resultado bilhões de bilhões de estrelas.

O Professor Sílvio Meira afirmou que: "A Internet “globalizou os otários”, ai incluído os ingênuos, capazes de acreditar em tudo que vêem na tela, como autópsia em ETs, discos voadores, milagres de todo tipo, frutas que curam todas as doenças, etc."

Na verdade, a internet ajudou e ajuda a propagar antes, verdades ocultas, que muitos teimam em não aceitar. Não temos culpa se a ignorância do Sílvio Meira o faz descrer dos "Milagres" que podem verdadeiramente acontecer. E sobre a Vida extraterrestre, gosto sempre de reafirmar que:

Na idade média, o homem se achava o centro do universo. Afirmava que o mundo girava em torno dele ( assim como o Prof. Meira deve pensar ). Com Galileu Galilei e Copérnico, descobriu-se o sistema heliocêntrico e a ciência passou a se chocar com as crenças religiosas, constatando que a Terra era um simples planeta que girava em torno do sol. Até meados do Século XX, os cientistas, com sua arrogância característica afirmavam que "Tudo bem! a terra não é o centro do universo, mas é muito improvável que haja outro sistema solar com planetas girando em torno de uma estrela. De lá pra cá, já foram descobertos MILHARES.

Depois, os cientistas afirmaram: "Tudo bem, existem milhares ou milhões de planetas, mas é praticamente impossível existir um que contenha água que abrigue vida, pois esse é um fator essencial" . Há poucos meses, aqui, nesta porcaria de sistema solar ainda, bem ali num satélite de Júpiter chamado EUROPA, descobriu-se que há um oceano de água embaixo da superfície do planetóide. Será que somos tão prepotentes assim em achar que somos os únicos seres vivos entre milhões de milhões de sóis apenas nesta mísera galáxia, que faz parte de um universo formado por BILHÕES de galáxias muito maiores do que a nossa ?

É muita pretensão, Meu Deus!
O Ser Humano continua no obscurantismo de se achar o centro do Universo !

Dihelson Mendonça
.

Estamos no Blog do Luis Nassif !


Olá, Amigos,

É com grande satisfação que trago a notícia de que os links para a Rádio Chapada do Araripe, Blog do Crato, Rede de Blogs do Cariri e outros foram postados em um importante Blog do Brasil, do Luis Nassif, por Cida Medeiros, onde se criou até uma discussão sobre o assunto, principalmente sobre a nossa estação de rádio. Gostaria de cumprimentar também nossos novos amigos do Blog do Nassif, e nos colocamos à inteira disposição para receber comentários e sugestões de como poderemos melhorar a nossa programação.

Aos visitantes, uma dica: Através do Blog do Crato ( ja com quase 4.000 artigos escritos ), e CaririCult ( um verdadeiro celeiro da cultura caririense ), os senhores poderão ter um panorama mais geral da arte e da cultura produzidas aqui na região do cariri, basta ir seguindo as postagens que são muitas, até 2006.

www.blogdocrato.com
www.cariricult.com
www.blogsdocariri.com
www.chapadadoararipe.com

O link para a postagem no Blog do Nassif:
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2008/12/26/uma-radio-para-curtir/

Abraços,

Dihelson Mendonça
blogdocrato@hotmail.com

HISTÓRIA - Santa Margarida Maria Alacoque: relíquias chegam a Crato

A diocese de Crato recepcionará, logo mais às 17:00h, na Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, as relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque, ora percorrendo as dioceses brasileiras em peregrinação. Essas relíquias, compostas de um ossário que contém vários fragmentos de ossos e uma parte do tecido cerebral, conservam-se incorruptas há mais de 300 anos.
A peregrinação que vem percorrendo diversos países partiu da França, onde Jesus apareceu à Santa, no século XVII. Conforme Dom Fernando Panico, bispo de Crato, “O objetivo da peregrinação das relíquias da santa é despertar no povo essa devoção e preparar o Brasil para ser consagrado ao Coração de Jesus”. No Cariri, segundo Dom Fernando, essa devoção já está bem arraigada e faz parte da cultura católica nos 32 municípios que formam a diocese de Crato, todos possuidores da associação de fiéis do Apostolado da Oração.
Para o Cura da Sé Catedral, Padre Edmilson Neves, “As peregrinações contribuem para fazer conhecer a mensagem do Coração de Jesus no mundo, que é uma mensagem de paz, amor e reconciliação, além de reavivar a fé dos cristãos no profundo Amor do Divino Coração pela humanidade”.

Quem foi a Santa
Santa Margaria Maria Alacoque era francesa, nasceu
em 1647 e acreditava que sua missão era dar impulso à devoção ao Sagrado Coração. Ela morreu no dia 17 de outubro de 1690, aos 43 anos de idade. Foi beatificada no dia 18 de setembro de 1864 e canonizada no dia 13 de maio de 1920.

Palavras sábias


Trecho de uma das leituras da Missa de hoje, delebrada na Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, de Crato:

Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão

Se fecharem uns poucos caminhos, mil trilhas nascerão.

Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais.

Deus criou o infinito para a vida ser sempre mais.

Código de Defêsa do Consumidor - Prazos para Troca de Presentes de Natal

Por: Leopoldo Martins Filho

· O Código de Defesa do Consumidor fixa prazos curtos para que o consumidor possa pleitear junto ao fornecedor o conserto ou reparação dos danos sofridos em virtude de produtos e serviços defeituosos;
· O direito de reclamar perante o fornecedor pelos vícios aparentes ou de fácil constatação (aquele de fácil visualização) caduca em 30 (trinta) dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produto não duráveis (alimentos comprados em supermercado, serviços de organização de festa etc.);
· Se o vício aparente ou de fácil constatação (aquele de fácil vizualização) atingir produto ou serviço durável (carro, TV a cabo, televisão, computador, serviço bancário etc), o prazo para reclamar o conserto é de 90 (noventa) dias;
· Inicia a contagem dos prazos acima a partir da entrega do produto ou da finalização do serviço;
· Tratando-se de vício oculto, os prazo de 30 (trinta) e 90 (noventa dias) começam a contar somente no momento em que ficar evidenciado o vício (ex.: ar condicionado do veículo novo cujo gás vaza por defeito em mangueira após um ano de uso);
· Caso os produtos e serviços causem danos físicos ou patrimoniais ao consumidor, ou seja, não sejam meros defeitos que precisam ser consertados, o prazo para reclamar a reparação dos danos é de 05 (cinco) anos (ex.: veículo novo que, sem freio, faz com que o consumidor colida e se machuque);
. A troca de produtos sem defeitos, só é obrigatória se o lojista fez esta promessa no ato da venda do produto, verbalmente ou mediante escrito anexo a nota fiscal.
. O direito de arrependimento, de 7 (sete) dias, onde o consumidor pode devolver o produto e pedir o dinheiro de volta, só vale para compras feitas por meio de amostras (normalmente as realizadas pela internet).

ATENÇÃO REDOBRADA:

A reclamação feita ao fornecedor SUSPENDE os prazos acima. Assim, é necessário que o consumidor, ao reclamar o conserto ou reparação do dano, procure registrar em algum documento a reclamação. Pode ser até mesmo o recibo de entrega do produto para conserto.

Leopoldo Martins Filho
Pós-Graduado em D. Penal
Especialista em Danos Morais

Torne-se um Patrocinador do Blog do Crato. Invista nessa Idéia !

Ajude a manter quem divulga e promove a cidade do Crato

O Blog do Crato está procurando empresas ou mesmo pessoas físicas que queiram ser nossos parceiros para manutenção e crescimento do nosso website. Oferecemos em troca publicidade, ou espaço para hospedagem de homepages, e se quiser, website personalizado com www, dependendo do cliente. E aos amigos, estamos adotando o modelo de milhões de sites espalhados pelo mundo afora, inclusive a Wikipedia, a enciclopédia da internet: Aceitamos DOAÇÕES também, via conta no Banco Bradesco. Doe quando e como achar necessário. Lembrando que o Blog do Crato registra mais de 25.000 acessos por mês, sendo o maior Portal da Região do Cariri, o que garante a maior visibilidade da sua empresa na Internet.

Valores:

Para empresas e patrocinadores: de 100 a 1.000 reais por mês.
Para pessoa física, doadores e colaboradores: Referência mínima para doações: 50 reais.

Manter um site do porte do Blog do Crato, contendo Rádio Online, servidor dedicado 24h, linha de alta velocidade é preciso bastante investimento. Tenho lutado quase que sozinho por muitos anos e só recentemente apareceram algumas empresas e doadores. Temos hoje 3 empresas parceiras ( apenas troca de serviços ), mas pretendemos conseguir empresas patrocinadoras, em torno de 12 a 14. Pretendemos investir na criação de um estúdio para o Museu da Imagem e do Som do Cariri, se todos colaborarem, além da contratação de profissionais como repórteres, cinegrafistas que tornará realidade nossa TV Chapada do Araripe em breve...

Por isso, conclamo a todos: Invistam nessa idéia !
Torne a sua empresa patrocinadora, ou se pessoa física, um Colaborador, ou Doador do Blog do Crato. Doações podem ser feitas pelo:

BRADESCO
Agência: 0771-4
Conta Corrente: 10558-9
Crato - CE
Depósito identificado.

Faça como AraujoSat, Clínica São Raimundo, AmiltonSOM. Venha ser parceiro nesse empreendimento que só divulga, promove e enobrece a cidade do Crato: BLOG DO CRATO. Entre em contato pelo e-mail: blogdocrato@hotmail.com ou pelo telefone (088) 3523-2272.

Empresas e Pessoas que ajudam a manter o Blog do Crato:

Clínica São Raimundo - Várzea Alegre

Cuidando de seus pacientes com carinho e dedicação...



Parceria. Esse é um termo sempre em moda, e muito importante. Principalmente quando se pretende montar um Portal para uma cidade, voltado para a divulgação das notícias, a cultura, a história e os valores de um povo. O Blog do Crato tem feito investimentos elevados em equipamentos para podermos manter toda essa estrutura funcionando e com ampliações que se farão notar em breve, como o nosso canal de TV, a TV Chapada do Araripe ( TVCrato ), o primeiro canal de webTV da região. Já estão sendo produzidos vários documentários para alimentar esse canal de TV, com programas semanais, videoclips, etc. Algumas reportagens já tem ido ao ar, e podem ser vistas na página da TVCrato, mas seguramente, o melhor ainda está por vir, quando inaugurarmos o nosso estúdio B, um estúdio completamente dedicado à produção audiovisual, com todo o aparato necessário: Câmeras, Tripés, Cenários, Iluminação... equipamentos que custam caro ao cidadão comum, e que só nos é possível adquirir mediante o auxílio de patrocinadores. [ Ao lado - Foto de Araújo da AraújoSAT ].


Com a TVCrato, esperamos produzir inúmeros documentários e a construção de um acervo audiovisual para o Museu da Imagem e do Som, e a preservação da memória da nossa era. Inúmeras personalidades de todas as áreas: Artísticas, Políticas, Históricas serão convidadas a ser entrevistadas, e sua vida e obra registradas em DVD com a máxima qualidade. É um projeto ambicioso ? Definitivamente, É. Mas alguém tem que fazer. Já era pra ter sido feito.



Acima: Amilton da loja "Amilton Som", proprietário da maior loja de CDs e DVDs do Cariri.

Alguém precisa registrar em vídeo o trabalho das pessoas da nossa geração. Com o ambiente apropriado do estúdio, e iluminação controlada, será possível realizarmos também shows e programas de auditório e portanto, valorizar o trabalho dos nossos artistas. E para que isto tudo funcione na prática, é preciso investimentos, parcerias. Estamos começando uma grande campanha para conseguir parcerias para custeio das grandes despesas do investimento, ou pelo menos para a manutenção e ampliação do que temos realizado.

Portanto, quero convidar mais empresas e pessoas que se interessarem por nosso projeto de patrocínio, para que nos procurem, e que possamos explicar em detalhes os benefícios de ser um patrocinador, um parceiro do Blog do Crato.

Acima: Dr. José Flávio Vieira, médico e apoiador do Blog do Crato desde o início.

Quem São Nossos Parceiros Atuais:

Empresas parceiras ( que não contribuem com dinheiro, mas com serviços em troca de publicidade ), ainda poucas, porém valiosas:

Araújo Sat, Amiltom SOM, e Ábaco Informática.

Empresas Patrocinadoras: Clínica São Raimundo ( Várzea Alegre )

Pessoas físicas que contribuem para a manutenção do Blog com doações :
Carlos Eduardo Esmeraldo,
Mônica Araripe,
Dr. José Flávio Vieira,
Zilberto cardoso de Oliveira.


Entre em contato pelo e-mail: blogdocrato@hotmail.com ou pelo telefone (088) 3523-2272. Divulgue seu negócio, sua empresa na nossa revista eletrônica, aonde você terá a maior visibilidade dentro de todo o Cariri, e milhares de visitantes pelo Brasil e pelo mundo: Blog do Crato - Publicidade e Seriedade - www.blogdocrato.com

Por: Dihelson Mendonça
.

O SÓSIA - Por Carlos Eduardo Esmeraldo

Certo dia, um cidadão que eu não conhecia, me perguntou a que horas eu retornaria a Sobral. Respondi-lhe que não era de Sobral e então ele insistiu: “Vai me dizer que eu não conheço o doutor Eduardo?” Depois de lhe informar que eu era do Crato, ele se desculpou: “Mas será que haverá alguém que diga que você não é o doutor Eduardo?” Fiquei pensando, quem seria esse tal doutor Eduardo de Sobral, que além de possuir um dos meus nomes, tinha comigo tamanha semelhança física? Teria ele algum inimigo covarde, desses que são capazes de contratar um pistoleiro para exterminar o desafeto? Antes eu nunca havia sido confundido com outra pessoa. Achava que o Criador não faria a tolice de colocar no mundo, ao mesmo tempo, duas caras tão iguais e desprovidas de beleza física, como a minha. Graças a Deus não fui ainda procurado por nenhum pistoleiro, como ocorreu com Chicão, o filho de um comerciante do Crato. Numa manhã de domingo, Chicão entrou apressado na agência da Viação Pernambucana. Ele estava atrasado para sua viagem à cidade de Petrolina, onde iria vistoriar uma loja que o seu pai mantinha naquela cidade pernambucana. Ao pedir uma passagem, um sujeito desses tão asquerosos, que causa arrepio na gente, com amplo bigode, longas costeletas e chapéu quebrado de lado, à moda dos cowboys americanos, postou-se de pé ao seu lado e pediu a poltrona vizinha. Chicão sentiu um friozinho esquisito a lhe percorrer o corpo inteiro. Provavelmente repugnava aquele estranho vizinho de poltrona. Talvez fosse apenas um mau pressentimento, pensou. No decorrer da viagem, os companheiros de assento não trocaram uma só palavra, até que o ônibus fez uma parada no Posto do Exu. Ali, o motorista do ônibus disse para os passageiros a tradicional mentirinha que todos os motoristas de ônibus costumam dizer: “Pessoal, vamos parar uns vinte minutinhos aqui para o café.” Chicão olhou o companheiro carrancudo, reuniu toda a coragem de que era possuidor e o enfrentou: “Amigo, vamos descer e tomar uma cervejinha. É melhor do que ficar aqui sem fazer nada.” O sujeito esquisito aceitou o convite e desceu juntamente com Chicão. Sentaram-se numa mesinha do canto da sala do bar e pediram uma cerveja, depois outra, sempre num silêncio mortal, sem trocarem uma única palavra. Lá pela terceira cerveja o sujeito esquisito rompeu o silêncio entre os dois e arriscou uma pergunta: “De onde você é e o que faz?” Chicão disse que era do Crato, estudava no Recife e estava de férias. Viajava à Petrolina para verificar como andavam os negócios do pai. Então o sujeito asqueroso retirou do bolso uma foto e mostrou ao seu companheiro de bebida. Ao verificar a foto, Chicão tremeu. Parecia estar vendo uma de suas fotos recente, que não se lembrava de onde a havia tirado. Então o sujeitão esquisito lhe disse: “Essa cervejinha lhe salvou a vida! Fui contratado para mandar esse cara de Caruaru para os quintos dos infernos. Recebi informações que ele iria a Petrolina nesse ônibus e confundi você com ele. Agora vou voltar e ficar esperando outro ônibus.”
Diante deste exemplo, em que além da sorte, uma cervejinha gelada salvou a vida do amigo Chicão, só me resta enviar um recadinho ao meu sósia de Sobral. Pelo amor de Deus, doutor Eduardo, não conquiste inimigos, pois eu não sei convidar desconhecidos para partilhar comigo uma cervejinha. E quem sabe se terei a mesma a sorte do amigo Chicão?

Carlos Eduardo Esmeraldo
.

ARTESANATO EM PANO - Cariri no mercado internacional

Clique para Ampliar

Bonecas são feitas de pano e podem ser utilizadas como instrumentos didáticos. Brinquedos recordam o tempo de infância, quando as personagens alimentavam os sonhos e as fantasias das crianças (Foto: ANTÔNIO VICELMO)

Clique para Ampliar

Presépio natalino foi uma das novidades criadas pelas ´bonequeiras do Crato´ neste Natal. Panos e linha foram usados para dar vida aos personagens. Uma árvore de Natal também foi feita com bonecas

Depois de reportagem, artesãs passaram a receber encomendas de outros Estados e até de fora do Brasil

Crato. No linguajar cearense, a expressão “botar boneco” significa “encher a cara de bebida” e sair por aí, fazendo desordens, ou resistir a alguma coisa, não aceitar conselho ou instrução. No Crato, porém, tem outro sentido, pois as mulheres “bonequeiras” são um exemplo de superação. Cansadas das atividades domésticas, um grupo de mulheres, com mais de 40 anos, resolveu restaurar uma atividade lúdica que as remete ao tempo de criança, tendo como ateliê a sombra amiga de um pé de manga. A idéia ganhou repercussão nacional e até internacional.

A reportagem publicada pelo Diário do Nordeste, no último dia 12 de julho, sobre as “mulheres bonequeiras do Crato”, desencadeou uma série de encomendas da maioria dos Estados do Brasil. Brevemente, as bonecas serão exportadas também para a Alemanha.

“Muito mais importante do que o crescimento das vendas foi o levantamento da nossa auto-estima”, diz a coordenadora do grupo, Gertrudes Leite de Oliveira, conhecida por “Tuda”, acrescentando que a reportagem incentivou as artesãs do pano que viviam no anonimato. Tuda diz que, antes, o trabalho era apenas uma terapia, uma forma de reunir as mulheres debaixo de uma mangueira para algumas horas de conversa e recordação do tempo de infância, quando as bonecas de panos alimentavam os sonhos e as fantasias das crianças.

Brinquedo didático

Com a reportagem, as mulheres descobriram que a arte pode contribuir para a descoberta de valores reais, desvinculados de modismos ou dos padrões estéticos e sociais da atualidade. As bonecas são utilizadas como equipamento didático de uma geração dominada pela onda dos brinquedos eletrônicos. Ao fazer esta análise, Tuda lembra que muitas pessoas visitam o ateliê com o objetivo de fugir da supremacia dos brinquedos industrializados.

O interesse do público pelas bonecas de pano aguçou a criatividade das mulheres bonequeiras que, além de melhorar a qualidade do trabalho, estão confeccionando outras peças originais. Neste fim de ano, elas fabricaram, com panos, linha e emoção, os personagens de um presépio. Também construíram uma árvore de Natal com bonecas.

Exposições

O mais importante, destaca Tuda, é que as bonequeiras estão sendo convidadas para expor nos principais eventos do Cariri. “Estivemos no IV Encontro Internacional de Negócios Cariri, realizado no mês de outubro, em Juazeiro do Norte. Participamos do Berro Cariri e da Exposição de Raças Nativas”, exemplifica.

O mesmo entusiasmo é reafirmado por Francisca Piancó, uma das integrantes do grupo. A artesã comenta que, depois da reportagem, apareceram outras mulheres querendo um pouco de espaço sob a sombra da mangueira.

A outra novidade é que, nesta época do ano, como a árvore está produzindo mangas, as artesãs se transferiram para um galpão. Não dá para misturar manga com boneca, diz Francisca, advertindo que a mangueira não será abandonada. Quando terminar a safra, elas estarão de volta porque foi a velha mangueira que lhes ofereceu abrigo para a construção dos seus sonhos.

Mais informações:
Bonequeiras do Crato: Avenida Perimetral, 235C, Bairro São Miguel (88) 9911.6617, (88) 8809.6838


ANTÔNIO VICELMO
Repórter

Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30