xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/12/2008 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 dezembro 2008

Secretário de Meio Ambiente, NIVALDO, marquemos a Reunião...


COMISSÃO DE COMBATE À POLUIÇÃO SONORA DO CRATO

[ Num claro desrespeito às leis, proprietários abrem a tampa do porta-malas e jogam o som para quem nem deseja ouvir, a todo vapor em Crato - Falta de Autoridades competentes ? Desrespeito ao Cidadão, que não pode desfrutar de PAZ ! - Clique na foto para Ampliar ! ]

Sr. Nivaldo,

O problema da poluição sonora é mesmo muito grande aqui em Crato. Agora mesmo, estou sendo bombardeado por um ignorante que estando ali na esquina da Rua paulo Elpídio, com a Rua Raimundo Norões Milfont, na Vilalta, abriu o porta-malas e até o Caput do Carro, jogando uma porcaria de Forró Eletrônico para o quarteirão. Como sei que é por mera ignorância da parte dele, por não saber que existe uma lei para coibir esses abusos, não quero me arriscar a tomar um Tiro em ir lá reclamar, nem acho prudente ainda chamar a polícia para essa questão.

Mas se nós déssemos a entender ao povo que essa lei existe, e que estivesse proibido dentro do Crato que os proprietários de veículos automotores levantem a tampa do porta-malas para jogar som na vizinhança, isso seria diferente! Porque teríamos o amparo da Lei.

O que não dá é tentar combater isso sozinho. Por isso, peço que marquemos uma reunião para que tomemos as primeiras providências nesse sentido. É um absurdo o descaso, a ignorância das pessoas no que se refere a isso. Sugiro criarmos a COMISSÃO DE COMBATE À POLUIÇÃO SONORA DO CRATO. A minha idéia é de criarmos essa comissão e nomearmos FISCAIS, que terão autoridade, carteira e poder de denúncia às autoridades superiores. Com o poder conferido de forma legal, nos priva o vexame de reclamarmos apenas como meros cidadãos. Assim como o prefeito Samuel Araripe criou a comissão de restauração do Museu e nomeou uma equipe para isso, nada custa criar essa outra comissão para tratar do assunto da poluição em nossa cidade. Falta só a Boa Vontade, e dar o primeiro passo. Desde já eu me ofereço a algum cargo de fiscal, sem qualquer remuneração.

Estou à sua inteira disposição para tentar solucionar o problema, e acho que a Câmara de vereadores deveria se posicionar também em criar novas leis sobre esse assunto. Precisamos falar pelo telefone. Indique seu telefone celular pelo meu e-mail:

blogdocrato@hotmail.com

Atenciosamente,

Dihelson Mendonça
.

DICA: Como ler as matérias de toda a Semana e do Mês !

DICAS:

Os leitores já notaram que as mensagens descem muito rápido aqui no Blog do Crato. É o volume de informações que se agiganta, com tantos escritores, poetas e comentaristas. A dica que lhes trago hoje irá facilitar muito a vida de muitos que desejam ver os conteúdos recentes. Na parte superior do Blog, na entrada, existe a possibilidade de ver o Blog pelos Dias. Digamos que você passou alguns dias sem acessar e deseja ver as últimas novidades, mas que não constam na página frontal. Então, basta acessar o dia em que vc deseja obter a informação, clicando no número do dia. Sempre há o mês inteiro disponível naquele calendário. Para quem quiser navegar por todo o conteúdo do blog, pode seguir também o calendário da aba lateral, que vai por dias, meses e anos!

Abraços a todos!

Administração do Blog do Crato
.

Presente de Natal


--- Trimmmmmmm !!!!!!!

O estampido do telefone soou dentro da sua alma , como se tratasse de uma locomotiva a vapor. É que os últimos meses tinham sido terríveis. Funcionário de uma estatal, com salário minguado , mas regular, há um ano aderira a um destes fabulosos planos de demissão voluntária. Não dava mais para suportar o ambiente de trabalho: cobranças ininterruptas e o chefe olhando pra ele com aquele cara de carrasco , de “cuidado , você é o próximo!”. Pegou a indenização parca que lhe pagaram pelo seu suicídio prematuro e abriu um pequeno negócio de portões eletrônicos. De início a firma andou de vento em popa: com a incrível insegurança urbana, os homens precisam criar os seus castelos inexpugnáveis, pensando que assim podem se isolar do mundo. Chegou até a imaginar que a demissão tinha sido uma das melhores decisões que havia tomado. Em pouco, porém, o mercado se viu saturado, eram tantos e tantos outros , na mesma situação dele, dividindo a mesma fatia do bolo! Não bastassem as pequenas piabas iguais a ele, com a globalização entraram peixes grandes no aquário e aí , a ração só sobra para os tubarões! Quebrou e se encontrava naquela situação desesperadora: os amigos antigos se afastaram, os cobradores batiam à porta a todo instante, os filhos já tinham sido transferidos para escolas públicas, o aluguel atrasado quatro meses e ninguém mais aceitava seus vales. Os vizinhos diziam, com sorriso maroto: --“Não tem crédito nem para comprar a vista!”. Esse era o fosso verdadeiro em que se encontrava no exato momento em que o telefone tilintou , desesperadamente: talvez por isto foi que penetrou tão agudamente no fundo da sua alma.

--- Trimmmmmmmmmmm!!!!!!


Nos últimos dias aquele aparelhinho havia feito pacto com o demo. Atendê-lo configurava-se em causa imediata de aborrecimento. Cobradores circulavam sua casa , como aves de rapina e as chamadas eram uma espécie de aviso prévio do ataque faminto e guloso. Assim pediu à esposa que atendesse e desse uma desculpa qualquer: saiu, viajou, foi para a missa! A companheira atendeu contrafeita : já não mais suportava criar estórias fantasiosas e esfarrapadas. O semblante tenso da mulher relaxou um pouco quando ouviu a voz do interlocutor, do outro lado da linha. Conversou pouco e formalmente: tudo bem, tudo em paz, todo mundo com saúde! Virou-se aliviada para o marido e passou o fone:

--- Sua mãe!

Num primeiro momento, sentiu-se aliviado. Nada como ouvir a voz da mãe num momento destes. Certamente tinha sido o sexto sentido materno que havia , como um timer, disparado e a impulsionara a ligar imediatamente para o filho. A velhinha morava em outro estado e andava muito doente: perdera a vista praticamente, ouvia mal e deslocava-se com grande dificuldade. O filho pressentia, no entanto, que em meio à tamanha debilidade orgânica, havia uma força estranha e profunda, aquela energia materna, capaz de reacender as mais arrefecidas esperanças. No instante seguinte, porém, estacou absorto e vacilou : seria justo beber aquela última centelha de luz, da sua mãe ? Ela a cederia com o maior prazer e abnegação, mas seria justo?

--- Mamãe? Tudo bem ? Aqui tudo às mil maravilhas! Os negócios estão crescendo, como nunca imaginei. Sou agora um dos maiores empresários do estado! Reformamos a casa e estou falando com a senhora, neste exato momento, deitado numa cadeira , na beira da piscina olímpica aqui do quintal. A mulher arranjou um trabalho na procuradoria do estado e está ganhando uma nota preta. Troquei o carro esta semana , por um outro do ano e importado. Como o Collor, já não agüentava estas latas de sardinha nacionais! Queria até que o seu neto, mamãe, estivesse aqui para falar com a senhora, mas foi para os Estados Unidos, conhecer a Disney e só volta no fim do mês. Não vamos poder ir agora no final do ano, infelizmente, porque estou ampliando a fábrica, mamãe; logo que tiver uma folguinha, dou um pulinho por aí. Beijo, mamãe! Feliz Natal para a Senhora. Sei que a senhora tá feliz, sei, não precisa nem dizer.Tchau!
Defronte dele, a mulher embasbacada, parece que tinha visto fantasma. Ele, calmamente, desvendou o mistério: Ela, minha filha, está doente , já não pode vir nos visitar e ver a porqueira de vida que estamos vivendo e mesmo que viesse, está cega, não viria nada. Quantas vezes ela, na minha infância não fez o mesmo? Seu pai não tarda a chegar! Quando ganhar na Loteria te dou uma bicicleta! Vou arrancar este dentinho de leite, não vai doer nada!Esta foi a única maneira que eu encontrei de dar para ela um presente neste Natal!
A mulher , entre lágrimas, sorriu! Adivinhou que são afinal estas pequenas mentiras , estes leves engodos que tornam a vida suportável e que vão realimentando as nossas baterias gastas, pelo tempo afora . Sem este filtro cor de rosa, a vida que já é um curta metragem ,surgiria aos nossos olhos, violentamente, com seu verdadeiro , sombrio e cru preto-e-branco. Estas mentirinhas, afinal, são como um prisma que se interpõe entre o frio e translúcido feixe de luz da vida e que acabam por fazer a refração , muitas vezes a transformando na beleza fugaz, mas multicolorida do arco-iris.


J. Flávio Vieira / 2000


Carta poética

Clique na foto e leia a poesia.

Grato!

O País do faz de conta


Confesso que após viver trinta e oito anos , fato esse considerável se levarmos em conta que a expectativa média de vida do brasileiro hoje é de 72 (setenta e dois) anos - segundo dados do instituto brasileiro de geografia e estatística - isso quer dizer que já percorri mais de 50% da minha estadia nesse plano. Todavia às vezes me sinto uma criança, um recém-nascido, um ser totalmente manipulado e a deriva de todo tipo de situação, tal qual uma embarcação em alto mar com o timão danificado e a bússola desajustada.

Esse sentimento dá-se em função de vivenciarmos situações no mínimo absurdas, em especial na esfera política do nosso país, pois como compreender, por exemplo, que o deputado federal Inocêncio de Oliveira, que fora acusado em 2002 de aliciar trabalhadores rurais e submetê-los à condição análoga à de escravo, inquérito 2054, arquivado pelo STF, salvo engano em 2005, pois bem esse senhor hoje é nada mais nada menos que o 2 vice-presidente da câmara dos deputados, e como tal assume a função de “CORREGEDOR GERAL”, apenas para relembrar corregedor é aquele que, resumidamente, zela pela justiça!!!!

Como entender também que o deputado João Paulo Cunha acusado pelo ministério público do Distrito Federal de participar do esquema chamado “mensalão”, hoje continua não só como deputado federal, porém como membro efetivo da “Comissão de constituição e JUSTIÇA e de cidadania – CCJC” da câmara dos deputados.

Querem mais: Sr. Paulo Salim Maluf (conhecem?), infelizmente não é possível descrever os processos que responde – ou respondeu – haja vista que objetivo do blog do Crato é o da celeridade nas informações. Pois bem, o deputado Paulo Maluf hoje também é membro efetivo da “Comissão de constituição e JUSTIÇA e de cidadania – CCJC” da câmara dos deputados, e ainda é suplente na “ Comissão de FINANÇAS e TRIBUTAÇÃO”, finanças e tributação....

Pois é meus caros leitores, o sentimento pueril que acompanha esse subscritor não é fruto de minha psicose (eu sou normalllll), ou de minha revolta com a vida, até mesmo por adorá-la, centra-se esse inconformismo em não compreender como é possível ser conhecedor da existência de uma serie de acusações que pairam sobre determinada (s) pessoa (s) e mesmo assim, fingindo desconhecer, permitir que esse individuo esteja novamente no mesmo local que outrora causou graves problemas. E não me venham alguns dizer que estou emitindo juízo de valor, de forma alguma, até mesmo por formação profissional, tenho noção da importância do principio da presunção de inocência, entretanto, em determinados casos fica evidente aquele velho adágio popular “pau que nasce torto nunca se endireita”.

Por essas e outras às vezes bate uma vontade imensa de deixar o Brasil, mudar de ares, porém, nessas horas me vem na cabeça George Bush, Fidel Castro, Hugo Chaves, Kim Jong II, dessa forma nesses momentos de delírios, paro, reflito bem e chego à conclusão que é melhor ficar por aqui com o Sr.Luiz Inácio, nem que seja que nem um bebezinho com a fralda toda suja, implorando por leite e uma boa escola e acima de tudo torcendo para que meus próximos irmãozinhos tenham mais sorte.Viva a democracia!

RUI BARBOSA - A FACE OCULTA (XII)

“Rui Barbosa viu na reforma monetária a possibilidade de BENEFICIAR GRUPOS ESPECÍFICOS – E DE SER BENEFICIADO POR ELES. Beneficiou especialmente o conselheiro Francisco de Paula Mayrink e saiu do governo sócio de três empresas dele”.
Vide livro "Os Cabeças de Planilha", de Luis Nassif
(até amanhã)

LUA - Por: Antonio Morais

O Blog do Crato está repleto de grande poetas. o Dihelson, o Nijair, Dr. Jose do Vale, Socorro Moreira e a Caude Bloc diariamente apresentam verdadeiras obras primas. Este poema é de 16 de dezembro de 1941. Nenhum de nós havia nascido. Dedico a postagem ao Dr. Jose do Vale Pinheiro Feitosa. Não vou fazer referencia a esta bela historia do brilho do Sol e da ternura da Lua. Deixo pra voce Zé por favor conta.

Guardando beleza
Ilibada rainha!
Zéfiro brando
Espalhadas mansinhas,
Lembrando
Incessante
Alegria constante.

Prateada de luz,
Irradiavas coragem:
Não com a imagem
Helio te seduz,
Esbelta, garbosa
Ilustre rainha
Rosa de encantos
Oh! És Zelinha.

Tesouro celeste
Espelho indeviso,
Lua teu riso
Esmaece até rosa...
Sou Helio Feitosa.

Por A. Morais


Notícias da URCA - Por: Elizângela Santos

URCA realiza compra de equipamentos para Restaurante Universitário

A Universidade Regional do Cariri (URCA), avança nas obras em prol do desenvolvimento da Instituição, com várias obras sendo executadas. Após a inauguração do Salão da Terra, será a vez da Praça dos Coqueiros e novos banheiros neste setor. o Restaurante Universitário, que está sendo construído no Campus do Pimenta, em Crato, já se encontra com as obras em estágio avançado, já que a previsão de conclusão é de 180 dias. Durante esta semana, os primeiros equipamentos para o Restaurante foram adquiridos pela administração da URCA, como fogão industrial em aço inox, utensílios de cozinha, balcão industrial de alimento aquecido em aço, mesa inox, carro de transporte de pratos, forno com duas câmaras a gás com corpo construído em aço inoxidável e refrigeradores, entre outros equipamentos. Foram investidos nos utensílios e móveis de primeira qualidade R$ 42. 630,77

Fonte: URCA - Através da Jornalista Elizângela Santos


.

Fundação Casa Grande festeja aniversário


Responsabilidade Social

Clique para Ampliar

Museu da Fundação Casa Grande guarda acervo da pré-história do homem. A entidade tem projetos voltados para Memória, Comunicação, Arte e Turismo

Hoje, a Fundação Casa Grande comemora 16 anos de criação. A festa começa com a pintura da casa, feita pelos jovens

Nova Olinda. É festa na Casa Grande, em Nova Olinda. São 16 anos de um trabalho que passa por um amadurecimento institucional, com diversos projetos voltados para a meninada do sertão e intercâmbio com instituições internacionais, além de vários prêmios acumulados. Recentemente, o diretor da Fundação, Alemberg Quindins, teve o reconhecimento nacional, com o Prêmio Valores do Brasil, na categoria nacional Educação e Geração do Conhecimento. O Prêmio é concedido pelo Banco do Brasil a profissionais e instituições que contribuem para o desenvolvimento do País, e foi entregue por seu presidente, Antônio Francisco de Lima Neto.

A festa de comemoração começa com a pintura da casa. O ritual envolve os meninos e a comunidade. Às 18 horas de hoje, a renovação do Coração de Jesus, com a participação da Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, que marca presença todos os anos, e o corte do bolo. Um show com os músicos Elizah e Paulo Brandão, baixista do Aquarela Carioca, será apresentado no final, com a participação dos músicos da casa, com Abanda e Os Cabinha.

A comemoração não se restringe apenas à Fundação, criada no ano de 1992, mas aos idealizadores do projeto, hoje modelo no Brasil, que comemoram Bodas de Prata e o aniversário de nascimento de ambos. Uma sintonia perfeita para o desempenho de um trabalho sempre trazendo novas inspirações. E foi na família que nasceu a proposta do mais novo Programa da Casa, voltado para o esporte e um dos 10, entre 300 de todo o Brasil, selecionados pela Nestlé, por meio do projeto Nestlé Torce por Você. O Projeto Futebol de Rua da Meninada do Sertão, veio a partir do gosto pela bola do filho do presidente da instituição, Pedro Yã.

O lúdico, pertencente ao sonho das crianças, projetou um trabalho que foi tomando corpo ao longo dos anos. A liberdade de buscar o novo, de preencher todos os espaços da Fundação, demonstra a possibilidade de novas perspectivas para crianças e adolescentes. Antes, segundo Alemberg, havia a preocupação de fazer com que os filhos dos agricultores do sertão chegassem à universidade. Hoje, reside o interesse de inserir os jovens no mercado de trabalho, seja no formal, autônomo, com toda a formação que eles adquirem no projeto, e dentro da própria instituição.

A perspectiva de inserir o Programa de Esportes permanente, a partir de fevereiro na Casa Grande, leva em consideração o resgate das origens. O local para sediar o projeto é o 1º campo de futebol da cidade e também foi aldeia dos índios Kariú – Kariri. No Parque dos Cajueiros restam três árvores do gênero. São as mais antigas da cidade. A área foi tombada pelo patrimônio histórico municipal. A idéia é transformar o local em parque temático. Alemberg lembra do primeiro time da cidade, o Titan, categoria semi-profissional que também marcou presença à sombra dos cajueiros. O apoio da Nestlé, Prefeitura e Sesc dará espaço, juntamente com a execução da entidade, para 120 crianças, de 6 a 12 anos.

Mas o trabalho irá além, com formação de locutores esportivos, repórteres e comentarista, além de formar atletas e equipe técnica. Um vídeo com o futebol de rua resgata a tradição dos “rachas” das turminhas de Nova Olinda. Os freqüentadores dos campinhos são entrevistados. O vídeo produzido pelos meninos será veiculado na TV Futura, mostrando a realidade dos campinhos do Cariri.

Para Alemberg, a maturidade da instituição cresce junto com os meninos. “No início, a finalidade era um espaço lúdico, educativo, para fazer com que os meninos chegassem à universidade. Hoje, a inserção no mercado de trabalho deles passou a ser um desafio”, diz.

Este ano a Casa Grande saiu na frente, reunindo grandes estudiosos no I Seminário de Arqueologia da Chapada do Araripe, tendo à frente a diretora da entidade, Rosiane Limaverde, também arqueóloga. O primeiro laboratório da área está sendo montado.

Para 2009, dois eventos reunirão parceiros, fortalecendo o intercâmbio com países de língua portuguesa, como a Mostra das Artes dos Países de Língua Portuguesa, com participação de músicos de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Portugal e Brasil, em maio. Em junho, será o I Seminário de Turismo Social de Base Contemporânea, com experiências do Brasil, Portugal e Itália.

Elizângela Santos
Repórter


Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

A Cura do Câncer ! - Mais uma lenda Urbana ?

Um médico italiano descobriu algo simples que considera a causa do câncer. Inicialmente banido da comunidade médica italiana, foi aplaudido de pé na Associação Americana contra o Câncer quando apresentou sua terapia.O médico observou que todo paciente de câncer tem aftas. Isso já era sabido da comunidade médica, mas sempre foi tratada como uma infecção oportunista por fungos - Candida albicans.Esse médico achou muito estranho que todos os tipo de câncer tivessem essa característica, ou seja, vários são os tipos de tumores mas têm em comum o aparecimento das famosas aftas no paciente. Então, pode estar ocorrendo o contrário - pensou ele. A causa do câncer pode ser o fungo. E, para tratar esse fungo, usa-se o medicamento mais simples que a humanidade conhece: bicarbonato de sódio. Assim ele começou a tratar seus pacientes com bicarbonado de sódio, não apenas ingerível, mas metódicamente controlado sobre os tumores.Resultados surpreendentes começaram a acontecer. Tumores de pulmão, próstata e intestino desapareciam como num passe de mágica, junto com as Aftas.

Desta forma, muitíssimos pacientes de câncer foram curados e hoje comprovam com seus exames os resultados altamente positivos do tratamento.Para quem se interessar mais pelo assunto, siga o link (em inglês):não deixem de ver o video, no link abaixo.O medico fala em italiano, mas tem legenda em portugûes.-----> http://www.curenaturalicancro.com/
Lá estão os métodos utilizados para aplicação do bicarbonado de sódio sobre os tumores.

Quaisquer tumores podem ser curados com esse tratamento simples e barato.Parece brincadeira, né? Mas foi notícia nos EUA e nunca chegou por aqui. Bem que o livro de homeopatia recomenda tratar tumores com borax, que é o remédio homeopático para aftas.Afinal, uma boa notícia em meio a tantas ruins. De novo, a pergunta que não quer calar: por que a grande imprensa não dá a menor cobertura a isso? Nem na TV, nem nas rádios, nem nos grandes jornais... Absolutamente nada. Quem os proíbe de noticiar? O médico teve que construir um site, para divulgar o seu trabalho de curar o câncer (ou, pelo menos, várias das suas formas), usando apenas solução de bicarbonato de sódio a 20%. Imaginem! Bicarbonato de sódio, coisa que a gente encontra até no boteco da esquina. Neste endereço, o vídeo, onde o médico italiano mostra a evolução do tratamento até a completa cura em 4 casos:

http://www.cancer-fungus.com/sub-v1pt/sub-pt.html

Neste, o site em Português. Clicando-se nas bandeirinhas no alto da página, muda-se o idioma:
http://www.cancerfungus.com/simoncini-cancro-fungo.php#
Repasse, gente. Milhares estão pela hora da morte por causa dessa doença.

VAI ACABAR A FARRA DOS LUCROS DOS LABORATÓRIOS... - É POR ISTO QUE A NOTÍCIA ESTÁ RESERVADA A PEQUENOS CÍRCULOS ?

Enviado por: João Senna

"Como Nossos Pais" e "Esses Moços"

Aproveitando a carona da Claude Bloc, falando em Velhos e Moços, posto duas músicas também fantásticas sobre o tema: "Como Nossos Pais", de Belchior, gravada por muita gente, especialmente Elis Regina, e "Esses Moços" do grande Lupicínio Rodrigues.


Como Nossos Pais

Composição: Belchior

Não quero lhe falar,
Meu grande amor,
Das coisas que aprendi
Nos discos...

Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...

Por isso cuidado meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal
Está fechado prá nós
Que somos jovens...

Para abraçar seu irmão
E beijar sua menina na rua
É que se fez o seu braço,
O seu lábio e a sua voz...

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Com uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro da nova estação
Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...

Nossos ídolos
Ainda são os mesmos
E as aparências
Não enganam não
Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer
Que eu tô por fora
Ou então
Que eu tô inventando...

Mas é você
Que ama o passado
E que não vê
É você
Que ama o passado
E que não vê
Que o novo sempre vem...

Hoje eu sei
Que quem me deu a idéia
De uma nova consciência
E juventude
Tá em casa
Guardado por Deus
Contando vil metal...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo, tudo
Tudo o que fizemos
Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Como os nossos pais...

ESSES MOÇOS

Composição: Lupicínio Rodrigues

Esses moços pobres moços
Ah! Se soubessem o que eu sei
Não amavam..
Não passavam aquilo que eu já passei
Por meus olhos
Por meus sonhos
Por meu sangue tudo enfim
É que eu peço a esses moços
Que acreditem em mim
Se eles julgam
Que a um lindo futuro
Só o amor nesta vida conduz
Saibam que deixam o céu por ser escuro
E vão ao inferno
A procura de luz
Eu também tive nos meus belos dias
Essa mania que muito me custou
E só as mágoas eu trago hoje em dia
E essas rugas o amor me deixou!

Por: Dihelson Mendonça

É até desnecessário dizer que o Belchior pode até não ter feito grandes coisas, mas DISSE TUDO na letra de "Como Nossos Pais"...não poderia ter sido melhor dito.

Blog de Barbalha é o mais novo website integrante da REDE BLOGS DO CARIRI


Com mais de 30 websites da região do Cariri e Centro-Sul do Ceará, a Rede Blogs do Cariri continua se expandindo, e quase toda semana temos novas filiações, trazendo informações sobre as cidades e o povo de várias localidades. É uma rede de informações interligadas por uma central, aonde os internautas do Cariri podem navegar ao longo da Rede com um simples clique do mouse.

Deseja por exemplo, ver as notícias de Juaziero do Norte, Barbalha, Farias Brito, Várzea Alegre, Iguatu, ou mesmo Icó ? basta acessar o website da Rede Blogs do cariri e ver o que acontece nessas cidades. É um passeio virtual muito gratificante.

Hoje temos o prazer de anunciar que mais um Blog importantíssimo entra para nossa rede. Trata-se do Blog da cidade de BARBALHA, cujo endereço http://barbalhaemfoco.blogspot.com
já pode ser visitado. Cada website que compõe a Rede Blogs do Cariri leva consigo uma logomarca que aponta para o site da central, aonde os administradores se encontram, divulgam seus próprios websites e conversam sobre temas relacionados às suas comunidades. Todas também retransmitem a Rádio Chapada do Araripe, 24h música de qualidade, prestigiando os diversos estilos musicais e os artistas da Região Cariri e Centro-Sul do Ceará.

Área de Atuação da Rede Blogs do Cariri e Centro-Sul:


O Endereço da Rede Blogs do Cariri é:


Por: Dihelson mendonça
.

Sílvio Cesar - O Velho Moço

Tem-se falado tanto ultimamente em "velho e em novo"... isso e aquilo, que para aplacar os ânimos, trouxe esta letra de música de Sílivio Cesar:
Vejam que beleza de composição


Eu sou um livro aberto sem histórias,
um sonho incerto sem memórias,
um passarinho que pousou.
Eu sou um porto amigo sem navios,
um mar abrigo a muitos rios,
eu sou, apenas, o que sou.
Eu sou um moço velho que já viveu muito,
que já sofreu tudo e já morreu cedo.
Eu sou um velho moço que não viveu cedo,
que não sofreu muito e não morreu turdo.
Eu sou alguém livre.
Não sou escravo e nunca fui senhor.
Eu, simplesmente, sou um homem
que ainda crê no amor.

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30