08 novembro 2008

Futebol - Atualização - por: Amilton Silva

SÉRIE B

Prosseguiu nesta sexta feira (7), a 34ª rodada da Série B do Brasileirão com tres jogos. A rodada foi marcada pelo baixo índice de gols marcados.No Orlando Scarpelli em Campinas, a Ponte Preta venceu o Juventude por 1 X 0 se aproximando do G 4 com 51 PG.No Castelão, em Fortaleza o Ceará não passou de um 0 X 0 com o Bragantino, as duas equipes não tem chances de subir para a Primeira divisão, como também não correm risco de cair para terceira.Em Feira de Santana, o Bahia que vinha de tres derrotas , venceu o Brasiliense que corre ainda risco de ser rebaixado.O gol da vitória do Bahia for assinalado pelo meia Caio.

A rodada será completada hoje (8) , com CRB X AVAI, SANTO ANDRÉ X FORTALEZA, CRICIÚMA X CORINTHIANS e ABC X BARUERI.

SÉRIA A

A 34 ª rodada do Brasileirão Série A, será iniciada hoje (7), com tres jogos. Uma partida de vida ou morte será entre Figueirense X Atletico PR, ambos ocupam a zona de rebaixamento, e lutam desesperadamente para sair desta situação.Outra equipe que entra com a obrigação da vitória , é a do Vasco, que também está entre os quatro ultimos classificados. O Vasco enfrenta em São Januário o Santos.Outro jogo extremamente importante , sera entre Portuguesa e São Paulo.A Portuguesa está uma posição acima da zona de rebaixamento, e o São Paulo agora líder isolado com 62 pontos, um acima do Palmeiras, tem a obrigação da vitória para manter a liderança.
A rodada se completará amanhâ com sete jogos importantíssimos:

PALMEIRAS X GRÊMIO
CRUZEIRO X FLUMINENSE
CORITIBA X NÁUTICO
SPORT X GOIÁS
BOTAFOGO X FLAMENGO
VITÓRIA X ATLÉTICO MG
INTERNACIONAL X IPATINGA

Por: Amilton Silva - Editor de Esportes do Blog do Crato

Patrocínio:

AMILTON SOM - Sempre o melhor preço em CDs e DVDs da Região do Cariri.

.

Mantega diz que recessão nos EUA e na Europa parece "inevitável"

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira que uma recessão nos EUA parece inevitável. "Parece-me inevitável que haja uma recessão nos Estados Unidos, nos países europeus e também no Japão. O importante é estancar esse processo, impedir que essa recessão seja muito profunda de modo a atingir menos os países emergentes", disse o ministro. Ele deu a declaração depois de reunião que contou com os países do chamado Bric (Brasil, Rússia, China e Índia). O encontro é parte da reunião do G-20 (grupo das 19 principais economias do mundo mais a União Européia), que está em São Paulo para preparar a cúpula que acontece em Washington no fim de semana seguinte. O Bric defendeu a reformulação do sistema financeiro internacional e o enfrentamento da crise financeira por meio de políticas anticíclicas.

"Consideramos a necessidade de que os países avançados tomem medidas adicionais para restabelecer o crédito e a confiança dos sistemas internacionais", disse Mantega.

Emergentes se aproximam de zona de risco, diz Banco Mundial
G-20 se reúne em São Paulo para discutir crise. Importante, mas insuficiente
O Mantega disse que a reunião do G-20 será importante para criar medidas contra a crise. Entretanto, não será suficiente.


"Teremos ainda que fazer um Bretton Woods 2, mas em outro lugar, com as mesmas propostas da original", disse em alusão ao encontro que redefiniu o sistema financeiro mundial no pós-guerra. Segundo Mantega, cem dias é um prazo "razoável" para que os países membros do G-20 coloquem em prática um bom número de medidas contra o avanço da crise financeira. "Esse prazo é bom porque dará tempo de Obama assumir o cargo. Porque hoje, na fase de transição, fica difícil para o atual governo se posicionar. Mas não significa que nesse prazo todo o sistema financeiro mundial será reformulado", disse. Neste fim de semana, presidentes de bancos centrais e ministros da Economia de grandes países emergentes e desenvolvidos participam em São Paulo da reunião do G-20, que é uma cúpula mundial criada para tratar assuntos referentes a questões econômicas em geral.

(Com informações da Reuters)

Cariri debate ações para o desenvolvimento

Crato. O desenvolvimento do Cariri e suas múltiplas dimensões, envolvendo diversos setores inseridos no Programa Cidades do Ceará, do Governo do Estado, foi debatido durante o dia de ontem, em Reunião de Trabalho na Universidade Regional do Cariri (Urca). O evento reuniu representantes das secretarias estaduais de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Cidades e Turismo, além de instituições estratégicas voltadas para o desenvolvimento da região e Banco Mundial. A reunião aconteceu no Salão de Atos da Urca.

A consultora do Banco Mundial (Bird), Mônica Amorim, destacou os investimentos previstos pela instituição financeira internacional, em parceria com o Governo do Estado, para o Projeto Cidades do Ceará, em negociação para o Estado, em torno de R$ 40 milhões, tendo como contrapartida do Governo do Estado R$ 20 milhões. Ressaltou o trabalho a ser desenvolvido no Cariri como uma experiência inovadora e a expectativa otimista em relação aos investimentos a serem realizados nas áreas de infra-estrutura, equipamentos produtivos e serviços na área de capacitação institucional.

A mesa redonda de abertura dos trabalhos trouxe como tema “Projetos de Desenvolvimento e a contribuição para sustentabilidade do Cariri”. O reitor da Urca, professor Plácido Cidade Nuvens, destacou inicialmente o papel da instituição como prioritária para o processo de desenvolvimento regional, a partir de procedimentos metodológicos, enfatizando a participação ativa da universidade dentro desse trabalho com os seus respectivos parceiros de ação.

Lideranças locais

A secretária-adjunta de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Teresa Mota, ressaltou os trabalhos previstos pelo Projeto Cidades do Ceará, voltados para o turismo e cadeia produtiva calçadista. Além disso, a presença das lideranças locais, importantes para o processo de articulação junto ao governo. Já o secretário-adjunto do Turismo, Osterne Feitosa, ressaltou a possibilidade de se encontrar caminhos novos para o desenvolvimento regional.

A tecnologia foi enfatizada como um dos pontos fortes para possibilitar esse crescimento dos diversos setores. O diretor do Centec Cariri, Raimundo Barreto, diz que para isso é necessário haver um fortalecimento desse setor, envolvendo as instituições regionais, por meio da educação tecnológica.

O “Capital Humano e Desenvolvimento do Cariri” foi abordado dentro desse tema e apresentada uma proposta de definição do papel da Universidade dentro do Projeto Geopark Araripe, para as áreas de ensino, pesquisa e extensão. Representantes de administrações locais também participaram do evento, a exemplo de Crato, com o prefeito Samuel Araripe.

De acordo com Samuel Araripe, o desenvolvimento regional deve ser pensado hoje a partir de uma proposta de integração. Focalizou o Cariri como o maior agrupamento de cidades, depois da Região Metropolitana de Fortaleza. O Geopark Araripe foi destacado pelo prefeito como um projeto que irá dimensionar a região no âmbito internacional. “Não há como vermos cidades isoladas uma das outras, a exemplo de Crato e Juazeiro do Norte”, diz ele, ao acrescentar obras previstas para serem implementadas na região como o Centro de Convenções do Cariri, em Crato, Hospital Regional e Aterro Sanitário, em Juazeiro.

Mais informações:
Secretaria das Cidades
Centro Administrativo Governador Virgílio Távora
Edifício Seplan Cambeba, Fortaleza
(85) 3101.4448

Fonte: Diário do Nordeste

Morre o bispo mais velho do Brasil



Dom Coutinho morre de parada cardíaca

Bispo emérito de Fortaleza e diretor pedagógico do Colégio Academus, dom José Bezerra Coutinho faleceu na manhã desta sexta-feira (07), aos 98 anos. Considerado o bispo mais velho do Brasil, ele sofreu uma parada cardíaca. O velório ocorreu na Capela São José, no bairro Papicu, na qual ainda celebrava missas ocasionalmente, conforme os fiéis. O sepultamento será realizado no sábado de manhã, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, logo após a celebração da missa de corpo presente, marcada para às 7 horas.
A perda foi considerada muito grande pelos católicos. Padre que também celebra missa da capela São José, Alex Hulsmams, foi amigo de dom Coutinho por sete anos. Apesar da idade avançada, o religioso era descrito pelo colega como um homem brincalhão e cheio de vida. “Ele era como um pai de nós todos. Um exemplo de vida, pessoa de extrema confiança”, relembra. Para o padre Alex Hulsmams, tanta alegria e fé ocorria porque “dom Coutinho via a luz de Jesus nas outras pessoas”.
História
Dom Coutinho nasceu em Capistrano, a 80 quilômetros de Fortaleza, em 10 de fevereiro de 1910. Ordenou-se padre em 3 de dezembro de 1933, em Sobral. Foi vigário nas cidades cearenses de Massapê, Meruoca, São Benedito, diretor do Colégio Farias Brito, presidente da Sociedade Cultural de São Benedito e presidente nacional da Pastoral da Família. Em 6 de agosto de 1956, o papa Pio XII o nomeou bispo auxiliar de Sobral.
Em 28 de janeiro de 1961, o papa João XXIII o escolheu para bispo de Estância (SE), função na qual permaneceu até junho de 1985, quando renunciou por limite de idade, ficando como bispo emérito de Fortaleza até seu falecimento.
Leia a matéria completa neste sábado no Diário do Nordeste