01 novembro 2008

O Armando Rafael tem Razão... É proibido tornar o Blog do Crato em Mural de Boletim de partido político !

Aviso aos Postadores do Blog!
O BLOG DO CRATO NÃO É MURAL DE PARTIDO POLÍTICO !

O grande problema de alguns participantes do Blog, é que eles estão mais interessados em vir aqui descarregar as suas postagens e ir embora, do que ler as postagens dos colegas!
Gente, é preciso solidariedade. Estou vendo aqui até 3 mensagens repetidas. Isso prova que a pessoa que postou, não está lendo as linhas abaixo pra ver se a mesma matéria já não foi postada.

Muita gente fica falando que eu fico criando regras e mais regras, mas algumas têm de ser criadas devido a coisas que não foram pensadas. Quem diria por exemplo, que o Blog do crato poderia vir a se tornar BOLETIM de Divulgação de Partidos Políticos ?

Seria tão bom se todos tivessem o Bom senso de saber postar e ver que aqui não poderá jamais ser um repositório de boletins de quaisquer partidos políticos nem organizações, principalmente quando elas são divulgadas na base de 3 em seguida.

Que que é isso ????????
Aonde está o Bom Senso ??

Vamos a mais uma nova Regra:

- É proibida a utilização do Blog do Crato para divulgação de forma constante de Boletins referentes a Partidos Políticos. Se feita de forma ocasional, em forma de não mais do que 1 por mês, é aceitável, mas isso não pode jamais ser em base diária nem semanal. Isso vale para qualquer partido político. E mesmo organizações como as universidades que costumam publicar boletins, estes só podem ser divulgados de forma OCASIONAL. O que se almeja é o EQUILÍBRIO nas postagens. Principalmente quando essas organizações não são Patrocinadores nem Apoiadores do Blog do Crato. As postagens múltiplas serão apagadas sem aviso prévio.

Abraços,

Dihelson Mendonça
.

Secult e MinC anunciam edital com investimento de R$ 18 milhões para os Pontos de Cultura do Ceará

A Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará (Secult) e o Ministério da Cultura (MinC) abriram inscrições para o Edital Pontos de Cultura do Ceará.O edital prevê a implementação de 100 novos Pontos de Cultura no Ceará (sendo 20 para Fortaleza e 80 para o interior). Atualmente existem cerca de 40 instituições conveniadas como Ponto de Cultura. O edital está com inscrições abertas desde o dia 16 de outubro e segue até o dia 29 de novembro. O total investido será da ordem de R$ 18 milhões no próximo triênio, sendo R$ 12 milhões vindos do Governo Federal e R$ 6 milhões investidos diretamente pelo Governo Estadual. Os cem projetos selecionados receberão o repasse dos recursos de até R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais) em três anos.
A partir deste edital, o Governo do Estado entra em parceria direta com o gerenciamento dos pontos, acompanhando com capacitações e orientações, e repassando a quantia de R$ 180 mil reais por ponto, sendo as primeiras duas parcelas em 2009 e a última em 2010. Para o secretário da Cultura, Auto Filho, os Pontos de Cultura são espaços importantes para o incremento das ações culturais no Ceará e a Secult aposta no projeto por considerá-la uma política pública de Estado, com a gestão compartilhada entre poder público e comunidade. O Ceará apoiará o desenvolvimento das atividades culturais de 100 projetos da sociedade civil, sendo 20 em Fortaleza e 80 nos demais Municípios do Estado com cota de sete vagas para atender projetos apresentados por instituições indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais do Ceará. Os municípios com até 40 mil habitantes só poderão ser contemplados com um Ponto de Cultura; os que tiverem entre 40 e 100 mil habitantes, 3 Pontos; e os municípios com população acima de 100 mil habitantes poderão ter até 05 Pontos de Cultura.
O Edital Pontos de Cultura e a ficha de inscrição está disponível no site da Secult (www.secult.ce.gov.br), no link Editais. Maiores informações poderão ser obtidas através do telefone (85) 3101.6742 ou pelo correio eletrônico pontosdecultura@secult.ce.gov.br ...
Nota: não tem contra-partida!

Blog do Crato ultrapassa 3.000 Postagens !!

Olá, Amigos,

É com satisfação que comunico que o nosso Blog do Crato já ultrapassa a marca de 3.000 postagens, na verdade mais de 3031 postagens. São quase 2 anos no ar ( completa em Dezembro ). Vamos em frente!

Abraços,

Dihelson Mendonça
.

CHARUTO SE VENDEU.

Essa vai para o historiador Armando Rafael, meu amigo Carlos Eduardo Esmeraldo, o cantor, compositor e professor Jose Nilton Albuquerque, amantes da historia do Crato e de modo especial para o Dihelson Mendonça que registra em seus arquivos todas essas cruezas de nossa boa gente.
Em décadas passadas, a APCDEC, promovia o torneio “intermunicipal”, contenda que premiava as equipes dos municípios interioranos que investiam no esporte da bola.
Em 1974, Crato e Várzea-Alegre ficaram na mesma chave. No jogo de ida, o médico e desportista Antonio Valdir de Oliveira solicitou do prefeito de Várzea-Alegre Lourival Frutuoso toda atenção com o escrete cratense. Foi contratado o melhor hotel da cidade para fazer a hospedaria.
Quando a delegação chegou Dona Emilia, a hoteleira, se esmerou na atenção e cuidados. Desembarcaram do ônibus de seu Orlando craques famosos como: Dote, Chico Curto, Anduiá, Netinho, Luis e Antonio Pé de Pato, Fruta Pão, Pirol, Cibito, o afamado artilheiro Pangaré e outros sob o comando austero do treinador e meu querido professor de historia Alderico de Paula Damasceno.
Dona Emilia com muita lhaneza no trato cumprimentou a todos exigindo o nome de cada um deles. No final das apresentações, Gerçon Moreira que representava a imprensa, digo, a Revista Região do Osvaldo Alves, se apresentou como sendo o “Vigário da Batateira”. Vige Maria, Dona Emilia quase cai pra trás. Era muita honra hospedar um padre. Como ia poder fazer um atendimento diferenciado ao Padre sem que os demais percebessem? Os cuidados com a alimentação deviam ser dobrados visto que as 20 galinhas caipiras apimentadas e um “bacurim” de 20 quilos poderiam não atender e agradar ao paladar de todos, em especial do vigário que tinha maior merecedência.
O almoço foi servido numa mesa de pau darco medindo 08 metros de comprimento com um e meio de largura colocada na sala do centro do hotel. Dona Emilia espalhou as panelas pela mesa e numa delas havia um “molho pardo” que era a especialidade da casa. Quando Pangaré colocou o arroz e botou duas colheradas da “especiaria” e começou a misturar, Chico Curto, jogador cheio de nó pelas costas, metido a importante, cheio de nove horas, olhou de soslaio e disse: bicho, deixa de ser burro, “chouriço” agente come é no fim!
Pra se ter uma idéia até água Dona Emilia havia mandado buscar em garrafões no Crato para agradar aos atletas. Dona “Anunciada”, chefe de cozinha dizia lá com os seus botões, Deus me livre e guarde, mas uma coisa está me dizendo, aqui no meu ouvido, que esse padre não é padre.
Antes do jogo houve um principio de embuança por conta do arbitro. Anildo, o bode, queria porque queria apitar e os cabras de lá sabendo que alem de arbitro ele era vereador não aceitaram diante da possibilidade de uma misturação da arbitragem com campanha política. Depois da intervenção do João Ramos, presidente da APCDEC um arbitro se deslocou do Iguatu para apitar o jogo.
O jogo transcorreu normalmente, o placar de dois a zero para o Crato era mais ou menos esperado. Nesse dia o artilheiro Pangaré não marcou. Os gols foram contra de Charuto, zagueiro da Batateira, que havia assinado contrato há bem pouco tempo com Várzea-Alegre.
No outro dia, o zum zum zum se ouvia de boca em boca. O juiz roubou, deixou de marcar impedimento, que nada rapaz, você já viu gol contra ter impedimento, outro dizia Charuto se vendeu, ele é de lá, quem pode confiar em gente da Batateira? E dona Emilia bradava: só podiam ganhar até o Padre veio!
Finalmente eu só não posso informar uma coisa, quando foi que Dona Emilia recebeu a conta! Venha hoje, venha amanhã, o prefeito viajou, a tesoureira está doente, o talonário de cheque acabou!




Renan Calheiros se movimenta para retornar...


Brasil
EU SEI O QUE VOCÊ
FEZ NO VERÃO PASSADO
Submerso desde que renunciou à presidência do
Congresso, Renan Calheiros se movimenta para retornar
ao cenário político fazendo o que sempre fez
__________________
Há um ano, o senador Renan Calheiros afastou-se da presidência do Congresso para salvar o mandato, ameaçado por acusações de crimes de corrupção, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, exploração de prestígio e sonegação fiscal. Contando com a conveniente falta de memória de alguns parlamentares e com a famosa vassalagem de muitos colegas de seu partido, o PMDB, Renan passou as últimas semanas em trabalho de aquecimento para, como diria o presidente Lula, botar o time em campo. Submerso desde que foi absolvido da acusação de quebra do decoro parlamentar, o senador está reorganizando sua antiga tropa de elite para tornar a fazer o que sempre fez: parasitar o governo. O primeiro alvo já está definido: Renan e sua tropa querem voltar a comandar o Congresso.
Existe um acordo entre as direções do PT e do PMDB, as duas maiores bancadas do Congresso, pelo qual esses partidos se alternam no comando da Câmara e do Senado. Hoje, os peemedebistas presidem o Senado e os petistas, a Câmara. Pela combinação, em fevereiro próximo haveria uma inversão. Renan, porém, acha que a supremacia numérica de seu partido e o bom desempenho nas urnas municipais credenciam o PMDB a comandar tanto a Câmara como o Senado, e ameaça acionar sua tropa contra o senador Tião Viana, o petista escolhido para disputar o Senado. Há quem acredite que tudo isso deriva de uma velha mágoa de Renan contra Tião Viana, nascida no episódio de seu afastamento do Senado, quando o petista assumiu interinamente o cargo. Viana não teria seguido o roteiro traçado por Renan. Mas não é só isso.
Renan Calheiros ainda tem debaixo de sua batuta pelo menos dez senadores. Mesmo transitando apenas nas sombras, ele se diz um interlocutor freqüente do presidente Lula, com quem garante ter falado duas vezes apenas no mês passado – sobre política, evidentemente. A receita do senador parece ainda eficaz. Ela funciona assim: seu partido cria dificuldades políticas para o governo e, no lance seguinte, depois de um afago, oferece uma solução. Assim, Renan está conseguindo ao mesmo tempo tirar os pés do pântano e ainda atrair oferendas federais. Renan Calheiros já anda dizendo que o partido tem todo o direito de pleitear o Ministério da Justiça, hoje ocupado pelo petista Tarso Genro.
Será ele o ministro? E muita gente achava que depois de Tarso Genro não dava para piorar...
(fonte: “Veja” edição de 5 de novembro de 2008)

Temperaturas batem Recorde no Crato !

Deus nos salve desse calor Infernal !


Com temperaturas elevadas, mais de 32 graus ( registrados na Vilalta ), o Crato nos últimos 3 dias amarga o sufôco dos dias mais quentes do ano até agora. Seria interessante compararmos essas temperaturas com as registradas no ano passado, aqui no Blog do Crato. Agora, são 04:52, e somente nesses horários da madrugada é possível obter melhores temperaturas: 29.4 graus centígrados registrados nos termômetros. Ainda bem que até agora não foram registradas as "famosas" queimadas na Floresta Nacional do Araripe...

Contudo, o alívio dos cratenses é saber que Juazeiro do Norte está pior ainda, tendo temperaturas registradas de perto de 50 graus centígrados. É Mole ??

Abraços,
BOM DIA! ( Se conseguirem )

Dihelson Mendonça
( guardião da Noite - Inimigo do Sol )
.

Romeiro festeja seu dia hoje

Dia de finados

Clique para Ampliar

As ruas e praças de Juazeiro, nas áreas mais próximas aos pontos de maior concentração, estão tomadas por vendedores informais (Foto: Elizângela Santos)

Clique para Ampliar

Passar por entre as pedras do Santo Sepulcro é uma tradição mantida por grande parte dos devotos que visitam Juazeiro nesta época do ano (Foto: Juliana Vasquez)

A Romaria de Finados encerra, amanhã, a programação religiosa, com a tradicional missa na Praça dos Romeiros

Juazeiro do Norte. É intensa a movimentação de fiéis do Padre Cícero nas ruas deste município e continuam chegando romeiros de várias partes do Nordeste, para reverenciar o túmulo do “Padim”, com orações, ofertas e pagamentos de promessas. São cerca de 600 mil pessoas, que até amanhã percorrem os principais locais de visitações, comuns neste período, como os Franciscanos, Capela do Socorro, onde se encontra a sepultura do sacerdote, Basílica de Nossa Senhora das Dores e Horto. Hoje, Dia do Romeiro, se espera a participação de pelo menos 80 mil pessoas, segundo estimativa da coordenação da Basílica, durante o Show do Chapéu, em que se apresentará a cantora Joanna.

As ruas da cidade, principalmente nas áreas mais próximas dos grandes centros de visitação, estão tomadas por vendedores informais, não só de Juazeiro. A aglomeração tem dificultado o trânsito de veículos e colocado em risco a vida de pedestres. A Operação Romeiro deste ano deu prioridade à segurança, melhorias nos trânsito, com estacionamento nas proximidades da Praça dos Romeiros, mas ainda é comum os congestionamentos na área. Equipes de saúde se revezam nos plantões até o domingo.

Segundo informações da Polícia, são comuns as reclamações em relação aos objetos perdidos e pequenos furtos, mesmo com o fortalecimento da segurança. A administração da Basílica afirma que este ano buscou fortalecer a segurança, com instalação de Unidade Móvel da Polícia Militar e duplicação do número de policiais. Segundo o padre Paulo Lemos, administrador da Basílica, seria interessante que os policiais ficassem à paisana, principalmente na Praça do Socorro, de frente à Capela, onde estão instaladas centenas de barracas. Cerca de 200 homens da Polícia Militar estão distribuídos nas áreas de maior fluxo de pessoas na cidade.

Os barraqueiros reclamam da baixa nas vendas este ano. Eles dizem que o romeiro tem buscado economizar e vir apenas cumprir a sua missão de fé. Porém, a experiência da vendedora Adriana Rodrigues dá mais segurança para afirmar que, nos primeiros dias, o romeiro pesquisa. As compras ficam mais para hoje e amanhã, quando ocorre o enceramento, com a Missa de Finados, na Praça dos Romeiros.

PROGRAMAÇÃO

Atração nacional em praça pública

Juazeiro do Norte. A partir das 20h30 de hoje, a apresentação nacional da cantora Joanna virá como uma novidade em termos de entretenimento para o romeiro. Normalmente as atrações regionais, durante o Show do Chapéu, trazem um número mais restrito de pessoas. O show acontecerá após a celebração em homenagem ao Dia do Romeiro, pelo bispo Diocesano, dom Fernando Panico.

A TV Diário está realizando a cobertura completa do evento e fará transmissão ao vivo do show para todo o Brasil. Além das reportagens, flashes ao vivo, entrevistas e o dia-a-dia dos romeiros, será transmitida no Dia de Finados, amanhã, a partir das 6 horas, a tradicional Missa de Finados.

Sacrifício

A grande visitação dos romeiros também acontece no Horto, onde está localizado o monumento em homenagem ao Pare Cícero. De lá, a maior parte dos romeiros segue para o Santo Sepulcro, ou as “Pedrinhas”, como muitos fiéis se referem ao local distante cerca de dois quilômetros da estátua. Normalmente, os romeiros percorrem a pé o caminho estreito, cheio de subidas e descidas. Uma capelinha para a reza final da caminhada e passar por espaços apertados entre as pedras faz parte do sacrifício.

Campanhas também são desenvolvidas de forma educativa entre os romeiros durante este período. A Secretaria de Assistência Social de Juazeiro do Norte, em parceria com o Conselho de Defesa da Criança e do Adolescente, intensificou a fiscalização, no sentido de coibir o trabalho infantil, principalmente nas barracas, o comércio de bebidas alcoólicas e a prostituição infantil. Outro aspecto foi dar mais atenção aos mendigos que ficam espalhados pelas ruas, principalmente nas áreas próximas às igrejas. Nesta romaria, foi programada a distribuição de um sopão.

Outras campanhas estão voltadas para a preservação do meio ambiente. A Organização Não Governamental Juriti vem desenvolvendo, há alguns anos, trabalho de conscientização da população e dos romeiros, no sentido de ter um cuidado maior com lixo, por meio da campanha “Me dê seu lixo”. Esta semana, uma equipe de Avaliação do Itaú Social esteve na cidade verificando “in loco” o trabalho desenvolvido pela Juriti. A entidade é uma das finalistas do Prêmio Itaú Cultural com o projeto.

Coleta seletiva

O trabalhado da equipe se intensificou durante esta romaria, com maior distribuição de outdoors pela cidade, blitz com a finalidade de distribuir sacolas para carro, lançamento da revista “As Aventuras de Petchula: o boon na lata do lixo” e abordagem aos romeiros no pátio do Socorro.

Nesse local, foram colocados coletores seletivos monitorados pela Associação dos Catadores de Resíduos do Cariri, agentes de educação ambiental da ONG Juriti e palhaços do Circo Escola de Ecocidadania.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter


Mais informações:
Secretaria da Matriz
Rua Padre Cícero, 147, Centro
(88) 3511.2202
Secretaria de Turismo e Romaria
(88) 3511. 4040

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

OS HOMENS DESEJAM AS MULHERES QUE NÃO EXISTEM...


Está na moda - muitas mulheres ficam em acrobáticas posições ginecológicas para raspar os pêlos pubianos nos salões de beleza. Ficam penduradas em paus-de-arara e, depois, saem felizes com apenas um canteirinho de cabelos, como um jardinzinho estreito, a vereda indicativa de um desejo inofensivo e não mais as agressivas florestas que podem nos assustar. Parecem uns bigodinhos verticais que (oh, céus!...) me fazem pensar em... Hitler.

Silicone, pêlos dourados, bumbuns malhados, tudo para agradar aos consumidores do mercado sexual. Olho as revistas povoadas de mulheres lindas... e sinto uma leve depressão, me sinto mais só, diante de tanta oferta impossível. Vejo que no Brasil o feminismo se vulgarizou numa liberdade de "objetos", produziu mulheres livres como coisas, livres como produtos perfeitos para o prazer. A concorrência é grande para um mercado com poucos consumidores, pois há muito mais mulher que homens na praça (e-mails indignados virão...) Talvez este artigo seja moralista, talvez as uvas da inveja estejam verdes, mas eu olho as revistas de mulher nua e só vejo paisagens; não vejo pessoas com defeitos, medos. Só vejo meninas oferecendo a doçura total, todas competindo no mercado, em contorções eróticas desesperadas porque não têm mais o que mostrar. Nunca as mulheres foram tão nuas no Brasil; já expuseram o corpo todo, mucosas, vagina, ânus.

O que falta? Órgãos internos? Que querem essas mulheres? Querem acabar com nossos lares? Querem nos humilhar com sua beleza inconquistável? Muitas têm boquinhas tímidas, algumas sugerem um susto de virgens, outras fazem cara de zangadas, ferozes gatas, mas todas nos olham dentro dos olhos como se dissessem: "Venham... eu estou sempre pronta, sempre alegre, sempre excitada, eu independo de carícias, de romance!..."

Sugerem uma mistura de menina com vampira, de doçura com loucura e todas ostentam uma falsa tesão devoradora. Elas querem dinheiro, claro, marido, lugar social, respeito, mas posam como imaginam que os homens as querem.

Ostentam um desejo que não têm e posam como se fossem apenas corpos sem vida interior, de modo a não incomodar com chateações os homens que as consomem.

A pessoa delas não tem mais um corpo; o corpo é que tem uma pessoa, frágil, tênue, morando dentro dele.

Mas, que nos prometem essas mulheres virtuais? Um orgasmo infinito? Elas figuram ser odaliscas de um paraíso de mercado, último andar de uma torre que os homens atingiriam depois de suas Ferraris, seus Armanis, ouros e sucesso; elas são o coroamento de um narcisismo yuppie, são as 11 mil virgens de um paraíso para executivos. E o problema continua: como abordar mulheres que parecem paisagens?

Outro dia vi a modelo Daniela Cicarelli na TV. Vocês já viram essa moça? É a coisa mais linda do mundo, tem uma esfuziante simpatia, risonha, democrática, perfeita, a imensa boca rósea, os "olhos de esmeralda nadando em leite" (quem escreveu isso?), cabelos de ouro seco, seios bíblicos, como uma imensa flor de prazeres. Olho-a de minha solidão e me pergunto: "Onde está a Daniela no meio desses tesouros perfeitos? Onde está ela?" Ela deve ficar perplexa diante da própria beleza, aprisionada em seu destino de sedutora, talvez até com um vago ciúme de seu próprio corpo. Daniela é tão linda que tenho vontade de dizer: "Seja feia..."

Queremos percorrer as mulheres virtuais, visitá-las, mas, como conversar com elas? Com quem? Onde estão elas? Tanta oferta sexual me angustia, me dá a certeza de que nosso sexo é programado por outros, por indústrias masturbatórias, nos provocando desejo para me vender satisfação. É pela dificuldade de realizar esse sonho masculino que essas moças existem, realmente. Elas existem, para além do limbo gráfico das revistas. O contato com elas revela meninas inseguras, ou doces, espertas ou bobas mas, se elas pudessem expressar seus reais desejos, não estariam nas revistas sexy, pois não há mercado para mulheres amando maridos, cozinhando felizes, aspirando por namoros ternos. Nas revistas, são tão perfeitas que parecem dispensar parceiros, estão tão nuas que parecem namoradas de si mesmas. Mas, na verdade, elas querem amar e ser amadas, embora tenham de ralar nos haréns virtuais inventados pelos machos. Elas têm de fingir que não são reais, pois ninguém quer ser real hoje em dia - foi uma decepção quando a Tiazinha se revelou ótima dona de casa na Casa dos Artistas, limpando tudo numa faxina compulsiva.

Infelizmente, é impossível tê-las, porque, na tecnologia da gostosura, elas se artificializam cada vez mais, como carros de luxo se aperfeiçoando a cada ano. A cada mutação erótica, elas ficam mais inatingíveis no mundo real. Por isso, com a crise econômica, o grande sucesso são as meninas belas e saradas, enchendo os sites eróticos da internet ou nas saunas relax for men, essa réplica moderna dos haréns árabes. Essas lindas mulheres são pagas para não existir, pagas para serem um sonho impalpável, pagas para serem uma ilusão. Vi um anúncio de boneca inflável que sintetizava o desejo impossível do homem de mercado: ter mulheres que não existam... O anúncio tinha o slogan em baixo: "She needs no food nor stupid conversation." Essa é a utopia masculina: satisfação plena sem sofrimento ou realidade.

A democracia de massas, mesclada ao subdesenvolvimento cultural, parece "libertar" as mulheres. Ilusão à toa. A "libertação da mulher" numa sociedade ignorante como a nossa deu nisso: superobjetos se pensando livres, mas aprisionadas numa exterioridade corporal que apenas esconde pobres meninas famintas de amor e dinheiro. A liberdade de mercado produziu um estranho e falso "mercado da liberdade". É isso aí. E ao fechar este texto, me assalta a dúvida: estou sendo hipócrita e com inveja do erotismo do século 21? Será que fui apenas barrado do baile?

Arnaldo Jabor

Por: João Paulo Fernandes

O Pensamento do Dia - A Medida do Amor ! - Mônica Araripe

O amor não possui medida. Não é possível quantificá-lo nem sequer entendê-lo. Mas nenhuma lei diz que é proibido sentí-lo.

Veronique Bronte.

Bom final de semana para todos!!
Mônica Araripe

Crônicas do Sítio Rosto e Adjacências


Devolve

Escrita pelo Bruxo do Sítio Rosto

Quando cheguei ao Rio de Janeiro em 1973, em pleno regime militar, para fazer Ciências Sociais na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, fui me adentrado nos meandros das teorias marxistas, justamente por estar fazendo o curso de Ciências Sociais. Eu lia as teorias, através de textos que, depois de lidos, rasgava, ou melhor, triturava e fazia descer descarga abaixo, após decorá-lo. Inda hoje sei de cor passagens da Ideologia Alemã, lido em espanhol, livro brochura, de capa verde e papel jornal, emprestado sob mil cuidados, por colegas barbudos e fugidios.
Fiquei assombrado quando fui apresentado, numa salinha do Diretório Acadêmico ao poeta, escritor, jornalista, artista, compositor e comunista Mário Lago, que ia fazer a apresentação do especial “Som Brasil”, na concha acústica da Uerj, em 1977. Eu estava diante de um homem que seria a encarnação da teoria marxista na prática. Pronto, aqui está o homem que é a favor da luta de classes, da ditadura do proletariado, da socialização dos meios de produção, etc., etc., etc.
Foi ai que me lembrei de quando tinha 16 anos, e ajudava Raimundo Siebra, que ainda está muito bem vivo, e era operador do Cine Educadora e controlista da Amplificadora Cratense, que funcionava numa salinha contígua à casa de Pedro Teles, na Praça da Sé. Ele me deixava muitas vezes na responsabilidade de botar a amplificadora no ar e fazer toda a programação da manhã. Um belo dia eu li num disco de 78 rotações o título de uma música que era muito solicitada na programação da “Hora da Saudade” nas rádios locais.
Era a música “Devolve”, e seu autor, Mário Lago. E agora, como entender a suntuosa dureza da estética marxista com a singeleza dos versos do comunista Mário Lago! Pois é, de lá pra cá a Antropologia me ensinou a relativizar força e ternura. Mas, vamos degustar a poesia de Mário Lago, numa das letras mais perfeitas da Música Popular Brasileira:

Devolve
(Música e letra de Mário Lago, com Carlos Galhardo)

Mandaste as velhas cartas comovidas,
Que na febre do amor te enviei;
Mandaste o que ficou de duas vidas:
O romance, uma dor que provei...
Mandaste tudo, porém,
Falta o melhor que te dei:

Devolve toda a tranqüilidade
Toda a felicidade
Que eu te dei e que perdi
Devolve todos os sonhos loucos
Que eu construí aos poucos
E te ofereci
Devolve, eu peço, por favor
Aquele imenso amor
Que nos teus braços esqueci
Devolve, que eu te devolvo ainda
Esta saudade infinda
Que eu tenho de ti