31 outubro 2008

Conversas com Ely Aguiar sobre a Reforma da Praça Siqueira Campos...

.

DIHELSON MENDONÇA:

Prezado Ely,

Muita coisa tem acontecido. Eu o esperei lá pelo Blog do Crato para dar alguma explicação ou mesmo uma entrevista sobre os acontecimentos. Na cidade não se comenta outra coisa: Como é que se gasta 90.000 naquela reforma de praça com pedra que custa 4 reais o metro quadrado ? Sei que você é a favor da verdade. Gostaria de ter em mãos para publicação, a planilha de custos daquela reforma, e se não tiver, aonde posso conseguir uma. Tá todo mundo querendo saber. Acho que vc deve alguma explicação ao povo que o elegeu. Veja la, amigo, Pense numa praça Cara...

Abraços,

Dihelson Mendonça

ELY AGUIAR:

Meu camarada, o jornal Diário do Nordeste de hoje, sexta-feira, tem uma grande matéria sobre a praça, se puder dê uma olhada. Sobre preços de matarial e outros custos é tudo com o governo do Estado. Secretaria de Infra-estrutura, Dr, Cartaxo, que foi Presidente do PT no Ceará. Os preços estão lá. Esse negócio de pedra por 4 reais só pode ser piada. Posso fazer um levantamento e te passar mais informações. Não vá na onda das ' FORÇAS DO ATRASO ", VOCÊ É UM RAPAZ INTELIGENTE. NÃO CAIA NESSA. ABRAÇO.


DIHELSON MENDONÇA:

Prezado ELY AGUIAR,

Eu fui o primeiro a publicar no Blog do Crato a matéria de hoje do DN, ainda de madrugada. É uma pena que vc não esteja acompanhando as discussões lá no Blog. Posso indicar depois todas as postagens sobre o assunto. Não é só uma questão de achismos. Há opiniões de pessoas importantes da comunidade toda. Andei conversando com pessoas especializadas da área de construções também. Mas publicarei a sua mensagem lá também, até como uma resposta aos questionamentos para o povo do Crato. Agradeço pela sua informação e indicação de que as contas com a reforma estariam com o Governo do Estado. Iremos atrás delas. Vc sabe que não me deixo ir por A ou por B. Queremos apenas a verdade. Estamos sempre abertos aos questionamentos e seus pronunciamentos. Principalmente quando o assunto é o bem-estar da nossa cidade.

ELY AGUIAR:

Lamentei sua ausencia na entrega da Praça. Lá poderiámos conversar sobre o assunto. Você me criticou, sem conhecimento de causa e não foi lá. Isso não é correto. Sou um cara transparente. Gosto do Crato. Vou fazer muito mais. Já conseguimos o desvio da Batateiras. Liberamos 300 mil para a reforma do Mercado ( só que essa obra não anda ),e eu vou acionar o governo do Estado para cobrar da Prefeitura. A construção do monumento a N.S. Fátima já começou. Recursos do Ministério do Turismo e liberados pela Caixa. Vamos fazer o Portal de Entrada do Crato. Pode anotar. Você sabe qual é o problema ? É que eu sou de origem humilde, porém honesto, meu crescimento politico incomoda a muita gente. Sebe qual é a diferença ? Eu e o Samuel vamos fazer muito mais...e contamos com você.

DIHELSON MENDONÇA:

Ely,

Eu procuro ser justo com as pessoas. Sim, fiz críticas, ao meu ver construtivas, pois eu creio que a CIDADANIA é também exercida pela população em cobrar das pessoas que elas elegeram, explicações sobre as coisas. Na verdade, os políticos são funcionários que nós colocamos no poder para resolver os problemas da população.

A população não quer nada mais dos políticos do que eles mesmos se propuseram a fazer, quando se lançaram a ser intermediadores do povo. Por isso, veja a cobrança como parte da DEMOCRACIA. E não se irrite por isso!

Falando de modo mais pessoal, também lamento pela minha ausência lá no dia da inauguração, pois eu queria entrevistá-lo, mas por razões de saúde não pude estar presente. Lamentei muito isso. Mas haverá outras oportunidades. Estarei publicando suas mensagens e essas conversas que estamos tendo lá. Temos 25.000 pessoas por mês lendo o que se escreve no Blog do Crato.

Abraços,

Dihelson Mendonça

ELY AGUIAR:

Meu camarada eu tenho é que agradecer. O assunto ganhou uma dimensão grande e isso foi bom para mim. Pois quem não sabia, ficou sabendo que a praça foi reformada. Acho que deixei muita gente "maluquinha ", ksksksksksksksksk. Não fizeram e eu fiz com a ajuda do Cid e do Samuel. Vamos fazer muito mais. Valeu cara, valeu mesmo...Neste momento, que acabo de chegar do Del Passeo, estou ouvindo o Jon Lord e o Roger Glover...os caras do Deep Purple...Valeu.

...

...

Vem mais por aí...


Enfim: O Maior Evento Cultural do Cariri !


Todos os anos a Mostra movimenta a região do cariri cearense não apenas na área das artes mas também na economia. A julgar pelo número de atrações e artistas envolvidos, o público que desembarca nas cidades-pólo deve dobrar o faturamento turístico da região. Negócios como hotéis e pousadas, restaurantes e lanchonetes e artesanato local são os mais beneficiados além, é claro, do transporte como ônibus, táxis e moto-táxis.
Curioso para saber os números? Pois lá vai:

7 dias de evento

atrações de 11 estados

5 países envolvidos

52 peças teatrais

22 atrações musicais

22 oficinas

Lançamentos de livros

Reisados e bandas cabaçais

Cordelistas

Rito de Passagem

São mais de 1.500 artistas envolvidos diretamente.


Na programação musical desse ano, estão confirmados nomes como Paulinho Boca de cantor, Cordel do Fogo Encantado, Cidadão Instigado e Totonho e os Cabras. No núcleo internacional de artes cênicas, espetáculos da Espanha, França, Argentina e Portugal com destaque para a Cia. Dos à Deux (Brasil Q França) que trará dois espetáculos de seu repertório ao Cariri. No palco da Conexão Brasil, espetáculos como “Pois é Vizinha” de Deborah Finocchiaro (RS), “Cachorro!” da Cia. Teatro Independente (SP), “O Sapato do Meu Tio” (BA), Negro de Estimação de Kleber Lourenço (PE) e Henfil Já de Cambutadefedapada (PR).
Destaque para a estréia nacional do espetáculo “A Chegada de Lampião no Inferno” da Cia. PeQuod de Animação (RJ). Com trilha sonora de André Abujamra, a montagem faz uma leitura sobre a maldade utilizando-se de elementos da cultura do Nordeste do Brasil. A montagem nasce a partir da roteirização dos inúmeros cordéis que tratam da chegada do famoso cangaceiro às profundezas da terra. Com humor e picardia típicos desta literatura, o espetáculo se estrutura num encadeamento dramático que vai desde o final da vida de Lampião, sua derrocada até as peripécias fantasiosas ocorridas no inferno.
Participe e Comente !
Programação:

Comentários NUNCA são Apagados !

Olá, amigos,

Há umas dúzias de comentários anteriores, eu li alguém reclamando que um comentário havia sido apagado. Quero dizer que de 1 ano pra cá, nenhum comentário foi apagado no Blog do Crato, a não ser pelo próprio autor que esse poder de apagar. Da minha parte como moderador do Blog, todos os comentários publicados não mais são apagados. Aqui, o que passa no crivo para ser publicado, não mais é apagado. Vou consultar também nosso co-administrador Ruben Mousinho para me certificar se houve algum problema técnico por esses dias no site, mas nada notei de anormalidade. Peço à pessoa que escreveu o comentário que procure se lembrar aonde ele foi postado, porque às vezes há vários tópicos sobre o mesmo tema, e costumamos confundir aonde nós mesmos postamos nossos comentários. Falando em comentários, eles podem demorar até 24 Hs para serem publicados. Se após esse prazo vc notar que ele não foi publicado, entre em contato diretamente comigo pelo e-mail: blogdocrato@hotmail.com pois o que pode acontecer da mensagem não haver chegado até meu e-mail e o hotmail classificado como Spam.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Um recado de amigo

PEDRO ESMERALDO

Não senti tanto entusiasmo pela vitória do atual prefeito. Fui esquecido e ofuscado pelas artimanhas de seus dois secretários: Saúde e Educação, que vieram de outras plagas, sem entenderem nada do ramo (por negligência ou falta de conhecimento). Atrapalham o desenvolvimento técnico na educação e saúde desta cidade.
Senti mágoas profundas, visto que fui fiel escudeiro, lutando com sinceridade, colaborando com bravura e destemor, sempre com boa vontade, para conseguir o objetivo de todos os cratenses que era a queda de oligarquia antiga e ultrapassada que há anos atanazava a cidade.
Desta vez, por motivos óbvios, não o apoiei. Embora meu candidato não lograsse êxito, devido à falta de recursos humanos e apoio financeiro, mesmo assim marchou sozinho, acompanhado com um pequeno partido, rachado devido às brigas internas que encobriam o desenvolvimento de sua candidatura. Mesmo assim, mostrou raça e coragem de atacar com vontade, lutando contra a maré, contra dois leões políticos que usurparam, sem muito esforço, os votos que poderiam ser dele.
Apesar dessa mágoa que permanece encravada em meu peito e, aos troncos e barrancos, vibro com muita animação por essa vitória, pois, se Deus não manda o contrário, Crato se livrará do comodismo, dependendo apenas do senhor Prefeito saber escolher seus assessores, afastando-os desse meio as pessoas nocivas e colocando outras dignas e arrojadas para acompanhar o seu mandato.
No momento de grandes reflexões, peço a Deus que o ilumine e conduza ao caminho do bem, que é a concórdia e a perseverança.
Olhe para frente, ultrapasse barreiras, evite o excesso de vaidade, abomine as pessoas maldosas. Elimine de uma vez por toda o cordão de puxa-saco, o disse-me-disse e as urdiduras que constantemente invadem o seu gabinete.
Repetirei com ardor palavras de crônicas anteriores: prestigie os seus correligionários e trate o adversário como cidadão de bem.
Se assim o fizer, com arrojo, creio que fará uma boa administração e o seu nome ficará gravado na história do Crato.

Apoio: Firenze Cosméticos
Rua Dr. João Pessoa, 401 – Centro - Crato - Fone: 3521.7072

Obs.: Postagem feita por solicitação do autor.

Reunião na URCA disute Bienal da UNE



Começa mobilização no Cariri para Bienal da UNE. Reunião acontece nesta terça feira, dia 04 de novembro. O tema da décima Bienal é Raízes do Brasil: Formação e sentido do povo brasileiro


Artistas e estudantes da região do Cariri estão se mobilizando para participar da 6ª Bienal de Cultura da União Nacional dos Estudantes – UNE que será realizada no período de 20 a 25 de janeiro, na capital baiana, Salvador. A Bienal é considerada um dos maiores eventos estudantis de arte da América Latina. Nesta terça-feira, dia 04 de novembro, acontecerá na sala de vídeo da URCA, a partir das 19 horas, reunião com a participação de Nah Vieira – da Base da UNE e uma das articuladoras da Bienal no Estado.


A Bienal reúne trabalhos das diversas linguagens artísticas: música, artes plásticas , artes cênicas, literatura, audiovisual, dança e trabalhos científicos. A região do Cariri já participou de edições anteriores. As inscrições já estão abertas e o regulamento e as fichas de inscrição encontram-se disponível no site da UNE: http://www.une.org.br/


Serviço:

6ª. Bienal de Cultura da UNE

Período: 20 a 25 de janeiro de 2009 Salvador Bahia

Site da UNE: www.une.org.br Nah Vieira (85)88525714 – Diretora Estadual de Cultura da UJS e da Base da UNE


Abertas as inscrições para a 6ª Bienal de Cultura da UNE


Evento receberá trabalhos de artes cênicas, música, literatura, ciência e tecnologia, cinema e artes visuais Já pensou em participar do maior festival de arte estudantil da América Latina? Ter seu trabalho publicado, apresentá-lo para estudantes de todo o Brasil e ainda debater a formação e sentido do povo brasileiro com intelectuais, artistas e estudiosos, tudo isso regado a apresentações artísticas de todos os tipos? Pois então se prepare, porque a partir de hoje (25.08) estão abertas as inscrições para a 6ª Bienal de Cultura da UNE.


O maior festival de arte estudantil da América Latina receberá trabalhos nas seguintes áreas: artes cênicas, música, literatura, ciência e tecnologia, cinema e artes visuais. Esta edição do evento terá a participação não apenas de universitários, mas também de secundaristas e pós-graduandos.Para participar basta ler o regulamento, preencher a ficha de inscrição e enviar o trabalho que será apresentado juntamente com o comprovante de pagamento da taxa de inscrição (emita aqui seu boleto) no valor de R$10,00, para o seguinte endereço: Centro Universitário de Cultura e Arte da Bahia, Av. Reitor Miguel Calmon, s/n. Vale do Canela - PAC (Pavilhão de Aulas do Canela) - CEP 40110-100 - Salvador, Bahia. Para as inscrições feitas por Correio será válida a data de postagem.


O prazo termina dia 15 de novembro.A divulgação dos trabalhos selecionados será feita pela internet, no sitio da UNE, a partir do dia 20 de dezembro de 2008, e os materiais enviados para julgamento não serão devolvidos. O estudante que tiver seu trabalho selecionado para apresentação no evento estará isento do pagamento da taxa de inscrição. No caso de trabalhos coletivos, que forem selecionados, cada integrante deverá pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 10,00.Para participar das atividades, o valor é de R$ 50,00. Os soteropolitanos pagarão uma taxa de R$ 15,00. Estudantes da UFBA e da UCSAL que inscreverem trabalhos pagarão R$ 5,00 e para alunos de demais unidades de ensino (médio, superior ou pós graduação) do estado na mesma condição o valor é de R$ 10,00.


Vale lembrar que o custo de alojamento e alimentação não estão incluídos neste valor e que todos os inscritos na 6ª Bienal terão acesso às instalações, shows e demais atividades do evento. Ao enviar seu trabalho para a 6ª Bienal da UNE, escreva no envelope a área escolhida. As inscrições que não contiverem todo o material solicitado no regulamento serão automaticamente eliminadas, portanto leia com atenção!Não se esqueça de enviar a cópia do depósito bancário do valor da inscrição e o documento disponibilizando o trabalho sob a licença Creative Commons (clique aqui e veja o modelo)


Garanta sua participação no maior festival de arte estudantil da América Latina.


Inscreva-se e organize desde já sua Caravana rumo a Salvador!

Outras informações: (71) 3283.7688. Voltando à Bahia de todos os santosA 6ª edição da Bienal vai comemorar o 10º aniversário do Festival e também marcará a volta do evento a Salvador, já que em 1999 aconteceu na capital baiana a primeira edição da Bienal de Arte, Ciência e Cultura da UNE, vinte anos após a UNE ter sido colocada na clandestinidade pela ditadura militar. Outro fator marcante desta Bienal será a importância da cidade-sede em relação ao tema "Raízes do Brasil – formação e sentido do povo brasileiro", que pretende discutir a formação do povo brasileiro de um ponto de vista contemporâneo.


Fonte: www.une.org.br

Canal Futura abre inscrições para o 13º Geração Futura


Estão abertas até 17 de novembro as inscrições para 13ª Oficina de Produção de Vídeo Geração Futura. Podem participar os jovens entre 16 e 22 anos, que estejam na escola e/ou envolvidos com instituições e projetos sociais.

O curso será realizado durante quatro semanas das férias escolares, entre de 12 janeiro a 6 de fevereiro de 2009, na sede do Futura, no Rio de Janeiro. Jovens de outros estados são bem-vindos, embora o canal não se responsabilize pelo pagamento das passagens, hospedagem e alimentação.

SO Geração Futura oferece workshops de câmera, edição, direção, roteiro, videografismo, produção, etc. ministrados por profissionais do Futura e do mercado de produção de TV. Apresentando aos jovens um modelo de produção audiovisual e lançando o desafio ao grupo de produzir peças televisivas ao final da oficina. Os vídeos são exibidos na grade nacional do Futura.

Mais informações no regulamento em anexo, ou no site do Canal Futura .

Inácio destaca crescimento do PCdoB

Partido Comunista tem um crescimento de 300% nestas eleições.

O senador Inácio Arruda destacou nesta terça-feira (28) o crescimento do seu partido nas últimas eleições e também o fortalecimento das legendas da base do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nas últimas eleições, em 2004, o PCdoB elegeu dez prefeitos, e agora, 40, em municípios como Crateús e Potengi (CE), Olinda (PE) e Aracaju (SE), ou seja, um crescimento de 300%.
“Quero registrar o desempenho do nosso partido, em cidades grandes, em cidades médias e importantes cidades deste imenso país que é o Brasil. Tivemos também uma participação ativa em alianças. Para enfrentar a crise que vivemos, o país precisa dos comunistas”, afirmou.

Discursando no plenário do Senado, Inácio ressaltou que o êxito do PCdoB nas eleições municipais é muito significativo e destacou os resultados em Maranguape, onde George Valentim, um jovem administrador de empresas e que participava da administração do Prefeito Eduardo Gurgel, e a reeleição da Prefeita da cidade de Graça, Augusta.

O Senador cumprimentou ainda os servidores públicos pela passagem do seu dia, comemorado nesta terça-feira, em especial os do Congresso Nacional - tanto os efetivos quanto aqueles com cargos comissionados. Inácio Arruda parabenizou em especial os servidores da Consultoria Legislativa da Câmara e do Senado, e pediu que o Congresso reforce o "apoio aos servidores públicos, apreciando matérias de seu interesse" com celeridade e atenção.
Leia íntegra do pronunciamento no site: www.inacio.com.br

Fonte: Assessoria de Comunicação do Senador Inácio Arruda

Chico Lopes consegue aprovar duas emendas para o Ceará


Aprovadas duas emendas de Chico Lopes ao relatório da Reforma Tributária. Semi-árido é beneficiado


O relatório da Reforma Tributária, entregue esta quarta-feira pelo deputado Sandro Mabel (PR-GO), inclui duas emendas aprovadas de autoria do deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE). A primeira, emenda 431, determina que 50% dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Regional - FNDR destinados ao Nordeste sejam aplicados em obras e iniciativas na região do semi-árido. A segunda emenda, de número 428, retira do Poder Executivo a atribuição de legislar sobre a mudança da forma de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
"A emenda sobre os recursos para o semi-árido é uma forma de garantir com que essa região, historicamente mais necessitada e de demandas sociais que continuam, apesar dos avanços nos últimos anos, seja contemplada com uma fatia de pelo menos metade dos recursos do FNE", explica Chico Lopes, sobre a emenda 431, constante da página 152 do relatório de Delcídio Amaral.

"Já a emenda sobre o ICMS corrige uma distorção que poderia acontecer caso o Poder Executivo federal, ou seja, o presidente da República, interferisse na legislação sobre ICMS. Como é um tributo estadual, essa mudança tem de ser prerrogativa dos Estados, pelo princípio do federalismo, e, pelos parlamentares entenderem assim, nossa emenda foi aprovada", acrescenta Chico Lopes, sobre a emenda 428, presente à página 126 do relatório do OGU para 2009.
Fonte: Ass. Imprensa - Dep. Fed. Chico Lopes - PCdoB-CE

Graciliano - Um escritor comunista

Evento multimídia gratuito celebra 70 anos de lançamento do livro "Vidas Secas", de Graciliano Ramos

Um evento multimídia gratuito celebrará, em novembro, os 70 anos de lançamento do romance "Vidas Secas", considerado a obra literária mais importante do escritor alagoano Graciliano Ramos (Quebrangulo, AL, 27 de outubro de 1892 - Rio de Janeiro, RJ, 20 de março de 1953).

Marco na literatura brasileira, por trazer um relato contundente sobre a luta pela sobrevivência do sertanejo nordestino, além de abarcar uma crítica social às causas da miséria e do flagelo da estiagem, "Vidas Secas" já vendeu um milhão e meio de cópias e se encontra na sua centésima sétima (107ª) edição.

Intitulado "Vidas, para sempre secas?", o evento-homenagem a Graciliano Ramos acontecerá a partir deste sábado, 1º de novembro (prosseguindo até o dia 30), nos Centros Culturais Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108) e Cariri (rua São Pedro, 337 - Centro - fone: (88) 3512.2855) - em Juazeiro do Norte.
Diversas atividaes estão previstas entre palestras, oficinas e exposições.


Biografia de Graciliano Ramos

Primogênito de dezesseis filhos do casal Sebastião Ramos de Oliveira e Maria Amélia Ramos, Graciliano viveu os primeiros anos em diversas cidades do Nordeste brasileiro. Terminando o segundo grau em Maceió, seguiu para o Rio de Janeiro, onde passou um tempo trabalhando como jornalista. Volta para o Nordeste em setembro de 1915, fixando-se junto ao pai, que era comerciante em Palmeira dos Índios, Alagoas. Neste mesmo ano, casa-se com Maria Augusta de Barros, que morre em 1920, deixando-lhe quatro filhos.Foi eleito prefeito de Palmeira dos Índios em 1927, tomando posse no ano seguinte. Manter-se-ia no cargo por dois anos, renunciando em 10 de abril de 1930. Segundo uma das auto-descrições , "(...) quando prefeito de uma cidade do interior, soltava os presos para construírem estradas". Os relatórios da prefeitura que escreveu nesse período chamaram a atenção de Augusto Schmidt, editor carioca que o animou a publicar "Caetés", em 1933.
Entre 1930 e 1936 viveu em Maceió, trabalhando como diretor da Imprensa Oficial e diretor da Instrução Pública de Alagoas. Em 1934, havia publicado "São Bernardo", e quando se preparava para publicar o próximo livro, foi preso em decorrência do pânico insuflado pelo presidente Getúlio Vargas após a Intentona Comunista de 1935. Com ajuda de amigos, entre os quais José Lins do Rego, consegue publicar "Angústia" (1936), considerada por muitos críticos como a melhor obra.Graciliano Ramos é libertado em janeiro de 1937. As experiências da cadeia, entretanto, ficariam gravadas em um obra publicada postumamente, "Memórias do cárcere" (1953), relato franco dos desmandos e incoerências da ditadura (Estado Novo) a que estava submetida o Brasil.Em 1938, publicou "Vidas Secas". Em seguida, estabeleceu-se no Rio de Janeiro, como inspetor federal de ensino. Em 1945, ingressou no Partido Comunista do Brasil - PCB (que nos anos 1960, dividiu-se em Partido Comunista Brasileiro - PCB - e Partido Comunista do Brasil - PcdoB), de orientação soviética e sob o comando de Luís Carlos Prestes.Nos anos seguintes, realizaria algumas viagens a países europeus com a segunda esposa, Heloísa Medeiros Ramos, retratadas no livro "Viagem" (1954). Ainda em 1945, publicou "Infância", relato autobiográfico. Adoeceu gravemente em 1952. No início de 1953 foi internado. Faleceu em 20 de março de 1953, aos 60 anos, vítima de câncer do pulmão.O estilo formal da escrita e a caracterização do eu em constante conflito (até mesmo violento) com o mundo, a opressão e a dor seriam marcas da sua literatura. Dono de estilo contundente e direto, Graciliano Ramos é um dos mais importantes autores da literatura brasileira, cujo interesse estético é inseparável do comprometimento ético.Seja por suas intervenções no campo político, pelo empenho em favor dos oprimidos ou ainda pela defesa do artista no mundo moderno, Graciliano Ramos reafirma, de modo inconfundível, o vínculo entre literatura e vida.
Ler os livros do escritor alagoano é tarefa fundamental para todos que têm interesse em entender o Brasil - e entender a si mesmos.

Futebol - Atualização - por: Amilton Silva

Jogo do Fluminense foi adiado em virtude de apagão.

Na noite de ontem (30). no estádio Orlando Scarpelli, o Figueirense e Fluminense já haviam entrado em campo quando em virtude de falta de energia elétrica o jogo não foi iniciado, após mais de uma hora o problema foi solucionado e jogo iniciado.O atacante e vice artilheiro do Brasileirão com 19 gosl, perdeu um penalte aos 5 minutos, com gol de arouca logo em seguida deixou o Flu em vantagem.Por volta dos 15 minutos do primeiro tempo outro apagão. O àrbrito esperou por meia hora e deu por encerrada a partida.A CBF marcou para próxima quarta feira dia 5. O jogo será reiniciado aos 15 minutos permanecendo o Placar de 1 X 0 para o Fluminense, segundo o regulamento da competição.

Dando prosseguimento a 32ª rodada da competição, o Vasco da Gama jogando no São Januário, enfrentou o Atlético PR, e empatou em 2 X 2. Os dois clubes permanecem na zona de rebaixamento.O Vasco marcou aos 27 minutos do primeiro tempo com o jogador Valmir, aos 44 minutos Julio dos Santos empatou.A virada do furacão veio aos 16 minutos do segundo tempo,e o empate do Vasco veio ja no final da partida aos 42 minutos com gol de Mádson.

Na Ilha do Retiro , em Recife o confronto entre Sport e Santos terminou em 1 X 1. O Sport marcou com Fumagalli aos 30 minutos e o Santos empatou aos 45 minutos do primeiro tempo atraves do artilheiro isolado da competição Kleber Pereira com 21 gols.

Série B

A 33ª rodada da Série B, prossegue na noite de hoje (31), com tres jogos:

BRASILIENSE X ABC
BARUERI X CRICIUMA
AVAÍ X PONTE PRETA.

A rodada será finalizada amanha com mais quatro jogos:

CORÍNTHIANS X PARANÁ
BRAGANTINO X BAHIA
SÃO CAETANO X CEARÁ
AMERICA RN X CRB

Por: Amilton Silva - Editor de Esportes do Blog do Crato.

O CRATO ANTIGO - José Helder França



Quando falamos em cidade, falamos em casas, pessoas, ruas, praças e avenidas. E não há nesse contexto a ausência das lembranças e das saudades. Como bem descreve o poeta Dedé França:

O CRATO ANTIGO

"Eu hoje senti saudade
da minha terra querida
lá onde fiz amizade
onde vivi minha vida
saudade da sua lua
saudade de tudo enfim.
Saudade daquela gente
que faz parte de mim.

Senti saudade do Crato
da cidade onde nasci
lugar feliz e pacato
coração do cariri

Senti saudade das feiras
da rua das laranjeiras
de sua água gostosa
que minha sede não mata
da rua rabo da gata
também da rua Formosa

Eu recordo calmamente
enquanto o verso rabisco
da caplinha da gente
do meu santo São francisco
onde aos domingos eu ia
com muita fé e alegria
onde com gosto rezava
pedindo felicidade
eu até sinto saudade
daquela esmola que dava

Esta saudade não cala
conversa com minha dor
recordo a rua da vala
ladeira do matador
e no tempo de menino
o açude de seu Lino
onde ia a meninada
Saudade deste tamanho
saudade também do banho
lá no pescoço da escada

Que tempo bom do passado
daquele Crato risonho
do meu Crato sem pecado
tudo era amor, era sonho!
Daquele Crato feliz
que do Quadro da Matriz
a gente ouvia sermão
Ai, como eu sinto saudade
daquele tempo em que frade ganhava mais atenção

Saudade da luz escura
do poste feito de trilho
da feira da rapadura
das velhas vendendo milho
do papagaio, da raia
do carro de Pedro Maia
das moedas de dez réis
dos dramas lá no cassino
quando eu era menino
e xingava Seu Moisés

O brilho dos pirilampos
sentido na noite escura
na praça Siqueira Campos
fazia luz com ternura
Que prazer a gente tinha
nas voltas lá na pracinha
todo o passado restauro
da mijada escondida
quando vinha da avenida
no beco do Padre Lauro.

E tudo me vem à mente
me provocando um sorriso
fortificando o repente
dando brilho ao improviso.
São boas recordações
momentos de emoções
do meu viver bem vivido.
Dentro de mim guardo o retrato
de tudo que vivi no Crato
este meu Crato querido

De tanta coisa me lembro
e a tudo dou importância
e com saudade relembro
tudo que vivi na infância
Essa beleza do Crato
que com saudade retrato
não me saem da memória
E esse peito bem meu,
é um verdadeiro Museu


José Helder França

Fonte: texto publicado no Jornal Gazeta de Notícias - Edição do dia 17 de outubro, próximo passado.

...A Mesma praça/O mesmo banco/ As mesmas flores...

O Blog do Crato traz hoje uma reportagem de Antonio Vicelmo sobre a reforma e reinauguração da Praça Siqueira Campos em Crato, publicada no jornal Diário do Nordeste de Hoje:

Praça Siqueira Campos passa por revitalização

Clique para Ampliar

A Siqueira Campos guarda memórias de acontecimentos vividos por antigas gerações do Crato, envolvidas em romances ou fatos políticos da história local (Foto: ANTÔNIO VICELMO)

Um dos pontos de encontro principais no município do Crato recebe nova infra-estrutura com obras de revitalização

Crato. A Praça Siqueira Campos, reduto de boêmios, intelectuais e aposentados deste município, está de cara nova. O velho piso de mosaico foi substituído por lajes de santana, o que deu uma conotação mais regional ao logradouro. Os bancos de madeira foram envernizados, os canteiros reduzidos, abrindo mais espaço para os freqüentadores. A nova iluminação foi direcionada para a arborização. No centro da praça foi construído um monumento com o busto de Siqueira Campos, patrono do logradouro.

O projeto foi financiado pelo deputado Ely Aguiar, filho do Crato, que destinou parte da verba de R$ 500 mil, liberada pelo Governo do Ceará para os parlamentares, à sua terra natal. Foram gastos na reforma da praça cerca de R$ 90 mil. Na solenidade de reinauguração da Siqueira Campos, o prefeito Samuel Araripe destacou o empenho do parlamentar cratense na melhoria do lugar.

Passarela

Construída no início do século passado, a praça se tornou um símbolo do Crato. Na década de 60, a Siqueira Campos se transformou na passarela de mulheres bonitas que encontrava ali o seu “príncipe encantado”. Testemunha de juras de amor eterno e palco de desencantos amorosos, a praça foi sempre uma espécie de relicário das mais fortes lembranças do Crato, das gerações de antigamente.

Com a poda das árvores centenárias, tornou-se mais visível o velho prédio do Cassino, que abrigou um dos primeiros cinemas da cidade. O lugar ainda conserva as linhas arquitetônicas do passado. A lembrança mais forte da época em que a praça era o ponto de encontro da sociedade é a presença do engraxate Francisco das Chagas Amorim, “Chaguinha”, que, ainda hoje, apesar do reinado dos tênis, mantém a sua imponente cadeira de engraxate.

Com o decorrer dos anos, o logradouro se transformou na “tribuna livre” de políticos, intelectuais e boêmios que discutem os mais variados assuntos e fazem críticas e elogios às reformas. A praça lembra, sobretudo, o seu patrono, Siqueira Campos, um comerciante que trouxe o primeiro automóvel para o Crato e, durante a seca de 1932, deu emprego aos pobres, mandando pavimentar, por contra própria, a Rua Dr. João Pessoa.

Ponto de encontro

Os tempos modernos não acabaram com o romantismo da praça. A Siqueira Campos não perdeu a sua característica de ponto de encontro, referencial maior de uma cidade que hoje conta com 130 mil habitantes.

Ainda guarda memórias inesquecíveis para as velhas gerações, bem como as novas que têm amor pela cidade.

A Siqueira Campos ainda emociona aqueles que se enterneceram com a música de Ronie Von. Pelas letras do cantor: “A mesma praça/ o mesmo banco/As mesmas flores/ o mesmo jardim/ Tudo é igual/ mas estou triste/ Porque não tenho você/ Perto de mim”.

Reportagem:
Antonio Vicelmo.
Fonte: Jornal Diário do Nordeste