17 outubro 2008

GRATIDÃO


Gratidão, dom que Deus concede ao homem e nega aos outros animais, somente colhe aquele que plantou.
Estava pelo Sossego, a esmo, apreciando o que restou de antigo no bairro, despreocupado com o resto do mundo. Empapado de suor, pelo resplandecente sol, entrei num boteco de esquina e pedir uma cerveja no balcão. Passei a apreciar o interior do botequim que não via uma reforma desde os últimos 30 anos. Agente só se dava conta de está em 2008 devido à opulenta nudez de Juliana Paz, nos cartazes da Antarctica. Para não me apaixonar por uma impossível, voltei à atenção para a conversa de dois tipos, ao meu lado.
Os dois também bebiam e se divertiam depois de um dia de batente. Um deles, o mais velho, narigudo, que era também o mais falador, entre uma teimosa e outra, fazia a narrativa da compra de sua casa, única herança a deixar para os seus filhos. Dizia:
Ofereceram-me por 12 mil cruzeiros. Logo vi o sonho de adquirir. Minha esposa trabalhava em casa de família e eu também estava empregado. Não seria difícil seis mil cruzeiros para cada um dos empregadores. Imaginei! Fomos primeiro na casa do patrão de minha mulher. Quando apresentamos a nossa proposta ouvimos: Quem é o seu patrão? Respondi Deus. Então, ele me disse: Deus está muito longe, muito distante para se falar com ele! Sair desanimado, abatido, triste, com vontade de jogar minha bicicleta num carro.
Mas ainda restava uma outra esperança, o meu patrão. Fui ao seu encontro e quando tratei o assunto ele me disse: quanto é a casa e qual o prazo que lhe é concedido? 12 mil cruzeiros e o prazo é de 15 dias. Respondi. Ele colocou o dinheiro num envelope e mandou o seu motorista pessoal me deixar em casa. De volta passei para apanhar minha esposa no trabalho e por coincidência vi o patrão dela e disse: conseguir o dinheiro! Ele perguntou quem lhe emprestou? Respondi: Deus me deu.
O final da historia coincidiu com o fim da minha garrafa de cerveja. Nocauteado com tamanha grandeza humana quando voltei a mim os dois tinham desaparecidos. Porém, ao encontra-lo novamente, fiquei sabendo que o narrador dessa bela historia era Francisco Gomes Saraiva, “NEGO” e que o presente de uma casa lhe foi feito pelo Dr. Carlos Eduardo Esmeraldo e sua esposa Magali.
Portanto Dr. Carlos Eduardo e Magali, daquela semente semeada em terreno fértil há muitos anos vocês colhem hoje a minha estima e admiração.
Para mim foi divino, sublime ouvir aquele relato de um homem humilde, simples, fazendo um agradecimento puro sem bajulação e especialmente porque era nas suas ausências. Fiquei orgulhoso. Deus lhes conserve assim. Bons!

A. Morais.

Pax Christi Internacional confere Prêmio da Paz 2008 a Dom Luis Flávio Cappio


O bispo de Barra (BA), dom Luís Flávio Cappio, receberá a homenagem da Pax Christi Internacional, que lhe outorgará o Prêmio da Paz 2008 (2008 Pax Christi International Peace Award), durante a 5ª Romaria das Águas, que começou hoje, em Sobradinho (BA), e vai até domingo, 19.

A homenagem acontecerá no dia 18, às 20h, durante ato inter-religioso, na Praça Matriz de Sobradinho. A vice-presidente da Pax Christi Internacional, Laura Vargas, entregará o prêmio a dom Luís e a representantes do povo, por suas lutas em defesa das águas, da terra e de toda a vida, destacando a mobilização organizada por entidades e movimentos sociais pela revitalização e contra o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco.
Criada em 1945, na França, a Pax Christi Internacional é um movimento católico de respeito aos direitos humanos, justiça e reconciliação em regiões devastadas por conflitos. Atualmente, abrange mais de 100 organizações-membro e atua em mais de 50 países dos cinco continentes. A instituição possui status consultivo junto à ONU, à Unesco e ao Conselho da Europa. No Brasil, ela é representada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT).
A indicação do nome de dom Cappio ao prêmio foi uma iniciativa do Serviço Paz e Justiça, entidade que tem como líder o Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, argentino que ganhou destaque por sua luta em defesa dos direitos humanos na América Latina.
5ª Romaria das Águas
“Águas para a Paz”. Este é o tema da 5ª Romaria das Águas, que reunirá dezenas de entidades e milhares de pessoas, entre os dias 16 e 19 de outubro, em Sobradinho.
A Romaria é marcada por diversos atos, como uma sessão solene na Câmara Municipal, que acontece hoje à noite. Amanhã, haverá o Seminário “Revitalizar o Rio para a Vida em Paz”, com a presença de representantes das comunidades e organizações populares da região. À tarde desse mesmo dia, ocorrerá uma entrevista coletiva à imprensa, na Capela São Francisco e, à noite, uma celebração eucarística que fará memória aos 24 dias de jejum de dom Cappio, realizado entre novembro e dezembro do ano passado. Durante a celebração será lançada a Jornada Mundial de Jejum pela Paz e Soberania Alimentar, que prosseguirá no sábado, 18, como um chamado para questões graves como os conflitos pela água, a crise ambiental, o controle dos territórios, da produção e do acesso à comida por poucas empresas transnacionais.
“A Jornada Mundial de Jejum pela Paz afirma a necessidade urgente da reforma agrária para que um número maior de famílias possa se integrar ao processo produtivo de alimentos, acompanhada de uma reforma agrícola que promova a produção e o consumo dos alimentos saudáveis e agroecológicos, como garantia da segurança alimentar das famílias e a Soberania Alimentar da nação”, diz um dos trechos do manifesto lançado pelos organizadores em apoio à Jornada, entre os quais a Pax Christi International, Misereor (Alemanha), Via Campesina Brasil, CPP, PACS, CESE, Caritas, Fórum Permanente em Defesa do Rio São Francisco.
O dia 18 será marcado ainda pelo ato inter-religioso e por uma caminhada. Já no último dia da Romaria, haverá a celebração de encerramento e shows.

DEMUTRAN SINALIZA RUAS DO CRATO

A direção do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) do Crato está percorrendo várias ruas da cidade, que receberam novo asfaltamento, para o planejamento e execução de nova sinalização nos locais. Serão pinturas horizontais e verticais nas ruas. O trabalho visa proporcionar mais segurança no trânsito aos condutores e pedestres.

Fonte: Tarso Araújo.

CRATO COMEMORA 155 ANOS DE CIDADE HOJE E PREFEITO PRESTA HOMENAGENS

Com uma missa em ação de graças, será celebrada, às 17 horas de hoje, na Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, os 155 anos de sua elevação à categoria de cidade. A missa será comemorativa dos 23 anos de instalação da 5ª Companhia da Polícia Militar, sediada em Crato. Após a missa na catedral, o prefeito do Crato, Samuel Araripe, receberá a foto da médica, doutora Amélia Benebien, ilustre cratense e segunda médica do Brasil. Na ocasião, o prefeito também prestará homenagem de Honra ao Mérito à dra. Amélia Benebien e ao dr. Antônio Gesteira (in memoriam) e aos médicos José Ulisses Peixoto e Dalmir Peixoto, comemorando o Dia do Médico.

Fonte: Tarso Araújo.

Sacrifício de cães repercute mundialmente

Através de uma denúncia gerada aqui no BLOG DO CRATO por um dos leitores, e posteriormente levada a cabo a investigação e reportagem por Antonio Vicelmo para o Jornal Diário do Nordeste, ficamos sabendo agora que a matéria teve repercussão internacional.
Na verdade, um assunto da máxima gravidade e que merece toda uma investigação daquele centro de Zoonoses do Crato. Isso definitivamente, não poderia continuar. Achem bom ou ruim !


Clique para Ampliar

Fac-símile do caderno Regional que trouxe a denúncia do sacrifício de cães em câmara de gás feito no Centro de Controle de Zoonose do Crato

Clique para Ampliar

Página principal da Oipa, com sede na Itália, repercutiu matéria do Diário do Nordeste

A Organização Internacional de Proteção aos Animais condena uso de câmara de gás para sacrifício de cães

Fortaleza. A matéria intitulada “Cães são sacrificados em câmara de gás”, publicada pelo Diário do Nordeste no último dia 12 de setembro, está gerando repercussão internacional. A Organizzazioni Iternazionale per la Protezioni degli Animali — Organização Internacional de Proteção dos Animais (Oipa), ONG de defesa animal sediada em Milão, na Itália, publicou carta de protesto na internet contra o modo como era feita a eutanásia dos cães no Centro de Zoonoses do Crato, na região do Cariri. Defensores de animais são convocados a assinar o abaixo-assinado eletrônico. Nos últimos dois dias, mais de mil e-mails chegaram à redação do Diário do Nordeste.

O abaixo-assinado está disponível nas versões italiana e internacional — em inglês — das páginas da Oipa na internet. A quantidade real de protestos pode ser ainda maior, visto que, por exemplo, apenas uma mensagem era assinada por 17 moradores de Milão. Os manifestantes só precisam incluir dados pessoais e enviá-lo. Boa parte deles mora nas diversas regiões da Itália, mas também foram registrados e-mails de países como Espanha, Inglaterra, França e Suíça.

O protesto tem como destinatários o Ministério Público do Estado do Ceará, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Ceará, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e a Prefeitura do Crato, além do Diário do Nordeste. O texto repudia o método da câmara de gás carbônico para o sacrifício dos cães e pede que os centros de controle de zoonoses sejam impedidos de promover a morte de animais sãos.

Terceiro apelo

A Oipa tomou conhecimento do caso por meio da protetora voluntária dos animais Sabine Sanara Fontana, de Santa Catarina. Ela é amiga pessoal do presidente da ONG italiana, Massimo Comparotto, para quem comunicou o fato após manter contato com a presidente da União Internacional de Proteção aos Animais no Ceará (Uipa), Geuza Leitão. Conforme Fontana, este é o terceiro apelo publicado pela Oipa decorrente de maus-tratos a animais no Brasil. Os dois casos anteriores foram registrados nos Estados de Goiás e Santa Catarina.

Por e-mail, Comparotto classificou o sacrifício dos cães na câmara de gás como “método horrível”. Ele explicou que a entidade tem milhares de simpatizantes por todo o mundo sempre dispostos a reforçar os apelos feitos na página da Oipa na internet. “É importante que as pessoas entendam que os animais não são objetos, mas seres vivos que merecem apenas amor e respeito, e que é possível adotá-los nos canis onde deveriam viver e não serem assassinados em câmaras de gás como aconteceu na História ainda muito recente para ser esquecida”, escreveu.

Para a presidente da Uipa, Geuza Leitão, a forma de sacrificar os cães no Crato era “tão horrível que escandalizou o mundo inteiro”. Ela ressaltou que os protetores dos animais têm a imprensa como aliada de peso na causa. A representante da Uipa disse ter mantido contato com o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), que está acompanhando o caso.

Já o diretor-técnico do CCZ do Crato, José Heldon Menezes Linhares, informa que, atualmente, os cães são eutanasiados com injeção de cloreto de potássio, antecedida por anestesia geral. “Os animais morrem sem dor”, garantiu.

O veterinário reiterou que os animais eram anestesiados antes de serem submetidos à câmara de gás e criticou a comparação do método com a câmara de gás usada pelos nazistas no passado. Linhares explica que o procedimento só continuava sendo adotado no CCZ porque era autorizado, até o último mês de fevereiro, na Resolução 714 do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). Ele cita que, naquela data, uma nova redação foi dada à norma, que continuou com a mesma numeração. O veterinário considera que faltou mais divulgação da nova norma pelo CFMV e pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

FIQUE POR DENTRO

Entidade de defesa dos animais é filiada à ONU

A Oipa, fundada em 1981, é uma ONG filiada ao Departamento de Informação Pública da Organização das Nações Unidas (ONU). Conta com 170 associações em todo o mundo e tem como objetivo, essencialmente, combater a exploração animal, maus-tratos, crueldades etc. A seguir, trecho do manifesto publicado na página da entidade: ´Gostaria de expressar minha grande contrariedade quanto ao terrível fato que está acontecendo na cidade de Crato, cujos cães capturados pelo CCZ da cidade são mortos utilizando-se câmara de gás (...). Os animais têm o direito de viver e não sofrer e deveriam ser sacrificados apenas quando gravemente doentes e incuráveis e, ainda assim, com métodos humanitários que prevêem uma eutanásia indolor´.

ÍCARO JOATHAN
Repórter


Mais informações:
Organização Internacional de Proteção dos Animais (Oipa)
www.oipa.org (inglês)
www.oipaitalia.com (italiano)
e-mail: info@oipa.org

Fonte: Jornal Diário do Nordeste.


Hoje no Olhar