11 setembro 2008

GESTA




O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem..

Guimarães Rosa

Mitos são sonhos públicos,

sonhos são mitos privados.

Joseph Campbell

Era um menino na ingenuidade de seus seis anos. A imagem que lhe feriu os olhos, naquele dia vinte e sete de dezembro, do sequíssimo ano de 1958, lhe permanece ainda hoje indelével nas retinas, passados exatos cinqüenta anos. Um imenso cortejo fúnebre tomava toda a Praça da Sé e a Rua Padre Sucupira, dirigindo-se ao Cemitério Nossa Senhora da Piedade. O menino, atento, observava aquela serpente imensa, saracoteando qual um dragão chinês, composta de figuras tristes, circunspectas, sisudas. Sequer percebeu a gravidade do momento que ia bem além das suas fantasias infantis. Só muito tempo depois, soube que havia testemunhado o enterro de uma das personalidades mais míticas de todo Cariri: o Dr. Gesteira. Ele nos deixava no auge da experiência de vida, com meros cinqüenta anos . Neste tempo de revelação, o menino já havia se tornado médico. Por ironia do destino, adotado a mesma especialidade, Cirurgia Geral, daquele profissional estimado. Ele, prematuramente, naquele dia interrompia uma vida de quase vinte anos dedicados à salvar vidas, aplacar a dor, minorar o sofrimento do povo caririense.

Dr. Antonio José Gesteira nasceu em Recife há exatos cem anos. Formou-se no Rio de Janeiro em 1934. Fez sua especialização em Cirurgia Geral no Rio, no Hospital Hanneman. Trabalhou inicialmente em Terezina, depois em Passos em Minas Gerais e em Belém no Pará, além de Fortaleza . Aportou em Crato em 1940, trazendo consigo os conhecimentos cirúrgicos, até então totalmente desconhecidos no Cariri. Até sua chegada, os caririenses morriam de patologias simples como apendicites, rotura de cistos ovarianos, gangrenas. Começou a trabalhar no Hospital São Francisco, recém inaugurado há apenas quatro anos. Em 1950 desligou-se e fundou a Casa de Saúde Nossa Senhora da Conceição, junto com o Dr. Dalmir Peixoto, hoje ainda vivo e lépido e o Dr. Waldemar Penna que nos deixou ano passado. A Clínica funcionava na Rua Cel Luiz Teixeira, quase defronte à hoje Caixa Econômica Federal. São ainda nebulosos os motivos da saída do Dr. Antonio do Hospital São Francisco, possivelmente ligados a conflitos por espaço no Corpo Clínico.

Dr. Gesteira marcou profundamente a vida cratense nos dezoito anos que conosco permaneceu. Empregou todos os seus conhecimentos médicos e cirúrgicos , atendendo com uma presteza sem par todos os que o procuravam. A Casa de Saúde N. Senhora da Conceição faliu por duas vezes. Terminado seu apostolado entre nós , nada levou, deixou entre todos apenas a saudade que transcendeu gerações e ainda o faz hoje profundamente presente entre nós, tantos anos depois. Não bastasse sua atividade profissional, Dr. Gesteira era um intelectual do mais fino jaez. Poliglota, orador de recursos vastos, comovia e enfeitiçava platéias. Exercia ainda profunda atividade política, ligado a uma ala mais à esquerda da UDN, fizera-se, visionariamente, um anti-getulista fanático. Seus posicionamentos políticos levaram-no inclusive à prisão , tendo sido detido e levado à Fortaleza. Seu retorno ao Crato foi uma verdadeira apoteose, recebido com Banda de Música , por uma multidão de admiradores. Boêmio incorrigível, Dr. Gesteira conviveu com toda uma geração de grandes amantes da noite .

Toda esta trajetória de vida, no entanto, parece pouco para explicar a figura mítica em que Dr. Gesteira terminou por se transformar. Ele é o maior mito de toda a história da medicina caririense. Ainda vivo, comentavam que sua habilidade cirúrgica aumentava consideravelmente quando ele bebia.Seu túmulo é um verdadeiro ponto de oração no Cemitério local. A população faz promessas com ele e atapeta seu jazigo de flores durante todo o ano. Existe ainda um sem número de histórias da atuação do espírito do Dr. Gesteira em curas miraculosas, no âmbito do Hospital São Francisco e da Maternidade do Crato . Pacientes que aguardavam cirurgias e partos foram visitadas por um médico com todas as características do Dr. Antonio e simplesmente curaram, sem precisar de qualquer intervenção neste plano terrestre. Que ínvios caminhos levaram o médico ao mito, ainda consolidado e presente cinqüenta anos depois da sua morte?

Onde acaba o homem e começa o mito? A vida beneditina do Dr. Gesteira certamente contribuiu pra isso. Toda a história de humanismo, de desprendimento e de carinho para com o sofrimento do próximo certamente o tornaram presente na memória dos caririenses. O advento da Cirurgia para o Cariri, trazida por suas habilidosas mãos, o fez muito especial. Seu desaparecimento prematuro, por outro lado, consternou toda a cidade e há de ter contribuído para que sua presença permanecesse tão forte entre nós. Mas , passados tantos anos, desaparecidos muitos dos testemunhas da sua geração, fica difícil entender a permanência prodigiosa do seu nome no inconsciente coletivo caririense. Talvez o que mais contribuiu para tanto tenha sido a dimensão humana do nosso esculápio. Dr. Gesteira tinha suas qualidades e seus defeitos muito à mostra, muito visíveis e isto o tornava profundamente humano. Numa sociedade em que a hipocrisia, o escamoteio, o disfarce e a máscara sempre se mostraram como utensílios de primeira necessidade nas nossas relações, o desnudamento do Dr. Gesteira o tornou um ícone de humanidade. Seu próprio nome indica esta capacidade de gestar, de gerar. Ele provou os dizeres de Campbell de que é entrando dentro do abismo que se descobre os tesouros da vida e que é onde exatamente você tropeça que está escondido este tesouro.


J. Flávio Vieira








Tão Atual - Plano de Saúde TIM TONES - O Pastor

Com a proliferação de inúmeros cultos, seitas, igrejas de toda espécie, nada mais atual do que esse antigo quadro que o Chico Anysio fazia: Tom Tones:

E falando em Corruptos... BlogHumor - Vale a pena ver de novo - Chico Anysio - Dep. Justo veríssimo.

A CORRUPTOCRACIA

( para ouvir corretamente, pare o player da Rádio Chapada do Araripe primeiro na parte cima do Blog do Crato ).




Palco intrumental - João Nicodemos e jair Santos no BNB - Fortaleza,

Palco intrumental

Os músicos João Nicodemos e Jair Santos apresentam o show ´Dois músicos dos instrumentos´, às 12h e 18h30, no Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Floriano Peixoto, 941, Centro). Grátis. (3464.3108).

Texto enviado por Kaika Luiz

O Crato e a UDN - Esboço Histórico - Por: Antonio Morais

Esboço Histórico do Crato.

“Acho que o RANÇO do udenismo encontra-se bastante impregnado na nossa pele e isto é responsável por grande parte do atraso do Crato” frase de sua Excia Dr.Carlos Eduardo Esmeraldo em comentário no Blog do Crato.

(Não sou filiado a nenhum partido político nem tenho domicilio eleitoral no Crato e como tal faço o relato que se segue: )

Após a revolução de 1930, o Dr. Antonio Alencar Araripe organizou a UDN-União Democrática Nacional, no Crato, por orientação do Senador Fernandes Távora. De 1930 a 1935 o Dr. Araripe desempenhou a função de prefeito do Crato com zelo, ética e honradez. A partir de então, se elegeu Deputado para varias legislaturas. Em 1953, seu filho, o jovem advogado Dr. Josio de Alencar Araripe era o líder da bancada da UDN na câmara municipal de Crato. Licenciou-se para exercer o cargo de secretario do então prefeito Dr. Décio Teles Cartaxo, também da UDN. Para a liderança na câmara, no lugar do Dr. Josio, foi indicado o nobre vereador Jose Esmeraldo Pinheiro filiado a UDN. O presidente da câmara municipal era o vereador Jose de Alcântara Vilar eleito pela UDN. O presidente da Assembléia Legislativa do Ceara era o Deputado Filemon Fernandes Teles também da UDN. Não consta em nenhum esboço histórico do Crato que estas ilustres figuras publicas tenham tido conduta que desabonasse as suas venerandas personalidades ou que desonrasse o Crato.

A UDN foi igualmente importante quanto o PSD dos vereadores Wilson Machado, Joaquim de Souza Brasil, Saul Lima Verde, Pedro Alves de Brito, do Prefeito Pedro Felício, do Deputado Kleber Callou e do vice-governador e senador Dr. Wilson Gonçalves.

Todos tiveram o seu valor naqueles tempos em que a ética e a honra nasciam no berço.

Não há registros que estas personalidades ou pessoas ligadas a elas carregassem dinheiro em cuecas. Tanto a UDN quanto o PSD foram extintos no inicio da década de 1960. Como pode 50 anos depois haver qualquer ranço prejudicando o Crato?

O Crato é uma cidade que prima pela tradição. E dificilmente um político vai conseguir seu objetivo chamando os seus vultos históricos de ‘RANÇOSOS’.

Antonio Alves de Morais.

CARIRI - Abaixo-assinado de eleitores está sendo organizado para coibir a eleição de candidato "ficha suja"

Nota: Temporada de Caça aos Corruptos!

"Em uma verdadeira temporada de caça aos corruptos, muito bem-vinda, por sinal, diversas manifestações estão sendo empreendidas para conscientizar a população. Há poucos dias divulgamos aqui no Blog do Crato a criação de um Blog pelo emérito promotor Elder Ximenes, onde dentre outras coisas, é divulgada uma peça teatral para conscientização do eleitorado. Hoje, o Jornal Diário do Nordeste circula com essa matéria sobre as diversas manifestações no Estado do Ceará nesse sentido:"

Audiência pública

Cariri se mobiliza em favor do voto consciente

Clique para Ampliar

Quadra da Igreja do Coração de Jesus, no Crato, contou com cerca de 800 presentes à audiência pública. O evento dá início a uma programação a ser desenvolvida no município, para conscientizar o eleitorado (Foto: Antônio Vicelmo)

Clique para Ampliar

Com a peça “Voto não tem preço, tem conseqüência”, o grupo teatral Lua Cheia percorre cidades do litoral leste disseminando a Campanha Nacional Ficha Limpa

Abaixo-assinado de eleitores está sendo organizado para coibir a eleição de candidato ´ficha suja´

Crato. “A corrupção é a pior coisa que acontece no Brasil. É a mãe de todas as misérias e dificuldades de nosso povo. É o roubo do dinheiro do povo, das crianças, dos idosos, das mulheres. Grande parte desse mal nasce dos maus políticos”. Este foi o tom da audiência pública realizada na quadra da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, bairro do Seminário, no Crato, pelo Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral que, segundo cálculos dos coordenadores do movimento, reuniu cerca de 800 pessoas.

O encontro contou com a presença de alguns candidatos, expondo o sentimento de desconfiança, desprezo e indignação do povo diante de ações dos políticos. O Comitê denuncia a inércia interesseira das oligarquias e de grupos que, de certa forma, contribuem para a não mudança dessa realidade. As reflexões feitas pela juíza eleitoral, Geritsa Montezuma, trouxeram, também, a certeza de que o eleitor deve assumir o papel de cidadão consciente dos seus deveres.

A principal abordagem do Comitê foi o projeto de iniciativa popular, que está sendo proposto pelo Movimento Nacional de Combate à Corrupção Eleitoral, objetivando ampliar as situações de inelegibilidade para candidatos que tenham condenações em quaisquer instâncias motivadas por questões de natureza política ou criminal. Esta iniciativa conta com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e dezenas de outras importantes entidades da sociedade civil. Para viabilizar o projeto deverá ser coletado cerca de 1,5 milhão de assinaturas de eleitores em todo o País.

O representante do Ministério Público, Élder Ximenes, disse que a audiência é o começo de uma série de outros eventos que serão realizados na cidade do Crato, tendo em vista a conscientização do eleitor sobre a importância do voto. Em determinado trecho do seu pronunciamento, o promotor disse. “Hoje o vagabundo pode ser candidato”. A crítica foi recebida com palmas pelo público presente ao evento.

O promotor conclamou a população a apresentar denúncias contra corrupção eleitoral. “Estamos orientando a população que, para realizar uma denúncia, é necessária a apresentação de provas que comprovem a irregularidade eleitoral como fotos, vídeos, áudios, objetos, documentos e testemunhas, pois assim, se comprova a irregularidade denunciada e os envolvidos poderão ser punidos pelo ato”, orienta o representante do Ministério Público.

O Comitê também está promovendo atividades de educação política, por meio de palestras, projeções de audiovisuais, debates e materiais impressos. Tais atividades poderão ser realizadas em escolas, centros comunitários, comunidades religiosas e outras localidades, bem como na própria Estação da Cidadania.

Democracia

O Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral foi inspirado na Lei 9.840, criada em 1999 depois que dezenas de entidades e movimentos da sociedade civil, com o apoio da CNBB, da OAB e da Associação Juízes para a Democracia, organizaram um abaixo-assinado e o apresentaram ao Congresso Nacional.

Com a lei, o candidato que for pego oferecendo dinheiro ou qualquer coisa em troca de voto, terá seu registro ou diplomas cassados, além de pagarem multas. “A decisão de se utilizar esse instrumento tem o objetivo pedagógico de pôr fim à prática de compra de votos, largamente aceita pelo eleitorado. Todo o processo de coleta de assinaturas e a campanha de conscientização sobre o valor do voto mudaram de certa forma, essa cultura”.

ANTÔNIO VICELMO
Repórter


Enquete
Qual a importância do Comitê em seu município?

Álissom da Cruz Sobreira
67 ANOS
Eletricista
'Este evento já devia ter acontecido há muito tempo. É votando que a gente aprende a escolher os candidatos certos.'

Avelar Valentim Guedes
57 ANOS
Motorista
'O Comitê está conscientizando as pessoas sobre o valor do voto. Tem gente que faz demagogia política até com religião.'

SAIBA MAIS

Corrupção

De acordo com a cartilha distribuída pelo Comitê, todo político corrupto e de modo particular, quando ele é prefeito, deixa marcas de corrupção. Lembre-se como era o prefeito antes de assumir o cargo. Se ele morava numa casa modesta e hoje mora num casarão. Se ele tinha um carrinho e hoje anda num carrão luxuoso e até importado. Se ele não tinha propriedades e hoje tem sítios, chácaras e até fazendas. Se antes ele tinha dificuldade de custear as suas próprias despesas e hoje vive dando festas, pagando despesas.

Enriquecimento

A cartilha chama a atenção também para o enriquecimento dos parentes do prefeito. De um momento para o outro, eles aparecem com mansões, piscinas, filhos estudando em colégios caros. Todo prefeito corrupto, segundo a cartilha, adora empregar seus parentes na prefeitura. O secretário de Finanças ou o tesoureiro é geralmente um parente do prefeito. O corrupto adora promover grandes festas e eventos com o dinheiro público e do povo.

Legislativo

As críticas são extensivas também às Câmaras Municipais. A cartilha adverte que freqüentemente o prefeito desonesto compra a maioria dos vereadores. Um ou outro lhe faz oposição. E assim mesmo o prefeito fica passando a idéia para o povo de que aquele vereador é doido, é radical, tem problemas pessoais contra ele.

Mais informações:
Pároco Francisco Edimilson Neves Ferreira
(88) 3523.8698
Fórum Hermes Parayba
(88) 3523.3336

Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

Mateus, um exemplo de vida e solidariedade para o mundo !

.


Há pessoas passam pela vida e em sua curta estada aqui na terra, nos deixam com seu rastro, um exemplo de vida, um exemplo de que devemos continuar sempre, apesar das grandes adversidades que esta nos oferece a cada dia que passa.

Assim foi o pequeno Mateus.
Há exatamente 1 ano partiste, ó pequenino!
Tua vida aqui na terra teve o fulgor de uma estrela cadente que por um breve momento iluminou o coração dos homens com alegria, esperança e fé.
Em sua breve passagem por aqui, nos ensinaste bem mais sobre a vida e arte do viver, do que os muitos livros de eminentes filósofos.

Que tua estada para junto do pai celestial possa ser coroada dos méritos que alcançaste aqui na terra, movendo-nos pela sua compaixão, pelo seu carinho e por seu exemplo. Não vieste em vão! Não! Alguns podem pensar que pela fatalidade do destino cruel, foste arrebatado tão cedo de nossas mãos e daqueles que muito te amam, mas na verdade, vieste em missão divina, para cumprir uma grande missão e deixar uma lição aos desesperançados:uma lição de que apesar de todos os conflitos, de todas as dificuldades, as adversidades desta vida, jamais devemos desistir.
Devemos lutar e seguir teu exemplo de luta e de conquistas. Teu maior mérito foi reunir tudo e todos, centrados num único propósito de ensinar aos homens que o caminho da solidariedade é o único caminho possível para a paz, a verdadeira paz que todos os povos tanto desejam. E assim, com o exemplo de uma vida curta, porém brilhante, ensinaste a maior de todas as lições ao ser humano: Que devemos ser humildes, que somos muito pouco ante a grandeza do universo, portanto, nenhuma arrogância deveria ser aceita, e que o amor, a caridade e a esperança são verdadeiramente o único legado que alguém nesta terra poderá vir a compartilhar com os seus semelhantes e deixar para a posteridade.

Pequenino Mateus, nós agradecemos ao criador por ter nos enviado a tua luz, e que essa luz brilhe sempre no coração de todos nós como exemplo vivo de solidariedade e de paz para todos.

Mônica Araripe.
( por ocasião de aniversário de 1 ano da passagem do pequeno Mateus - 10/09/2008 )

.