09 agosto 2008

Feliz Dia dos Pais - Por: Antonio Morais

Há muitos pais que, a miúde, trazem mimos para o filho. Chegam até a se gabar disso, considerando-se ótimos chefes de familia. Assim vão incutindo na criação uma ideia errada e perniciosa, porque, vendo esta que as outras são tratadas de modo diverso, se julga diferente, superior e com direito de maiores atenções. Procure evitar que seu filho se julgue superior aos outros, não o cercando de atenções e cuidados excessivos e inuteis.

Feliz dia dos PAIS.

Antonio Morais

Feliz Dia dos Pais - Mônica Araripe


Orgulho do Meu Pai

Um Pai dá conselho e encorajamento quando a gente precisa.
Um Pai que se importa com as coisas que são importantes para a gente.
Um Pai fica feliz com o nosso
sucesso e felicidade, a vida inteira.
Eu agradeço PAI,
pelos abraços,
risos,
e momentos especiais a cada dia.
Por todas as maneiras com que você demonstrou o quanto amava e se importava.
Por sua paciência e seu humor.
Por tudo o que você sempre fez.
Eu tenho muito orgulho e sou muito feliz por ter...
UM PAI COMO VOCÊ!!
Feliz Dia dos Pais!

Nota:

Prezada amiga Mônica, aqui também quero reverenciar a figura emblemática que é a do seu Pai, José Elder França, ( Dedé de Zeba ), um dos grandes poetas desta terra sem memória. E prestar aqui uma singela mas sincera homenagem a este grande homem, que sempre honrou e honra a cultura genuinamente Cratense.

Um grande abraço,
Parabéns pelo seu Pai.

Dihelson Mendonça

Rádio Chapada do Araripe - Música de Qualidade !

.

3 anos no ar, trazendo o melhor da MPB e Instrumental Brasil

Agora em mais de 30 websites.

ARAUJO-SAT - Empresa com serviços recomendados pelo Blog do Crato.

O Blog do Crato tem o prazer de anunciar os bons serviços prestados por uma das empresas parceiras:



.

Luar do Sertão - Heládio Duarte

Olá, Amigos,

Algumas pessoas estão a me enviar fotos do Crato e da região para serem publicadas aqui no Blog do Crato, o que faço com todo prazer. Hoje estamos trazendo um material produzido pelo Heládio Duarte. Amanhã publicaremos outras fotos enviadas por Amilton Silva.





Fotos: Heládio Duarte
.

A EMPRESA IDEOLÓGICA UNIVERSITÁRIA PÚBLICA (II)

A QUEDA DE FLORA NO DUELO COM DONATELA

Dizem os especialistas que a novela copia a vida social. Na novela da TV GLOBO a vilã-mocinha FLORA usou toda a astúcia para esconder sua personalidade obsessiva e doentia. E fez assim por muito tempo até que a verdade se cansou da trama e mostrou sua face mentirosa: FLORA foi “desmascarada”, mas não foi destituída de seu poder maquiavélico. Nas empresas ideológicas universitárias ocorre de encontrarmos indivíduos que no afã de alcançar o poder a qualquer custo faz de tudo – tudo mesmo! – para mudar a realidade a seu favor como FLORA tenta inconscientemente fazer. E assim o primeiro passo é esconderem as suas verdadeiras intenções e personalidades maquiavélicas para garantirem a supremacia de um dia poderem mandar e planejar soberanamente a propagação das suas ideologias imorais e obsessivas. O intuito desses indivíduos é propagar e buscar novas adesões para fortalecerem seus desequilíbrios psíquicos. E muitos acabam também entrando (como soldados ideológicos!) nessa guerra maquiavélica planejada, pois desprovidos de sensibilidade mais refinada acreditam que a realidade do “mal” se encontra na resistência do outro em não aceitar ou acatar suas mensagens carregadas de retóricas. E de mentira em mentira FLORA vai envolvendo a – quase! – todos, e da mesma forma as personalidades maquiavélicas tramam criar uma realidade contra a própria realidade dos fatos. E assim, chocam-se duas realidades a de FLORA “maquiavélica” e a própria realidade dos acontecimentos. Duas energias combatem entre si para instituírem a verdade “inquestionável” no campo das possibilidades infinitas da natureza criadora. E quem é esse personagem? Que papel ele exerce na vida social? É a vida inconsciente na trama de se revelar e se garantir de poder porque necessita sobreviver na aparência ilusória de ser sem ser de verdade. Nas empresas ideológicas universitárias o personagem de FLORA está numa luta perdida contra si mesmo, contra a verdade das forças criadoras (que não é de esquerda ou de direita) da vida e da paz. E todos aqueles que inventam e incentivam a luta contra a paz encontram a guerra da morte na derrota e humilhação do ego. Logo cedo amargam o poder dos fatos e assim sucumbem na SOMBRA de suas próprias mentiras e ilusões – seus amigos se transformam em inimigos, seus valores se transformam em pó, seus ideais acabam caindo no abismo profundo da decepção e por causa disso perdem a sabedoria e a força interior que está latente no próprio Espírito da Verdade, da Paz e do Amor!

No dia seguinte muitos festejarão com alegria a queda e solidão de FLORA!

Prof. Bernardo Melgaço da Silva

Nota:
( Telefone não divulgado para que o autor tenha paz. Uma das coisas mais erradas que alguém pode fazer é divulgar seu telefone e e-mail na internet. É atrair trotes, bandidos e armadilhas. )

A Última Vítima do Caldeirão - Por: Antonio Morais

Depois de percorrer algumas propriedades do Cariri, morando de favor, o beato Jose Lourenço assentou-se na fazenda Caldeirão no Municipio do Crato, imovel este que pertencia ao Padre Cicero. Antes do seu estabelecimento definitivo, ele já comandava uma legião de trabalhadores temporaneos, que lhe obedeciam e seguiam seus passos fanaticamente. Se algum fazendeiro estava em dificuldades para limpar um grande roçado, solicitava seus prestimos e ele lá comparecia com cinquenta, cem ou duzentos homens; o serviço era feito em horas ou em poucos dias. O pagamento ficava a criterio do beneficiado; um boi, um cavalo, sacos de milho, feijão, rapaduras, etc, ou simplesmente um muito obrigado. O rateio das doações era feito entre todos. E assim, quando o beato foi morar naquele lugar já levava um "regimento". As terras que não produziam nada viraram uma Canaã.

O Poder publico da epoca, ainda não acreditava no que o beato apoistou: parceria, mutirão, irrigação, obediencia e trabalho. Ficou enciumado com o sucesso da comunidade e haja perseguição, ate que veio a ordem para a destruição do "assentamento". Comandando uma fração de tropa vinha da Capital um jovem oficial, já conhecido no meio policial pelo seu carater violento e inata malvadeza. Tenente João Inacio de Vinhas. Antes de deflagrarem a ação, os comandantes maiores falando a tropa, fizeram ver aos futuros combatentes. que apesar de ser uma guerra, no campo de batalha eles iriam encontrar mulheres e crianças, que deveriam ser respeitadas ao maximo.

Depois do bombardeio, a infantaria avança e o tenente Inacio a frente do seu pelotão ficou cego. Matava homem, mulher, menino, porco, galinha e de resto ateava fogo nos casebres. A carnificina foi grande. Quase no final da refrega, sai de uma toca uma mulher arrastando uma criança; a arma do oficial funcionou: matou a criança e feriu a mulher. Nisso o marido aparece intercedendo pela esposa, mas Inacio assegura que vai acabar com o sofrimento dele e dela.

-Seu policia, mate-me, mas deixe ela viver para criar os outros tres inocentes !
-Que nada jagunço safado, vai ela e voce tambem !
-Se é assim homem, pode matar-nos, mas fique sabendo que no dia de sua maior agonia, voce chorará pelos seus e pelos meus.
-Dois tiros ecoaram nas quebradas da Chapada do Araripe.

Quarenta anos se passaram. O já Coronel Inacio estava deitado na sua rede no alpendre aproveitando a brisa, quando foi rendido por dois marginais. Ainda esboçou resistencia, tentando pegar seu revolver em cima de um tamborete, mas foi dominado, sendo obrigado a entrar na residencia, vê tambem serem rendidas a filha e a neta. Imobilizado, o velho militar assistiu ao estrupo de ambas; enquanto desesperado enchia-se de raiva, lembrou-se do episodio do Caldeirão e chorou copiosamente pelos dois fatos. O Coronel entrou em depressão morrendo dias depois e, como todos os que participaram daquela matança, até aquele dia já haviam morrido de maneira misteriosa ou tragica, acreditamos que o Cel Inacio foi a ULTIMA VITIMA DO CALDEIRÃO.

Cel. Ronald Brito.
Do Livro Um Esto Regional.


Texto enviado por Antonio Morais
.

A Cia. Taba de Pirulito (Músicas Infantis) Abrirá o Festival dia dos Pais.


A Cia. Taba de Pirulito(Músicas Infantis) Abrirá o Festival dia dos Pais e em seguida
Alcy Ventura
Dadinho do Crato
Antonio Marcos
Rock Thordon
Grupo Musical MP4
Animarão a festa
Domingo dia 10/08/2008 a partir do meio dia.
No Balneario Moreira Cruz noi Multirão - Crato
Com sorteio de brindes entre uma atração e outra
Promoção: Puan Belo Produções.


Divulgação: Blog do Crato
.

APA do Araripe - Conselho preservará meio ambiente no Cariri

Clique para Ampliar

Na solenidade de posse do Conselho foi realizada, esta semana, no Hotel Encosta da Serra e contou com a presença de diversas entidades (Foto: Antônio Vicelmo)

O presidente do Conselho Consultivo da Área de Proteção Ambiental do Araripe é o geólogo Jackson Antero

Crato. Empossado o Conselho Consultivo da Área de Proteção Ambiental do Araripe que tem como presidente o geólogo Jackson Antero, chefe da Unidade de Conservação. A finalidade do Conselho é proporcionar a interação entre os diversos atores do município envolvidos com o meio ambiente o que é, para Jackson, “um grande passo para o fortalecimento de suas relações”.

Ele destaca que o “Conselho tem como objetivo desenvolver, incentivar, coordenar, executar e administrar a realização de projetos que objetivem a conservação e a preservação do meio ambiente, bem como elaborar programas de conscientização ecológica das populações que fazem parte da APA”.

Na solenidade de posse, estiveram presente representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); do Ibama; dos governadores dos três Estados que fazem parte da APA — Ceará, Pernambuco e Piauí; prefeitos e secretários de meio ambiente e agricultura; as organizações não governamentais, associações, sindicatos rurais, entidades de classes e órgãos públicos dos 38 municípios da área da APA Araripe.

Além da preservação do meio ambiente, o conselho pretende incentivar a cultura regional. O exemplo foi dado na solenidade de posse, com a valorização dos artistas da terra, dentre os quais, João do Crato, Abidoral Jamacaru e Tony Bonequeiro que promoveram shows para os presentes. Ainda foram homenageadas pessoas que contribuíram para a preservação do meio ambiente.

Fiscalização

Esta semana foi anunciado o Decreto nº 6.514, de 22 de julho de 2008, publicado no Diário Oficial da União, que regulamenta a aplicação das multas e penalidades administrativas e penais dos crimes praticados contra o meio ambiente. No artigo 47, o decreto estabelece: “Receber ou adquirir para fins comerciais ou industriais madeira serrada ou em tora, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se de via que deverá acompanhar o produto até o final beneficiamento: multa de R$ 300,00 por unidades, estéreo, quilo, mdc ou metro cúbico aferido pelo método geométrico”.

A chefia da APA Chapada do Araripe adverte que: “quem transportar, vender ou guardar em depósito qualquer quantidades de carvão vegetal, bem como quaisquer outros produtos florestais sem a devida licença ambiental, está passível de autuações administrativas e também criminais”.

APA do Araripe

A Área de Proteção Ambiental do Araripe (APA-Araripe) foi criada pelo decreto s/n de 4.8.1997, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. Possui uma área de 1.063.000ha e um perímetro de 2.658,55km. Está localizada na biorregião do Complexo do Araripe, nos Estados do Ceará, Pernambuco e Piauí, abrangendo os municípios de Missão Velha, Abaiara, Brejo Santo, Porteira, Jardim, Jati, Pena Forte, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Santana do Cariri, Araripe, Potengi, Campos Sales, Salitre, no Ceará; Araripina, Trindade, Ouricuri, Ipubi, Exu, Santa Cruz, Bodocó, Cedro, Moreiândia, Granito, Serrita, em Pernambuco; e Fronteira, Padre Marcos, Simões, Paulistana, Pio IX, Caldeirão Grande, Curral Novo, no Estado do Piauí.

Mais informações:
Ibama
Pc. Joaquim Fernandes Teles, 10, Pimenta - Crato
(88) 3521.1529/ (88) 3521.1529/ (88) 3521.5138/ (88) 3523.1999

Fonte: Jornal Diário do Nordeste.