15 julho 2008

Programação ExpoCrato - Todo ano, a mesma M....

Uma programação para imbecis, celerados, ou gente da mais baixa cultura é o que os organizadores da ExpoCrato deste ano ( como em todos os anos ) pretende enfiar de goela abaixo aos frequentadores daquele evento. Uma verdadeira VERGONHA e um insulto à inteligência humana. Essa é a prova do descaso cultural, do império da banalidade, da cultura que não vai além do intelecto de um mototaxista mediano. A prova de que a indústria pornofonográfica gerenciada pelo Cartel dos proprietários das bandas de Forró eletrônico em Conluio com as estações de rádio, formaram a maior rede pornográfica e de afundamento da arte e da cultura no nosso país. Essa "INDÚSTRIA DO MAL" que se perpetua a cada dia lançando novos "Monstros" que surgem para promover a esculhambação da sociedade, a promoção do alcoolismo e da vulgarização da mulher, avança em todos os confins, já que não há nenhuma política cultural de resgate, de educação do povo. As estão reféns de um monopólio instituído por redes de Forró via Satélite, JABÁS de estações que não conseguem produzir seus próprios programas e passam a retransmitir as porcarias da periferia de Fortaleza.

Aonde iremos parar com tamanha prostituição musical ?
Aonde iremos parar, se ao povo foi negado o direito a conhecer outras coisas, e só é dado a conhecer as letras que falam em Raparigueiro, Cachaça e gente IDIOTA ?
Até quando as autoridades serão CONIVENTES com o Crime Organizado perpetrado pelo Cartel do Forró que macula a mente das pobres crianças que já sem nenhum futuro, proliferam nas periferias absorvendo valores deturpados pregados por esses criminosos que se dizem cantores de forró ?

E até quando aqui no Crato, nós pessoas que ainda pensam, teremos que aturar ver nossa sociedade ser destruída por esses criminosos que trazem essas DESATRAÇÕES para nossa festa maior ?

Graças damos ao Pernambuco e à Paraíba, que recentemente, PROIBIRAM as bandas de Forró eletrônico e a chamada "Putaria Music" nos festejos de Caruaru. Parabéns! É uma grande vitória. Aliás, reproduzimos aqui, a programação do Festival de Inverno de Garanhuns. Reparem só a diferença da programação de Garanhuns - Pernambuco para a Exposição do Crato, que é uma vergonha!


Programação do Festival de Inverno de Garanhuns 2009

16/07 – Quinta-feira

Quinteto Violado
Maria Rita

17/07 – Sexta-feira

Lenine

18/07 – Sábado

Rita Lee

19/07 – Domingo

Morais Moreira

20/07 – Segunda-feira

Odair José

21/07 – Terça-feira

Wanderléa

22/07 – Quarta-feira

A confirmar

23/07 – Quinta-feira

Nação Zumbi

24/07 – Sexta-feira

O Rappa

25/07 – Sábado

Zeca Pagodinho


AGORA VAMOS COMPARAR ??

Programação da Expocrato 2009

12/07 – Domingo

Amado Batista
Caninana do Forró

13/07 – Segunda-Feira

Parangolé
Waldonys
Stefanie Pontes

14/07 Terça-Feira

CPM22
Biquíni Cavadão
Red Still

15/07 – Quarta-Feira

Calypso
Forró do Muído
Geraldinho Lins
Forró na Tora

16/07 – Quinta-Feira

Chiclete com Banana “DE NOVO?”
Saia Rodada
Forró do Bom “KKKKKK”

17/07 – Sexta-Feira

Aviões do Forró “PUTS”
Jammil
Solteirões do Forró “EXISTE ATÉ ESSE?”

18/07 – Sábado

Banda Eva
Garota Safada “ESSA DEVERIA TER SIDO NO DIA DE SOLTEIRÕES”
Arreio de Ouro
Ala Ursa

19/07 – Domingo

Vítor e Léo
Bichinha Arrumada “KKKKK”
Capim Cubano
Nechville

“A PROGRAMAÇÃO A CADA ANO SE SUPERA!”

www.expocrato.info

Crato - Foto do dia - Paisagem Rural

Seção Clique para Ampliar:



Uma foto simples dos arredores do Crato, mais precisamente na rodovia que dá acesso à cidade de Farias Brito. Detalhes só são vistos quando ampliar. Clique na foto para ampliar.

Foto: Dihelson Mendonça

CRATO - Casa de Saúde Santa Teresa corre risco de Fechar

Familiares temem fechamento de unidade


Todos os meses, a dona-de-casa Teresinha de Jesus da Silva procura a Casa de Saúde Santa Tereza, no município do Crato para o atendimento de seu filho que é portador de doença mental. É lá que ela procura ajuda nos períodos em que o jovem se torna agressivo por causa dos transtornos mentais.

Como Terezinha, muitas outras pessoas da região do Cariri e estados vizinhos (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí) só têm aquela unidade de saúde para buscar atendimento psiquiátrico. E, com a lei antimanicomial, que impede o aumento de leitos para internamentos a fim de que o paciente seja tratado no convívio familiar, muitos temem pelo fechamento da Casa de Saúde. A nova legislação federal determina o atendimento nos Centros de Atendimento Psicossociais (Caps) e pelas equipes do Programa Saúde da Família (PSF).

Dona Teresinha não aceita a nova lei e diz que, nos casos como o do seu filho, que chega a ficar agressivo, é preciso internar e o Caps não dispõe de leitos. "Só atende durante o dia. E muitas vezes não consigo manter o meu filho calmo", reclama. Não sei como vai ser se a Casa de Saúde do Crato fechar". Dona Teresinha e o filho moram no município de Milagres, também na região do Cariri.

A Casa de Saúde, que disponibilizou cerca de 300 leitos, atualmente só tem 172 leitos para atender a toda a demanda do Cariri e estados vizinhos. Cerca de duas a três mil pessoas sofrem de problemas mentais na região, de acordo com o médico psiquiátrico Maurício Almeida Filho. Ele diz ser necessário manter a unidade de saúde para não prejudicar o atendimento desses paciente.

Mas a diminuição do número de leitos não significa que a unidade vá fechar as portas, segundo a coordenadora de auditoria da Secretaria municipal da Saúde, Sayonara Moura de Oliveira Cidade. Lembra que a lei antimanicomial, sancionando há sete anos, prevê a diminuição dos leitos nessas unidades para que se ofereçam outros meios de tratamento que não seja a internação hospitalar.

"Não se prevê o fechamento da unidade, só a redução gradativa dos leitos, como está ocorrendo em todo o País segundo a nova política nacional da psiquiatria. No entanto, o percentual de leitos que for diminuindo, vai aumentando a oferta no hospital-dia", explica Sayonara. O doente passa o dia na Casa de Saúde e vai dormir em casa para o contato maior com a família. Quanto ao atendimento dos pacientes de outros estados, como Pernambuco, por exemplo, ela diz que está sendo firmado um pacto com o governo daquele estado para a cobertura das despesas hospitalares. (Colaborou Amaury Alencar)

HISTÓRIA

Fundada em 21 de junho de 1970, a Casa de Saúde Santa Tereza possui um arquivo com sete mil prontuários de pacientes que compõem a história da psiquiatria no Ceará. Muitos serviram para julgamentos de crimes da região. A unidade de saúde também funciona como um hospital-escola para os estudantes de medicina e enfermagem das faculdades do Cariri.

"Não dá para a Região do Cariri ficar sem essa Casa de Saúde porque aumentaria o sofrimento dos pacientes", diz Maurício Almeida Filho. Atualmente, no Crato, funciona um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps) para adultos com um projeto de que seja ampliado, de acordo com Sayonara Cidade. Ela diz que está em projetos, a inauguração de um Caps Infantil.

SAIBA MAIS

A Lei Antimanicomial nº 10.216, de 6 de abril de 2001, propõe a substituição de hospitais psiquiátricos com características de asilo por uma assistência alternativa. A lei também impede o aumento de leitos hospitalares nesses estabelecimentos para que a sociedade ofereça outros meios de tratamento que não a internação hospitalar.

Fonte: Jornal "O Povo"
.

Trem do Cariri também só funcionará em 2009 - Por Antonio Vicelmo

Cariri

Clique para Ampliar

O trem, que fará a ligação entre os municípios de Crato e Juazeiro do Norte, está com novas cores. O amarelo foi substituído pelo verde (Foto: Antônio Vicelmo)

Atualmente, está sendo cumprida a 2ª etapa que é a construção das nove estações no Crato e Juazeiro do Norte

Crato. Foi adiado mais uma vez o início da operação do trem do Cariri. A expectativa, agora, é de que o trem comece a funcionar no início do próximo ano. Antes, a previsão era para julho de 2008. Está sendo reapresentado ao Cariri o trem que fará a ligação entre Crato e Juazeiro do Norte com novas cores. O amarelo foi substituído pelo verde. O diretor da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), Clóvis Picanço, informou que os quatro vagões já estão praticamente prontos. Faltam somente alguns detalhes. Está sendo cumprida a segunda etapa, que é a construção das nove estações no Crato e em Juazeiro.

Inicialmente, a frota será formada por duas composições, do tipo VLT com capacidade para transportar até 330 passageiros por composição, que serão formadas por dois carros climatizados com um sistema de ar-condicionado. A velocidade operacional será de 60km/h e a tração será a diesel hidráulica mecânica. Dois destes vagões já estão rodando, em fase experimental, na linha entre Crato e o distrito de Muriti, onde será construída a oficina de manutenção. Os outros dois vagões se encontram em fase de acabamento na fábrica Bom Sinal Indústria e Comércio Ltda, no município de Barbalha.

O projeto original incluía Missão Velha, Juazeiro e Crato. O projeto de viabilidade demonstrou que a extensão até Missão Velha aumentaria os custos em mais de R$ 20 milhões. “No projeto de ampliação, Barbalha será incluído”, garantiu o diretor-presidente do Metrofor, Rômulo Fortes.

O chamado triângulo Crajubar, formado por Crato, Juazeiro e Barbalha, possui uma população de 363.810 habitantes, em sua maioria vivendo em áreas urbanas. No entanto, nas épocas de festas e férias, a população flutuante sobe para mais de um milhão.

Ao apresentar estes números, o diretor-presidente do Metrofor cita ainda a forte ligação histórica com o transporte ferroviário de passageiros, existente até o fim dos anos 80 e o crescente processo de urbanização. Outra justificativa para execução do projeto, segundo Rômulo, é o turismo regional.

No fim de 2006, o então governador do Ceará, Lúcio Alcântara, anunciou a construção do Trem do Cariri. A inauguração estava prevista para fevereiro de 2007, porém em janeiro as obras foram paralisadas em virtude da mudança do governador do Estado, somente sendo retomadas em junho de 2007. A nova previsão para a entrega das composições foi adiada para julho de 2008. Sua implantação exigiu a remodelação de 13,6 km de malha ferroviária existente, recuperando a via permanente e retificando seu traçado para que as composições possam atingir maior velocidade entre as estações.

Em Juazeiro, serão construídas cinco estações e no Crato mais quatro. Os veículos deste sistema possuirão a velocidade máxima de 80 km/h e trafegarão a uma velocidade média de 60 km/h. As composições são movidas a óleo diesel.

Antônio Vicelmo
Repórter

Mais informações:
Metrofor
(85) 3101.4739
(85) 3101.7100
Rua João Moreira, 543, Centro - Fortaleza

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Outras fotos da ExpoCrato - Por Amilton Silva

Recebemos estas fotos do nosso editor de esportes, Amilton Silva, que esteve lá pela expocrato e registrou essas imagens, que repassamos para vocês:





Fotos: Amilton Silva

A Crise Política do Crato como Crise do Povo

Por: João Ludgero
Geógrafo.


Quem acompanhou nossas postagens no início neste Blog, sabe que as principais temáticas abordadas eram feitas de um ponto de vista político e realmente tudo na nossa vida acaba por ser político. Contudo, vivemos numa região onde os políticos de carreira transformaram a política em algo sujo e desprezível para a maioria dos cidadãos comuns. Tenho que confessar que cada vez ando mais farto de ouvir falar na incompetência dos nossos vereadores sem que nada seja resolvido... de ouvir falar de crise econômica para justificar os ataques aos míseros salários de quem trabalha e ver as listas das remunerações gordas dos políticos que não trabalham... No momento em que a sociedade cratense se organiza para escolher seus futuros representantes no poder executivo e legislativo, como sua destruição, ou como compreensão de sua necessidade para a vida humana, modifica-se a consciência do eleitor, mesmo sem muita escolha. É bem verdade que não se pode continuar a viver com os valores que recebemos do passado, porque eles já não dão resposta aos problemas do presente.

O cratense hoje é uma massa composta de povos que se relacionam, mas não formam uma sociedade. A política atual do Crato é, então, uma política em crise e, por isso, na consciência, uma política da crise. Há por isso, uma crise no povo, na medida em que ele não sabe em quem votar, pois repito as escolhas são poucas, e ele fica em dúvida, votar em quem: NADA FEZ, EM QUEM NÃO FEZ NADA, E EM QUEM NADA VAI FAZER, pelo menos para o POVO, pois para alguns eles foram e são maravilhosos! No entanto, é preciso estimular, arriscar ou tentar a aventura de conquistar o espaço novo! Sabemos, que não é nada fácil, pois o espaço novo está encoberto pela poluição da consciência incompleta, que se põe como medo do futuro, que ainda não conhece. O desinteresse do cratense pode ser explicado pela desmoralização dos legislativos municipais, Estaduais e do Congresso Nacional. Obviamente, devem ser respeitadas as proporções, uma vez que há gente correta e honesta. O abuso de poder, mordomias, politiquice e incapacidade moral e intelectual por parte da maioria absoluta daqueles que representam o poder legislativo. A desmoralização dos legislativos está a pedir mudanças profundas. Os governos têm preservado as imoralidades políticas. Mas, é possível mudar? Acredito que sim. Por isso conclamamos para num futuro próximo, que todos os homens e mulheres de bem, que se indiguinam com a falta de bons políticos e pricipalmente se revoltam com as práticas políticas destes fascínoras, corruptos e incompetentes, que se filiem em qualquer partido e lutem para que os mesmos sejam espelidos como fezes e venenos do convívio político da sociedade cratense.

Não esqueçamos:
Lugar de LADRÃO é na cadeia!
Lugar de ANALFABETO é na escola!
Lugar de homens e mulheres de BEM é na política, ajudando a melhorar a vida de TODOS que fazem o Crato!

João Ludgero – Geógrafo
Especialista em Geopolítica e Direito Ambiental
profludgero@hotmail.com