07 maio 2008

Destruição do Patrimônio Histórico em Quixadá

Recebi ontem, 06 de maio de 2008, este e-mail do historiador e amigo Altemar Muniz, professor do Curso de História da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central - FECLESC, unidade da nossa querida Universidade Estadual do Ceará. Como pode-se observar ele denuncia um crime contra a memória e a história do município de Quixadá e do nosso estado. Vamos apoiar a luta da sociedade quixadaense, e ficar de olho, pois no nosso querido Cariri, vez em quando ou constantemente, ocorrem crimes dessa natureza: a destruição da memória material e imaterial do nosso povo.

Océlio

Dia 19 de abril, um empresário de Quixadá demoliu a casa do agente da RFFSA, edificado em 1891,dois dias depois de ter comprado do antigo dono que arrematou o terreno num leilão em 2004. Ele demoliu num sábado do feriadão e retirou o entulho na manhã seguinte. Um claro ato de criar um fato consumado.

Fizemos uma manifestação de protesto, no dia 24 de abril. Saiu uma matéria no Diário do Nordeste ontem. Veja no link: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=534507

Divulgamos também uma nota, que estou enviando prá vc ler, abaixo.Na próxima quarta-feira, dia 07 de maio, às 19:00 na sede do Centro Antônio Conselheiro, haverá uma reunião prá formar um grupo que visará desenvolver uma série de ações que estão na nota.

Abraços
Altemar Muniz

NOTA DE PROTESTO PELA DEMOLIÇÃO DA CASA DO AGENTE DA RFFSA

Caros quixadaenses:

Dia 19 de abril de 2008, será lembrado como uma data triste para a História de Quixadá. Neste dia um trator demoliu a casa do agente da RFFSA, que foi construída em 1891. Em nome do "progresso", foi destruída uma edificação que fazia parte da paisagem urbana da cidade, para dar lugar a um novo prédio comercial.

Mesmo abandonado e em estado de depreciação, o imóvel fazia parte de um projeto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), de revitalização da área, juntamente com os prédios do armazém e da estação. Algo de conhecimento de toda a população, revestindo a ação de uma condição ainda mais grave e suspeita.

Ações como essas merecem e devem ser repudiadas por pessoas e entidades que compreendem a importância da preservação do patrimônio natural, histórico, artístico e cultural de uma cidade.De nada adiantará o desenvolvimento econômico, se o preço for a destruição dos objetos, imóveis e costumes de nosso passado.

Será triste e patética a modernidade que aspiramos, se ela imitar outros modos de vida, ocultando nossas origens e cultura. Algo como um cearense tentando imitar o sotaque paulista ou carioca para parecer melhor aos olhos dos outros. Teremos um futuro obscuro se pleitearmos a universalidade, esquecendo de cantar a nossa aldeia, a nossa cidade e seu povo.

Portanto, as entidades e pessoas abaixo-assinadas querem expressar seu protesto contra este crime histórico e fazer as seguintes reivindicações:

a) Imediata abertura de investigação, por parte do IPHAN, para apurar responsabilidades e tomar medidas judiciais cabíveis que evitem outras ações danosas ao patrimônio de Quixadá;

b) Início imediato das obras de revitalização e uso social do Armazém e da Estação da RFFSA, por parte do Governo Federal e do IPHAN;

c) Início das obras de revitalização do Açude do Cedro, por parte do Governo Federal, IPHAN e DNOCS;

d) Formação de um grupo de trabalho, com representantes da sociedade civil, para um imediato levantamento dos prédios e bens naturais que devam ser tombados pela Prefeitura Municipal de Quixadá;

e) Realização imediata de um seminário sobre Ação Educativa Patrimonial para os professores da rede municipal e estadual de Quixadá, por parte da Secretaria Municipal de Educação e da CREDE-12, com a assessoria do curso de História da FECLESC/UECE.

Todas essas reivindicações, entretanto, serão inócuas se a sociedade civil não se organizar para vigiar e pressionar os agentes públicos a cumprirem com suas obrigações.

Quixadá, 24 de abril de 2008.

Assinam:SINDSEP; CENTRO ANTÔNIO CONSELHEIRO; FECLESC; ASSOCIAÇÃO DE FAMILIARES E AMIGOS DE QUIXADÁ; INSTITUTO DE CONVIVÊNCIA COM O SEMI-ÁRIDO; ASSOCIAÇÃO DE TEATRO AMADOR DE QUIXADÁ; ASSOCIAÇÃO DE CINEMA E VÍDEO DE QUIXADÁ; UNITACE; CREA-CE; ASSOCIAÇÃO DE MÚSICOS DO SERTÃO CENTRAL, SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS; UMES; REDE DE ASSISTÊNCIA CEGO ADERALDO (RACA).

A NEGAÇÃO DOS RENEGADOS

Os travestis que investiram no futuro de Ronaldo Fenômeno deram de ré. Negaram o sexo burlesco. Negaram a transgressão torpe das drogas. Traíram a confiança de parte significativa da imprensa, que, abandonada, reclama sorrateiramente seus direitos ao pé do altar. Parte do folhetim foi rasgada em público, numa delegacia obscura, sem cerimônia ou aparatos teológicos da consumação do pecado, mas com doses ambíguas de arrependimento. A ambigüidade é propriedade deles, mas não o livre arbítrio de retornar dos infernos, feito um Dante taciturno. Eles não podiam fazer isso, eles não tinham o direito de dizimar o escárnio público de uma celebridade tão doce, tão inocente, tão sem classe e tradição como é Ronaldo, o Fenômeno.

E agora? Como é que fica o direito sagrado dos moralistas execrarem os decadentes da carne? O que fazer com as peças de acusação dos advogados idôneos que freqüentam ambientes chiques e são limpos em seus atos corruptos, mas que morrem de inveja de Ronaldo, que não estudou e nunca comprou uma monografia sequer para se formar, mas que ganha absurdamente mais do que qualquer profissional liberal? Agora os professores não poderão mais usar o caso em sala de aula, apontando com seus dedos rígidos de socialismos mumificados as anomalias e monstruosidades do capitalismo selvagem. Momentaneamente eles tiveram as camisinhas furadas em pleno vôo de procriação dos mitos deterministas. Os políticos mais desatentos acabaram anulando o conselho aos asseclas de que o crime compensa. De fato, esse arrependimento não era esperado, é para isso que servem os laranjas. Com o recuo dos travestis, que é um fenômeno para trás, foram desfeitos os planos futuros da justiça brasileira em fazer um bazar com as peças íntimas dos quatro - sem trocadilhos - usadas na ocasião do delito, tal qual fizeram com as cuecas do narcotraficante boliviano. O ato impensado dos travestis causou comoção até entre os cretinos que operam tanto para a vergonha e derrota dos outros acontecerem de forma escandalosa. Os médicos de quinta categoria, formados nas espeluncas educacionais do Brasil privatizado, coitados, não poderão mais exibir o perfil ninfomaníaco de Ronaldo, perfeitamente diagnosticado à distância, on line, através de lap tops poderosos e irracionais. É o caos da moral pública. É o fedor inconfundível da impunidade. Estamos sós, paralisados sob as patas dos cavalos dos cavaleiros do apocalipse. Agora, eles, os travestis, que sempre foram transgressores da natureza e da moral, devem ir para a cadeia, por não assumirem o papel de carrascos da escória.

Depois dessa atitude inescrupulosa dos travestis de reconhecerem a mentira e o dolo, os comerciais dos programas do horário nobre da vedete tv brasileira ganharam outro contorno, ficaram mais longos, chatos, sem a inteligência sagaz de vender a quem não quer comprar. Assim, com a verdade vindo à tona, a ternura asmática dos delatores será desbaratada. Assim a poesia lírica, confessional, dos poetas fajutos que decoram os nichos alternativos com seus semblantes enfumaçados perderá o clamor canastrão desse insofismável apelo existencial. Assim a fúria dos bêbados que batem em suas mulheres será multiplicada. Assim a canalhice dos chefes das grandes empresas será contaminada pela injúria dos drogados engravatados que combatem o crime organizado. Assim as prostitutas vencem e o cabaré nacional corre o sério risco de ser bem administrado.

Marcos Leonel

Sr. prefeito Samuel Araripe, Acorda ! - Zé da Motoca está na cidade e lhe procura para tirar fotos !!!

Que vexame: O famosíssimo Zé da Motoca, conhecido no Brasil inteiro, e que está entrando para o Guiness, o livro dos Recordes, foi recusado para audiência com o Prefeito do Crato. Mas creio que não foi culpa do prefeito Samuel Araripe, que não deve nem ter tido conhecimento do fato. Por certo, algum "funcionário" desses de entrada de prefeitura o barrou, achando talvez que se tratasse de algum bêbado ou louco...mas... afinal, Quem diabos é o Zé da Motoca ??



Quem ainda não conhece o famoso Zé da Motoca ?

Ele é um cara simplesmente incrível, Pernambucano, que está entrando para o livro Guiness de recordes, por ser a pessoa que mais viajou pelo mundo em cima de uma moto de 50 cilindradas, - durante 9 anos sem parar - ( coisa de louco! ) - coisa bem mais difícil de fazer do que outras de maior categoria. Só para se ter uma idéia, o Zé da Motoca já rodou mais de 220.000 Km. Visitou mais de 4.000 cidades no Brasil, e 5 países da América do Sul.

Em cada cidade que ele chega, ele procura tirar uma foto com pessoas importantes da cidade. Ontem, terça-feira, o Zé da Motoca deu entrevistas para a TV local, diversos jornais, e foi falar com o prefeito Samuel Araripe, só que teve um problema: conhece aquela coisa: BARRADOS NO BAILE ? Por certo, o prefeito Samuel nem chegou a tomar conhecimento do nosso querido Zé da Motoca, porque algum "funcionário" zinho daqueles de entrada de prefeitura voltou, dizendo que "o Sr. prefeito não poderia atender o Zé da Motoca". Bem, ficou o constrangimento de um homem que já tirou fotos ao lado dos maiores da nação, desde diversos Presidentes da República, Senadores, deputados, e outras celebridades. Na verdade, hoje em dia, quem tem juízo é quem quer tirar uma foto ao lado desse homem simples, que brevemente entrará para o livro dos Recordes Mundiais. O Zé da Motoca fica até hoje ainda na cidade do crato, para quem quiser conhecê-lo, e me falou que vai tentar mais uma vez ser recebido pelo Sr. prefeito de Crato Samuel Araripe numa última tentativa. Sr. prefeito, ACORDA !!!

O Zé da motoca possui inúmeros álbuns de retratos com todos os famosos que vocês possam imaginar: De Romário a Pelé. De Lula a senador Tasso Jerreissatti, sem falar com a maioria dos cantores, atores globais, e toda espécie de gente importante. O Blog do crato garimpou nesses inúmeros álbuns, alguns retratos de pessoas IMPORTANTES que já tiraram fotos ao lado do Zé da Motoca:

Presidente LULA


Ana Maria Braga

Romário

Tasso Jerreissati:

Senador Aloísio Mercadante:


Com o MotoClube Bola 8 - Crato - CE:



Com Dihelson Mendonça:


...ooooopssssss .... falha nossa! esse último aí não é importante, mas até que é uma boa recordação para esse colunista poder ter tirado essa foto ao lado do Zé da Motoca. É o mais perto que se pode chegar de alguém que está prestes a entrar para o Guiness!

Sr. prefeito, é bom avisar à turma do andar térreo da prefeitura do crato que o Zé da Motoca vai lhe procurar hoje. Não faça essa desfeita para com uma celebridade que vem de muito longe para te ver...

Por: Dihelson Mendonça
.

O Exemplo de Barbalha para o Brasil - "Projeto Anjos da Enfermagem" é referência nacional

Anjos da enfermagem

Clique para Ampliar

A campanha do projeto para a Casa de Apoio foi lançada, com crianças autorizadas pelas famílias (Foto: Elizângela Santos)

Clique para Ampliar

Jakeline Duarte afirma que sempre buscou realizar o trabalho de apoio à saúde por meio da humanização

Alegria como fator de saúde. É com esse objetivo que crianças portadoras de câncer são beneficiadas no Cariri

Barbalha. Um projeto iniciado no Cariri se torna modelo para o Brasil. O lançamento nacional do Programa Anjos da Enfermagem aconteceu em Barbalha, com a presença de representantes do Conselhos Federal (Confen) e Estadual de Enfermagem (Coren), além de representantes de diversas instituições. O evento foi realizado no auditório do Centro de Oncologia, com o lançamento do Projeto de Intenção de Construção do Centro de Apoio à Criança com Câncer do Cariri. A iniciativa será lançada em quatro Estados do País nos próximos dias. Será a Casa de Apoio para a criança portadora de câncer. A pretensão é que a construção seja iniciada no começo de agosto.

Também foi assinado um convênio de cooperação técnico-financeira, no valor de R$ 232 mil, entre o Instituto Anjos da Enfermagem e o Confen. Segundo o representante da instituição, esse é apenas o primeiro de uma série de convênios que serão assinados para o trabalho, hoje modelo para o País. A meta do Cofen é transformar o Anjos da Enfermagem no maior projeto de inclusão social da enfermagem do Brasil. Segundo o Confen, a classe tem hoje a participação de 1,3 milhão de enfermeiros.

Em Barbalha já existe uma Casa de Apoio destinada a adultos com câncer. A necessidade provém de muitas crianças que não residem na cidade e durante o tratamento têm de ficar em Barbalha até mais de três dias. Atualmente, o Hospital São Vicente de Paulo, no município, é referência para Estados fronteiriços no tratamento de câncer.

O projeto nasceu em 2003, durante o período em que a idealizadora Jakeline Duarte ainda cursava Enfermagem na Universidade Regional do Cariri (Urca). Em abril, um convênio foi assinado com a instituição, que passa a fazer parte do grupo de “Universidades do Bem”, que reunirá todas as universidades nacionais parceiras dos Anjos da Enfermagem. Além dela, a Faculdade Leão Sampaio, em Juazeiro do Norte, também participa.

Uma campanha de divulgação do projeto de arrecadação de meios para construção da Casa de Apoio foi lançada, com a imagem de crianças portadoras de câncer, com autorização das respectivas famílias. Uma das quatro crianças, Damião Barbosa, faleceu no mês passado, aos 10 anos. A idealizadora do projeto salientou a importância de Damião como uma força que encontrou para dar continuidade aos trabalhos.

O evento contou com uma apresentação prévia dos trabalhos desenvolvidos pelo instituto. Para Jakeline não foi fácil. “Batemos em muitas portas de políticos, empresários, em busca de apoio. Houve situações em que o meu nome ficou no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC) para dar continuidade aos trabalhos”, diz ela.

Jakeline realizou a sua monografia de conclusão de curso abordando a situação sócio-econômica das crianças portadoras de câncer. Foi quando passou a entender melhor a realidade de vida das crianças. “Quero lançar esse projeto no Brasil, mas não vou sair do Cariri, onde iniciei esse trabalho com as crianças”, ressalta.

O primeiro grande momento para iniciar a divulgação de Casa de Apoio será em Belém (PA), durante o Congresso Brasileiro de Enfermagem. Um estande será cedido pelo Confen. Uma conta bancária será criada para arrecadação de dinheiro. O terreno para construção está sendo negociado entre o Instituto, administração local e Casa de Apoio.

Segundo o assessor do Confen, Magno Guedes, o intuito é transformar o Anjos da Enfermagem no maior Programa de assistência social da enfermagem brasileira. “Faremos o possível para que esse programa chegue a todas as cidades do Brasil”, enfatiza. O assessor ressalta a importância do trabalho, como forma de estender não apenas à criança portadora de enfermidade, mas à família, a rua que ela mora e ao País. No próximo ano, será assinado outro convênio entre o Confen e o Instituto, com maior abrangência, para que os Anjos possam estar presentes em todos os Estados do Brasil.

Os Anjos da Enfermagem tem o apoio do maior órgão de representatividade da classe da Enfermagem do País, isso segundo o assessor, se traduz em apoio técnico, financeiro, de cooperação e todos os meios disponíveis para que o projeto chegue às mãos de pessoas que necessitam dele. “É uma forma de atender a alma das pessoas, um lenitivo. Não tem nada mais importante do que um projeto como esse”, diz.

SAIBA MAIS

Origem

O Instituto Anjos da Enfermagem foi fundado em 2004, após a estudante de Enfermagem, Jakeline Duarte, ler o livro ´Terapia do Amor´, que retrata a vida do médico norte-americano Hunter Adams, mais conhecido como Patch Adams.

Parceria

Em 2007, o grupo firmou uma parceria com o Hospital Maternidade São Vicente de Paula - Centro de Oncologia do Cariri, onde foram desenvolvidos vários projetos, voltados para à assistência a crianças com câncer.

Humanização

A equipe também busca humanizar a saúde, com palestras e cursos e incentivar as práticas humanas, exercício da cidadania e inclusão social.

OBJETIVO

Meta é fortalecer a rede social de apoio

Barbalha. A assistência à criança com câncer já existe no Cariri, feita pelo Hospital São Vicente de Paulo. Só que não existe cura do câncer infantil, sem ajuda das redes sociais de apoio. Segundo Jakeline Duarte, é exatamente a proposta do Instituto Anjos da Enfermagem, com a criação da rede social de apoio.

A Casa de Apoio deverá ser destinada não somente à hospedagem, mas também tratamento nutricional, assistência precisa e mais resolutiva, no sentido de estar mais presente e acompanhar o paciente. Outro aspecto deverá ser o diagnóstico precoce do câncer infantil, que ainda é precário, já que o hospital faz a assistência quando a criança está doente. “A prevenção precoce é defendida nacionalmente, porque precisamos detectar precocemente, para que as chances de vida das crianças sejam maiores”, diz Jakeline Duarte, ao acrescentar que é preciso se trabalhar numa perspectiva de tratamento precoce.

Quanto ao projeto, Jakeline afirma que sempre viu a importância não apenas da formação profissional, mas trabalhar como ser humano. “Sempre tive essa vontade de atuar em prol da humanidade. Não há como trabalhar em hospitais, com doença, e não se envolver, simplesmente fechar os olhos para essa realidade”.

A sede do projeto, no município de Crato, foi doada com toda estrutura pelo Confen, com recursos de áudio-visual de ponta. Em 12 meses, o objetivo é implantar o projeto em 10 estados. No próximo ano, mais dez e depois os sete restantes. Os recursos de viagens serão destinados pelo Conselho Federal para a equipe técnica da ONG. Os primeiros quatro estados a implantarem o projeto serão Rio Grande do Norte, Maranhão, Rondônia e Manaus. Em junho, Goiás, Pernambuco, Paraíba, Bahia e, no Ceará, em Fortaleza. A finalidade é também promover o protagonismo juvenil dentro das universidades brasileiras. A ex-aluna da Universidade Regional do Cariri recebeu o convite para ampliar sua experiência pelo presidente Conselho Federal de Enfermagem, Manuel Nery. O projeto foi votado em reunião ordinária da entidade no dia 29 de fevereiro de 2008 e aprovado por unanimidade pela categoria.

Para o presidente do Confen, trata-se de uma iniciativa única na Enfermagem brasileira, que merece o respeito e apoio de todos. O reitor da Urca, onde foi iniciado o trabalho, Plácido Cidades Nuvens, reconhece também a importância do projeto, principalmente para região do Cariri. “Precisamos apoiar o pluralismo de idéias. O empreendedorismo social é um grande instrumento de democracia. O projeto dos Anjos une três vertentes, a educação, a ciência e a solidariedade”.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

Para o Jornal: Diário do Nordeste.

Mais informações:
Instituto Anjos da Enfermagem
Avenida Duque de Caxias, 714, sala 206, Ed. Cícero Araripe, Crato (CE)
(88) 9614.5974


.

O BRASIL ESTÁ PERDENDO ESTA GUERRA !

BRASIL

UM PAÍS DE "PORTAS ABERTAS" PARA O TRÁFICO DE DROGAS, DE ARMAS, CONTRABANDO E BIOPIRATARIA

C
om dimensões continentais, o Brasil é um país onde suas
fronteiras, em sua grande parte, se encontram em completo abandono, totalmente abertas, sem a menor vigilância por parte das autoridades responsáveis por esta função, que diz respeito direto à questão da Segurança Nacional. É, sobretudo, absolutamente vital para o controle dos índices alarmantes de estatísticas que apontam para o crescimento vertiginoso do tráfico de DROGAS, de ARMAS, da entrada avassaladora de produtos contrabandeados(piratas) e da saída de espécies da nossa biodiversidade. Estes são, sem dúvida, componentes de um elenco causadores de prejuízos incomensuráveis à sociedade brasileira, na atualidade. Não é difícil chegarmos à triste constatação de que o sistema de vigilância das fronteiras brasileiras é péssimo. Ou melhor, não existe! Se considerarmos que o Brasil só não extrema com apenas dois países da América Latina, Chile e Equador, podemos imaginar o quanto temos que nos preocupar com alguns vizinhos, muitos deles, completamente descompromissados com a legalidade, onde a corrupção reina em todos os seguimentos, e o que é pior, o tráfico de entorpecentes e de armas, que, em muitos casos, embora sendo um produto informal e ilegal, é o verdadeiro impulsionador da economia, se não for de um País inteiro, mas, com certeza, de regiões, tais como as fronteiras, que, somente sobrevivem graças a alimentação contínua destes crimes. Enquanto alguns governos de países fronteiriços fecham olhos para o tráfico, contrabando, roubo de veículos, biopirataria, entrem outros crimes, o Brasil, por conta de achar-se concentrado, com a maior parte de sua "estrutura nacional", localizado à Leste, distante da Cordilheira e próximo ao Atlântico, equivocadamente, não exerce o necessário e urgente controle dos nossos limites territoriais. Eis a causa, o resto é conseqüência... Além do mais, não podemos esquecer de nossas vastíssimas fronteiras aéreas, que, igualmente as da costa marítima, verdadeira imensidão azul, também são ricas em natureza, com mais de oito mil quilômetros de extensão, sem esquecer, ainda, de importantes rios, portos fluviais e costeiros... todos eles, diariamente, são constantemente penetrados, invadidos pelos mais diversos tipos de aeronaves e embarcações, que levam toda a sorte de exemplares do nosso rico tesouro biológico e mineral, destinados à grandes laboratórios mundiais, dos quais, logo aparecem com suas patentes, totalmente legalizadas junto à organizações internacionais, que os legitimam. Espécies da nossa fauna e flora, madeiras das nossas florestas são constantemente apreendidas. Animais, pássaros e insetos são levados em situações degradantes, com altos números de mortandade durante o translado ilegal. Toras de árvores, com 200 anos de vida, em questão de segundos, são tombadas e transportadas ilegalmente para o "1º mundo". Raras são as vezes em que os responsáveis são flagrados e punidos. E o Brasil fica, literalmente, a ver navios... Há de se perguntar: Onde estão as Forças Armadas e a Polícia Federal? A resposta é simples! O investimento e a política do Governo Federal para a questão da vigilância das nossas fronteira é ridículo! Quanto ao assunto, existem poucos que ainda possuem a coragem para falar o que o brasileiro precisa ouvir, a exemplo do comandante militar da Amazônia, General Augusto Heleno, que abordou apenas a questão indigenista, chamando-a, com conhecimento de causa, de "caótica". O General Heleno que, em outras oportunidades, já vem alertando, de modo geral, para o sucateamento das Forças Armadas, principalmente, quando se diz respeito a um item que implica diretamente na Segurança Nacional, que é o controle das nossas fronteiras, totalmente ineficiente, nos dias atuais. Quanto a Polícia Federal, assim como, a Civil e Militar, com o números de contingente muito abaixo do ideal, lamentavelmente, continuarão a combater apenas as conseqüências da falta de controle no nascedouro da CAUSA, que é, com certeza, a inexistência do controle da maior parte das nossas fronteiras, por onde passam, a cada segundo, as "matérias-primas" que abastecem o crime organizado, a violência e a corrupção no Brasil, que são o tráfico de drogas, de armas e a pirataria "chinaguaia".

Só existe um meio para matar o crime organizado! Provocando a sua inanição, sua fome! É não permitindo com que ele se alimente! Não deixando que ele receba seus produtos! Esta é a única forma de enfraquecer suas forças e sua letalidade. Sem o recebimento das Drogas e das Armas, o PCC e o CV não teriam como fazer dinheiro, sem dinheiro, não teriam como promover a violência e fomentar o maior "câncer" da sociedade brasileira, A CORRUPÇÃO.

Esta é uma realidade fácil de ser comprovada. É uma questão de lógica! Vamos fazer uma simples comparação: Se você tem sérios problemas com ratos em sua casa, os combate com veneno, ratoeiras... até que você consegue eliminá-los. Após alguns dias, eles começam a freqüentar a sua cozinha novamente e tudo se repete. Só que você não sabia que em seu muro existem várias aberturas por onde eles passam com facilidade. O que você vai fazer? Continuar combatendo ratos dentro de casa ou vai cuidar em fechar os buracos do muro por onde eles estão entrando? Assim é o Brasil! Os "ratos" continuam entrando. Será que "eles" sabem disso? E haja "ratos" neste país, em todos os sentidos...

"FRONTEIRAS ESCANCARADAS" É CAUSA!
CRIME ORGANIZADO, VIOLÊNCIA E CORRUPÇÃO É UMA DAS CONSEQÜÊNCIAS DA FALTA UMA POLÍTICA QUE INVISTA NESTE GRAVE PROBLEMA, DE INTERESSE DE SEGURANÇA PÚBLICA E DA SOBERANIA NACIONAL...

Fonte: Blog "O Democrato" - Autor: George Macário
.

II Seminário Internacional de Turismo Sustentável acontece no Ceará

Entre os dias 12 e 15 de maio de 2008, será realizado, no Condomínio Espiritual Uirapuru (Ceu) em Fortaleza, o II Seminário Internacional de Turismo Sustentável (SITS). A programação será composta de painéis, espaços autogestionados, mostra de vídeos e de trabalhos científicos e apresentações culturais. As discussões serão norteadas por cinco eixos temáticos: “Mercado, trocas solidárias e Marketing”, “Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável”, “Turismo Comunitário Solidário de Base Local”, “Turismo e Impactos Sócioambientais” e “Turismo em Unidades de Conservação”. Entre os palestrantes, estarão Cox Aranibar, Vice-Ministro de Turismo da Bolívia; Diogo Joel De Marco, representante do Ministério do Turismo brasileiro; Harold Ramos, presidente da Rede Nicaragüense de Turismo Rural; e Christine Plüess, da AKTE - Suíça (Grupo de trabalho de turismo e desenvolvimento).
Mais informações no www.sits2008.org.br

FONTE: FUNDAÇÃO SOS MATA ATLÂNTICA

por: Tânia Peixoto
.