25 setembro 2008

Hoje no DN - Campanha do voto consciente "No Cariri"

Eleições no Cariri

Clique para Ampliar

Eleitores do Crato participam de uma mobilização para votar com consciência, além de receberem treinamento na urna eletrônica (Foto: Antônio Vicelmo)

Eleitores promovem mobilização para aprovação de projeto de lei contra candidatos com ficha suja na Justiça

Crato. O Comitê Estadual de Combate à Corrupção Eleitoral (CECCE) realiza, amanhã, uma mobilização na Praça da Sé, a partir das 10h, para coletar assinaturas em prol do movimento “Ficha Limpa”. São instalados outdoors em pontos estratégicos da cidade, anunciando o “Dia D” para a coleta de assinaturas e advertindo que “Voto não tem preço, tem conseqüências”.

Paralelamente, é realizado nas escolas e praças o treinamento dos eleitores com a urna eletrônica. O objetivo, segundo os funcionários da Justiça Eleitoral, é treinar os eleitores, principalmente jovens que votam pela primeira vez e os idosos, para que não haja atraso na votação. A iniciativa é da Justiça que, este ano, intensificou o trabalho de combate à corrupção. A solenidade será aberta com o hasteamento das bandeiras e execução dos hinos nacional e do Crato pela Banda de Música Municipal, apresentação de repentistas e shows até o início da noite.

Além da coleta de assinaturas, que já conta com a adesão de quase mil pessoas no Crato, a juíza eleitoral, Geritsa Montezuma, e o promotor de Justiça, Élder Ximenes, participam de um programa na Rádio Educadora do Cariri, que tem o objetivo de esclarecer dúvidas sobre o processo eleitoral. Os eleitores são convidados a acompanhar os candidatos eleitos no cumprimento de sua missão e a valorizar os que atuam com critérios éticos.

“O eleitor não pode ser levado por promessas mirabolantes, e sim votar em quem demonstra interesse pela coisa pública, pela qualidade de vida de nossa cidade, do nosso Estado e do Brasil”, disse o promotor Élder Ximenes, conclamando a população a comparecer à Praça da Sé para subscrever o abaixo-assinado. A campanha nacional precisa de 1,3 milhão de assinaturas.

A sociedade cratense, segundo o promotor, vem mostrando que apóia a iniciativa. Ele já esteve em colégios, entidades de classes, igrejas e sociedades de bairros, chamando a atenção de todos os segmentos para a importância do voto. “Realizamos reuniões, palestras, debates e outras mobilizações para promover a divulgação do projeto de lei e alertar às pessoas sobre a importância de combater a corrupção eleitoral, fazendo valer seus direitos como cidadãs”, defende. A campanha foi criada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e tem o apoio da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da Comissão Justiça e Paz.

Afastados da política

O projeto de lei proposto pelo MCCE altera a Lei das Inelegibilidades de 1990 e tenta impedir a candidatura de pessoas condenadas em primeira instância ou com denúncia recebida pela Justiça em decorrência de crimes como racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas. De acordo com o texto, essas pessoas devem ficar afastadas da política até a solução do processo na Justiça.

O projeto prevê o afastamento de parlamentares que renunciaram ao cargo para evitar a abertura de processo por quebra de decoro parlamentar, ou por desrespeito à Constituição, e de pessoas condenadas em representações por compra de votos ou uso eleitoral da máquina administrativa. Prevê ainda que os candidatos condenados fiquem inelegíveis por oito anos — dois mandatos — e que os processos judiciais, sobre abuso de poder nas eleições sejam mais rápidos, fazendo com que as decisões sejam executadas imediatamente.

Enquete
O que acha da campanha pelo voto consciente?

Luiz Soares Figueiredo
57 ANOS
Comerciante
'A Justiça Eleitoral está ensinando o povo a votar e a escolher os melhores candidatos.'

Robério da Silva Oliveira
26 ANOS
Mototaxista
'O eleitor está aprendendo a votar e a escolher o candidato com mais consciência. É melhor para a população.'

Pedro Oliveira Carlos
36 ANOS
Motorista
'Este treinamento é muito bom, principalmente para os mais idosos que tem dificuldade para votar.'

Mais informações:
Fórum do Crato
Rua Álvaro Peixoto, s/nº
Bairro São Miguel
Crato, Cariri
(88) 3521.1221

Reportagem: Antonio Vicelmo.
Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.