14 maio 2008

Ação macabra - Casal Nardoni - por: José Nilton Mariano Saraiva

Ação macabra

Com o devido respeito aos defensores da causa feminista, o que salta à vista, na tragédia que se abateu sobre o casal Nardoni, é a perceptível ascendência de uma mentalidade forte e autoritária de uma mulher (Anna Carolina) em contraponto à passividade e submissão de um homem (Alexandre).

Na própria entrevista dada pelo casal à televisão (foto ao lado), não foi preciso recorrer-se à psicologia para se constatar um homem acuado e inseguro (porém frio e arrogante), ante uma parceira despachada e resoluta e, mais grave, sem nenhum constrangimento em exercer publicamente (mesmo às lágrimas fingidas), as rédeas da relação (imaginem em sua intimidade possessiva).

Assim, o que ficou claro é que, depois de equivocada avaliação e certamente motivada pelo ciúme doentio em relação à filha do marido com uma outra mulher, adveio e foi posta em prática a ação macabra de “limpar o caminho” para que a atenção do pai se direcionasse exclusivamente aos filhos legítimos, os do casal.

Portanto, aos que se condoem em misericórdia com o chororô de uma jovem mãe que deverá ser afastada do convívio com os filhos menores de idade (que certamente estarão mais bem acompanhados com os avós), apenas uma advertência: lembrem-se do sorriso angelical e pleno de felicidade da inocente Isabela, prematura e brutalmente ceifada do nosso convívio, sem dó nem piedade, por um ato covarde e insano.

E que não venham com a velha ladainha do uso dos direitos humanos na tentativa de amenizar o duro, exemplar e justo castigo que deve privilegiar um crime tão hediondo quanto estúpido.

José Nilton Mariano Saraiva

Fortaleza-CE

Um comentário:

  1. A essa altura, estamos atrás de alguém que possua uma grande capacidade de avaliação porque a Mídia Brasileira anda dando excepcional destaque a esse caso da garota Isabella, quando bem aqui, pertinho, na cidade de Jardim-CE, tivemos um crime hediondo, onde 2 caras que trabalhavam num parque de diversões estupraram e mataram barbaramente uma garotinha de 4 anos de idade, e esse fato, muito pior, não ocupa qualquer posição na mídia.

    Isso acontece simplesmente porque a mídia não está interessada na justiça do caso. À Mídia não interessa o bem da família, ou a verdade sobre Isabellas e Rafaellas do Brasil, ela interessa vender o seu peixe, aos tolos, que irrefletidamente, perdem seu tempo com os Big Brothers da vida real do povo brasileiro.

    Porque tanto sensacionalismo "global" com aquela garota, quando outras centenas são barbaramente assassinadas em condições igualmente lamentáveis ? Porque tanto alvoroço da mídia em querer extrair toda a dor das pessoas, já cansadas de ver o sangue escorrendo da sua televisão. Enfim, porque toda essa coisa NOJENTA, este espetáculo macabro que a mídia anda fazendo, privando nossos lares de pensamentos sadios e mostrando o lado sádico do Ser Humano, remoendo, divulgando e até incentivando o comportamento irracional do ser humano ?

    Profundamente lamentável.

    Dihelson Mendonça
    www.blogdocrato.com

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.