12 outubro 2007

Sampicarra do Exocrato

Esse estrambótico título denominava uma coluna do Jornal Folha de Piqui, órgão cultural que foi editado espaçadamente ao longo dos anos 80, em Crato, por um grupo de jovens poetas e escritores. Resgatei-o para que, neste Blog, intitule uma secção de humor, a partir de “causos” protagonizados por figuras “folclóricas” (no bom sentido), e que tão bem representam a verve moleque e irreverente do povo do Crato, a exemplo de Chico Soares (indubitavelmente, o “gênio da raça” em se tratando de espirituosidade).
E é justamente com uma das muitas histórias de Chico Soares que iniciamos este primeiro sampicarra:

Chico Soares foi arrolado como testemunha de um homicídio acontecido na cidade.
O delegado, de chofre, pergunta:
- Seu Chico, onde o senhor estava no momento em que o assassino desferiu o primeiro tiro?
- Há dois metros da vítima, doutor.
- E no segundo tiro?
- Há cem metros...