27 março 2007

Desaparece Dr. Ossian


Notícia do DN de Hoje, sobre a perda de um dos mais tradicionais políticos cratenses das décadas 50-70:


Incêndio destrói apartamento e mata ex-deputado federal

Sinistro começou às 4h30min. Ossian Araripe ainda acordou os familiares, mas não conseguiu escaparUm incêndio em um apartamento, no sétimo andar do Edifício Portal da Enseada, na Avenida Beira Mar, 3780, acabou virando tragédia, na madrugada de ontem. Por volta das 4h30min, o fogo começou. O ex-deputado federal e dono de cartório, Ossian Araripe, de 84 anos, que já estava acordado se exercitando em um dos cômodos, sentiu o cheiro de fumaça, pressentiu que o incêndio estava começando e, desesperado, acordou a família: a esposa, um filho e a empregada. Rapidamente, as chamas se alastraram pelo apartamento.O barulho das janelas de vidro estilhaçando e a fumaça chamaram a atenção dos vizinhos, que começaram a sair correndo de seus apartamentos. Os gritos deles acordaram os moradores de outros edifícios próximos.“Acordei quando faltavam 15 minutos para as cinco horas, ouvindo gritos que vinham da direção da Beira-Mar. Pensei que era confusão, mas quando fui para a janela, vi a fumaça e as pessoas já descendo do prédio”, contou o funcionário público Raimundo Nonato Lourenço, morador de um edifício próximo do local.MultidãoEm poucos minutos, uma multidão se aglomerava na frente do edifício, olhando a destruição que o fogo causava em todo o sétimo andar do edifício. O filho, a esposa e a empregada do ex-deputado se encontraram na rua e sentiram a falta dele. “O filho pensou que o pai tinha descido antes, que podia estar fazendo alguma coisa. Mas como o tempo foi passando, os Bombeiros chegaram e o Ossian não apareceu, a angústia foi aumentando”, contou Raimundo Lourenço.Às 4h55min, a primeira equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local. Ao todo, quatro unidades foram mobilizadas: a do Mucuripe, que era mais próxima; a Central, e o Núcleo de Busca e Salvamento (NBS). Cerca de 30 homens da corporação trabalharam no combate as chamas.“No primeiro momento, atacamos o fogo por fora (utilizando a plataforma) e com uma equipe por dentro, para que o pessoal de Busca e Salvamento pudesse identificar se havia vítimas no local. Quando isto foi feito, o corpo d o senhor Ossian Araripe foi encontrado, no meio da sala, já carbonizado”, contou o major Afrânio Arley.Às 6h30min o rabecão do Instituto Médico Legal (IML) retirou o corpo do local. Quarenta e cinco minutos depois, quando tudo parecia sob controle, o fogo recomeçou em um dos cômodos do apartamento.Novamente, as equipes com oito viaturas do CB se mobilizaram e debelaram as chamas. O trabalho de rescaldo ainda durou cerca de duas horas. Às nove horas, o major Afrânio desceu e disse à Imprensa que a situação estava controlada.“Estamos apenas retirando o excesso de água de dentro do apartamento. O fogo destruiu boa parte dele. E por causa da temperatura altíssima, o piso do andar superior ficou totalmente danificado. Há ainda os danos causados em outros apartamentos vizinhos pelo fuligem e pelo calor”, explicou o oficial aos jornalistas. Nathália LoboRepórter
PROTAGONISTA - Político do Cariri ,Ossian Alencar Araripe, nasceu em 29 de setembro de 1923, na cidade do Crato. Fez o curso científico no Liceu do Ceará e se formou em Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 08 de setembro de 1948. Militou como deputado federal pela Arena e PDS e atuava politicamente na Região do Cariri. Era pai do atual prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB). Também foi prefeito daquele Município, de 1955 a 1959, e deputado em seis legislaturas, entre 1963 e 1987. Tinha um cartório em Fortaleza