21 dezembro 2007

ESPERANÇA E AÇÃO

Pedro Esmeraldo

Aproxima-se o ano de 2008. Infelizmente uma velharia arcaica teima em querer liderar o destino desta cidade. Seria melhor que entregassem os pontos e dessem oportunidade aos jovens, orientando-os a seguir o caminho reto da política.
Falo principalmente da política escolar, vez que anda desprezada pelas autoridades, pois, têm o hábito de fechar escolas dos sítios, desprezando a sua população e privando de melhorar o índice de ensino elementar. Para a surpresa de muitos essas autoridades fecharam a Escola Maria Amélia Esmeraldo no Sítio São José, causando revolta em toda população.
Escola – define-se como uma função, constituindo-se um sistema com dedicação como uma posição administrativa de formação de professores. Considero como uma interação entre professores, alunos e sociedade.
Escola renovada deve ser dinâmica cultural, constantemente reformulada a fim de atender todas as funções sociais apresentadas simultaneamente de renovação em suas estruturas, observando os fatos diversos, com secretárias adequadas ao sistema escolar.
No decorrer do Ano a escolinha Maria Amélia do Sítio São José impulsionando por medidas arbitrárias do Secretário de Educação, sem conhecimentos dos fatos, achou por bem fechar essa referida escola, talvez por pirraça, deixando as crianças sem estudo e sem apoio cultural. Dizia esse secretário que lá não possuía alunos suficientes para mantê-la em atividade. Lugar densamente povoado, não é de bom alvitre fechar escolas, já que o índice de analfabetismo é muito grande e não é permitido de forma alguma privar essas crianças do estudo. Ao mesmo tempo, lembro a esse secretário que Crato é um município grande e cheio de problemas, não se concebe toldar a consciência do povo que vive desestimulado pelas autoridades do ensino, vez que fazem questão de tirar das crianças esse melhoramento. Ao meu ver, o nobre chefe do poder executivo deve ter bom senso e saber escolher pessoas adequadas, dignas de merecimentos para assessorar o seu gabinete, pois, trarão bom desempenho na sua profícua administração. Infelizmente, o chefe do poder executivo municipal não teve sorte na escolha de seus assessores, colocando pessoas inadequadas que atrapalham o desempenho de uma perfeita administração. Com isto, quero dizer, quem deveria ocupar cargos de assessorias são homens habilitados e eficientes nos cargos que devem ocupar.
Creio que o nobre prefeito compreendera e tomara decisões satisfatórias e escolhendo pessoas cursadas em sua área, já que talvez mudará o ritmo do desenvolvimento da administração cratense.
Com certeza, o Crato caminhará no caminho reto e equilibrado.
Todo cratense esperançoso deseja que o chefe do poder executivo faça uma programação mais digna e entre em entendimento com os demais secretários, aproximando-se do povo trazendo prosperidade e fé, tirando Crato deste marasmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.