30 junho 2007

II Festival BNB de Música Instrumental !!! - Dezenas de Shows !!



Olha aí, gente!

Esse Festival realmente é Imperdível, dezenas de atrações espalhadas por Fortaleza, Cariri e Sousa ( PB ).

CENTENAS DE ARTISTAS NO PROJETO MAGNÍFICO.
E aproveito para divulgar minhas datas no Evento:

Dihelson mendonça Interpreta Bach e Chopin

Dia 18 de Julho - Em Sousa - PB
Dia 21 de Julho - Em Fortaleza, no Centro Cultural Banco do Nordeste ( 12:00 )

II Festival BNB de Música Instrumental !!! - Dezenas de Shows !!



Olha aí, gente!

Esse Festival realmente é Imperdível, dezenas de atrações espalhadas por Fortaleza, Cariri e Sousa ( PB ).

CENTENAS DE ARTISTAS NO PROJETO MAGNÍFICO.
E aproveito para divulgar minhas datas no Evento:

Dihelson mendonça Interpreta Bach e Chopin

Dia 18 de Julho - Em Sousa - PB
Dia 21 de Julho - Em Fortaleza, no Centro Cultural Banco do Nordeste ( 12:00 )

29 junho 2007

O Desmatamento na Floresta do Araripe Continua !!



Volto ao BLOG, mais uma vez para informar que lamentavelmente as autoridades locais, especialmente o INSTITUTO BRASILEIRO DE PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE “IBAMA”, fazem vista grossa ao

Desmatamento que acontece no entorno da CHAPADA DO ARARIPE.

É triste ver e constatar que caminhões carregados de lenhas descem da serra todos os dias, aos olhos dos moradores da região, dando um mau exemplo e colocando-os sob uma indagação: porque gente poderosa pode derrubar a desmatar em grande escala a Floresta, acabando o meio ambiente de inúmeras espécies vegetais e animais e, nós quando recolhemos gravetos ou lenhas que já estão por lá, derrubadas pelas forças naturais, somos perseguidos e questionados?

O IBAMA, em conversa particular, esclarece que tentou, mas, que por força maior não tem como barganhar a licitação de uma empresa, pessoas, grupos, que ignoram a LEGISLAÇÃO AMBIENTAL e está lá, promovendo essa barbaridade, essa agressão à Floresta do Araripe. Para a FLORESTA e para nós não há justificativa, a verdade é que quem pagará com isso somos nós, que teremos o clima da região alterado, os lençóis freáticos comprometidos e indescritíveis outras conseqüências. Dizem até que este grupo ameaça a qualquer um que interfira neste processo de agressão a natureza! E aí autoridades constituídas, o que dizem?

Um dia, pode que não vejamos mais esta beleza de imagem!


Pachelly Jamacarú

Foto: Pachelly Jamacaru

28 junho 2007

POTOCAS. COM


LADRÃO E POLÍTICO


Millor Fernandes lançou um desafio através de uma pergunta:

- Qual a diferença entre Político e Ladrão ?

Um leitor respondeu todo orgulhoso:

" Caro Millôr, após longa pesquisa cheguei a esta conclusão: a diferença entre o ladrão e o político é que, um eu escolho, outro me escolhe. Estou certo?"

Fábio Viltrakis, Santos-SP.

Eis a réplica do Millor:

"Poxa, Viltrakis, você é um gênio ... conseguiu achar uma diferença entre ladrão e político! Parabéns. "

26 junho 2007

O CARTEL DA MÍDIA CRATENSE E CEARENSE...





A mídia ( Rádio e TV ) sem dúvidas promove a ignorância através dos seus locutores medíocres, parte de um triângulo perverso formado pelos locutores de rádios, burros, sem a menor formação cultural, os proprietários de bandas de forró, e os proprietários de casas de shows. Esse triângulo da mediocridade, eu já venho denunciando há muito tempo.

Ontem aconteceu um fato inusitado, mas totalmente previsível, minha namorada, que é professora em uma escola pública, ao passar um trabalho de análise de texto para seus alunos, escolheu uma letra de Chico buarque de Hollanda para ser analisada.

Diversos alunos protestaram. Uns diziam:
-- Professora, isso é música de Velho!!

Ao que ela respondeu:
-- É música de um dos maiores autores nacionais.
-- Que música é essa, que ninguém nunca ouviu no Rádio ?
-- Porque não passa uma de aviões do Forró ??

...

Por aí se vê o quão perverso é esse triângulo, e pessoas de bem, pessoas que ainda tem a cabeça no lugar precisam tomar alguma atitude no sentido de salvar essa juventude, culturalmente, se é que ela já não está perdida...

Mas enquanto ações forem feitas aos pedaços, com showzinho aqui, pra 40 pessoas, isso não funcionará, porque a toda tarde, a mídia oficial ( rádio ), atinge milhares de pessoas de cada vez.

Acho que a atitude mais coerente, é cobrar dos meios de comunicação, se realmente há um CARTEL entre eles e os promotores de evento.

Por exemplo, porque na festa de exposição de Crato, que deveria ser o palco para apresentações dos valores locais, só apresentam porcaria?
Quem é o cabeça de melão que está por trás da expocrato ?? Quem ??
E assim, diversos eventos em conjunto.

É tempo da sociedade pensante dessa cidade se reunir e lutar contra as forças do mal desse Cartel.

O gosto do povo, é o gosto dos locutores de rádios, a quem o povo segue como gurus.
E os locutores de rádio estão de conchavo com os organizadores de eventos.
Quem é cego que não enxerga isso ??

falow!


.

Morre o cantor Orlando Peixoto, grande conhecido dos Cratenses...

Pessoal do Crato-CE.

Estou escrevendo este comentário no espaço de um fato alegre que ocorreu por aí. Sou de Floriano-PI, estou enviando uma notícia que não é nem um pouco feliz. Faleceu hoje pela manhã cedo, segundo a família: "do coração", ORLANDO PEIXOTO, cratense que vivia aqui há muito. Tinha uma voz marcante e nas décadas de 70 e 80 era o vocalista de um grupo musical "Os Iguais". Tinha família radicada aqui, mas todos os seus ascendentes são daí. Paulo Xenofontes o conhecia muito. É uma pena, mas é uma notícia triste. Vocês podem acessar o endereço: http://www.180graus.com/defloriano/default.asp.
Um abraço.
Jair Feitosa.

24 junho 2007

Expo/Crato - Viram a Programação ?


Estou mesmo ficando velho. Quando vejo a Programação de Shows da Expô/Crato me arrepio. Não dá para comparecer ! A gente definitivamente não vai se encontrar lá ! Tou doido, com Alzenheimer ou ainda existe alguém neste mundo que não curte esta música paupérrima ?

BLOW UP


O Relax e o Gozo
JFlávio

Ninguém ignora o caos em que se transformou o transporte aéreo neste país, depois do acidente da Gol. A queda do Vôo 1907, em setembro de 2006, ceifou a vida de 154 brasileiros e se transformou no maior acidente aéreo da história do país. Desde então, a investigação sobre a real causa do acidente emperrou, tendo redundado inclusive numa CPI, que vem se arrastando, sem muito interesse, no Congresso Nacional. O certo é que os Controladores de Vôo, postos na berlinda, como vinham trabalhando muito além da sua capacidade humana, iniciaram uma operação padrão e, a partir daí, viagem aérea se transformou numa tortura. Os aeroportos se superlotam de passageiros, os atrasos de vôos são constantes e, com o retorno da alta estação, o problema tende a se agravar. Hoje já se gasta mais tempo esperando o vôo do que voando.
Assim, nesta semana, os brasileiros se viram ofendidos quando a Ministra do Turismo, Marta Suplicy, ao ser interrogada, por um repórter , sobre o que nós deveríamos fazer com os insuportáveis atrasos nos vôos , saiu-se, em rede nacional de televisão, com esta frase digna de ser pronunciada em mesa de bar : “Relaxa e goza, por que vocês vão esquecer os transtornos”. Como era de se esperar, algumas horas depois, a Ministra, em nota oficial, pediu desculpa aos brasileiros pela frase que ela considerou infeliz. Prefiro, pessoalmente, a primeira opinião da Ministra, à sua desculpa fria e burocrática. Talvez por que nela esteja embutido um ato falho.
Imagino que a Marta Suplicy, naquele momento, reportou-se aos tempos em que, como sexóloga, ensinava pela TV a todos, as delícias da cama e os prazeres da alcova. Esqueceu, como tem se mostrado freqüente, que o cargo exige toda uma ritualística. A Marta cidadã pode falar o que bem entender, o que lhe der na telha. À Ministra do Turismo, no entanto, exige-se compostura e respeito, pois , no exato momento que emite opinião, o faz no nome do Governo e, assim, de todos os brasileiros que o elegeram. O Sr. Luiz Inácio pode beber e encher a cara quando desejar, o Presidente Lula, no entanto, não pode bebericar em público, uma vez que enxovalha o cargo que exerce e, mais, incentiva milhões de brasileiros a seguirem o mesmo caminho.
Um outro ponto terrível, na fala da Ministra: o desrespeito a tantos e tantos brasileiros, que mesmo se esforçando, seriam incapazes de relaxar, quanto mais de chegar às últimas conseqüências, como orientou a Marta. Idosos doentes , tomando o avião para fazer tratamento em centros maiores; crianças de tenra idade, acampados desconfortavelmente com seus pais em aeroportos; freiras , padres e religiosos; tantas e tantas pessoas que se deslocavam para assistir ao sepultamento de entes queridos. Houve, é bom lembrar, casos ,em que por conta do atraso, se perderam órgãos despachados para transplantes. Como fazer com que os que se viram impossibilitados de recuperar a saúde, saindo das filas intermináveis , relaxem e sorriam orgasticamente (esperando uma segunda doação) conforme pediu a D. Marta ?
Há um ponto, no entanto, que me parece o mais preocupante no ato falho da ministra. Marta suprimiu a primeira parte do adágio popular na citação. O verdadeiro axioma é o seguinte : “Se o estupro é inevitável : Relaxe e Goze !” É fácil compreender , no fundo, a Ministra prega o conformismo. Aparenta orientar uma atitude estóica e tibetana, mas na realidade pede que todos engulam seco, sentem que o leão é manso! Diante dos estupros diários da nossa cidadania : Violência avassaladora nas cidades, corrupção generalizada em todas as esferas da vida social e política, caixa 2,3,4... nas eleições, sanguessugas, bingos, caça-níqueis, desvios absurdos de dinheiro público, filas nas UTI´s, níveis baixíssimos do rendimento escolar. Tem nada não pessoal, calma ! Relaxe e Goze !
Pregar esta normalidade enganadora e falsa faz-se o mister de todo político desprezível. As portas da felicidade e do progresso são tombadas a golpes de machado e marreta. A prova mais contundente e atual da ineficácia do conselho da ministra , encontra-se na história do seu aliado político Renan Calheiros, ele andou pretendendo gozar mais do que lhe era recomendável e nunca mais conseguiu relaxar.

18 junho 2007

Templo é Ouro !


Senador quer Lei Rouanet para igrejas


Marcelo Crivella propõe usar recursos da cultura para manutenção de templos; MinC teme que verba seja usada para evangelização
Projeto do político, que é ligado à Igreja Universal, não especifica de que forma o dinheiro captado com a lei poderia ser empregado


FERNANDA KRAKOVICSDA SUCURSAL DE BRASÍLIA


O Senado está prestes a votar um projeto de lei que inclui os templos religiosos entre os beneficiários da Lei Rouanet, de incentivo à cultura. A proposta é do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), ligado à Igreja Universal. Ele diz que seu objetivo é que essa verba possa ser utilizada na reforma de templos."Eu não quero que as igrejas caiam na cabeça dos outros, nem que igrejas centenárias sejam trocadas por prédios de dez andares", disse. "A Lei Rouanet já prevê reforma de arquivos, museus e bibliotecas. Na verdade, só quero deixar expresso na lei algo que já é possível", minimizou o senador.O Ministério da Cultura é contra o projeto, porque afirma que ele tem brechas que permitiriam o financiamento da construção de templos e de campanhas de evangelização, por exemplo, não se restringindo a projetos culturais.Segundo o secretário de Incentivo e Fomento à Cultura do ministério, Marco Acco, atualmente a Lei Rouanet já financia expressões artísticas e culturais de igrejas, como gravação de CDs, edições de livros e encontros de corais.De acordo com o senador, só seriam beneficiados os templos religiosos tombados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e aqueles cujos prédios sejam centenários. O texto do projeto não especifica, porém, de que forma o dinheiro da Lei Rouanet poderia ser empregado.A única emenda ao texto original foi feita pelo senador Sibá Machado (PT-AC), para deixar claro que os beneficiários são templos de todos os credos, e não apenas os cristãos.Crivella nega que esteja legislando em causa própria. "Entre as igrejas evangélicas são centenárias a Batista, Metodista, Presbiteriana e Congregacional. A minha [Universal] tem 30 anos", afirmou ele.A proposta em tramitação permite às igrejas acesso aos recursos do Pronac (Programa Nacional de Apoio à Cultura), cujo montante em 2006 foi de quase R$ 815 milhões. Entre as suas fontes de verbas estão recursos do Tesouro Nacional, arrecadação de loterias federais e incentivos fiscais a projetos culturais. As empresas poderiam abater 4% do Imposto de Renda para investir em projetos culturais de igrejas.As próprias instituições religiosas, que poderiam ser beneficiadas com essas isenções de imposto de terceiros, já são no Brasil "imunes aos principais tributos federais", diz o advogado tributarista Douglas Ya- mashita, de São Paulo. Não são tributadas, com algumas ressalvas, sobre patrimônio, renda e suas atividades.A matéria foi aprovada em abril pela Comissão de Educação e encaminhada ao plenário, mas um requerimento do presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), a fez voltar para a CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) e CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), atrasando assim sua tramitação. O projeto ainda tem que passar pela Câmara dos Deputados.

16 junho 2007

BlogPoem


Deslavra


Passei anos e anos a olhar

para as coisas que se destroem.

Muros de pedra, casas antigas

, alpendres estrangulados

pelo cerco do musgo e das lianas.

Mas nunca pensei que tudo isso

também fosse passando,

devagarinho,

para os donos do lugar.

Nem que o lugar se tomasse de ruínas;

nem que as ruínas pudessem ser vistas

como um ricto necessário

da paisagem senil: nódoa apenas do trauma silvestre.


Este som que nos guarda.


Jorge Tuffic

15 junho 2007

Curso Elaboração de Projetos SENAC /Crato



PROGRAMAÇÃO CRATO

Aperfeiçoamento

ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS (80h/a)


Capacitar para a viabilização de projetos, eventos e ações culturais.

Pré-requisitos: Pessoas que já trabalham com projetos culturais.
Valor: R$ 40,00

Período: 22/06 a 15/07/07

Horário: Sextas-feiras: 18h30 às 21h50;
Sábados e Domingos: 8h30 às 12h10 e das 13h ás 16h40.

Senac Crato

Praça da Sé, 596.
(88) 3513.1990/1993
www.ce.senac.br




Fortaleza Unidade Centro
Av. Tristão Gonçalves, 1245
(85) 3452 7005

Palco Giratório no SESC/ Crato - Dia 18/06/07


Clique duas vezes sobre a figura para visualizar melhor !

Espetáculo Infantil no SESC/Crato


12 junho 2007

BLOW UP


A AMÊNDOA E A SEMENTE


J. Flávio

Viver ,amigos, é contabilizar perdas. Na juventude, pomo-nos a preencher de receitas o livro caixa da existência com a descoberta das nossas percepções mais primais, sorvendo avidamente o favo licoroso do novo. O mundo se nos oferece como uma cadela no cio. Embriagados com as perspectivas infinitas da vida, sequer percebemos a finitude de todos os instantes, a volatilidade de todos os momentos. Embebidos de essências e fragrâncias de imortalidade, invadimos as portas do planeta sem pedir licença. O fervor, a juventude fazem com que derrubemos as teias de aranha do passado, o bolor e o mofo do presente , espargindo por todo mundo a água benta do porvir. Talvez , por isto mesmo , portadores do sêmen do futuro, sequer percebemos que a amêndoa do novo traz no seu íntimo a túrgida semente da obsolescência.O segundo que nasce agora já vem prenhe de passado e úmido de futuro.
A vida torna-se, por fim, a arte de contar baixas. A primeira chupeta, o carrinho de menino, o patinete, a primeira bicicleta, o pião, o esconde-esconde esfumaçam-se sem que ao menos demos conta. Depois evaporam: o primeiro beijo, os primeiros amores, as nossas mais douradas fantasias de adolescência. A voragem do tempo engole, depois, a alegria do primeiro casamento, a felicidade do primeiro filho, o orgulho da formatura. O cotidiano anestesia-nos os nervos , enquanto nos vai amputando as lembranças mais caras. Aos poucos, todos os castelos de areia se vão desmoronando pouco a pouco ao nosso derredor. O cenário da nossa juventude já não é o mesmo, o figurino mudou, o elenco original vai saindo paulatinamente de cena e outros atores entram no palco para continuar a encenar a tragicomédia da existência humana nesta terra. Só o scritp, enfadonho e repetitivo, mostra-se basicamente o mesmo.
Uma platéia sádica assiste impassível à pantomima , enquanto o Diretor Geral articula todos os movimentos dos marionetes, rindo às bandeiras despregadas, com seus tropeços e movimentos maquinais. Ele espera , ávido, o momento fatídico de atear fogo ao teatro e interromper, finalmente, esta representação, em moto contínuo , de perdas, engodos, enganos e desilusões.


Arte Retirante no SESC /Crato CONFIRA !


Um grave acidente na BR-116 na divisa do Ceará com Pernambuco, por pouco não houve uma grande tragedia! - Por: Carlinhos


Milagre! - Apesar da gravidade do acidente, ninguém sofreu um só arranhão

Na tarde deste sábado por volta das 16:00hs, na rodovia Santos Dumont (br-116) km-550 a três quilômetros na divisa dos estados do Ceará com o Pernambuco, no trevo que dá acesso a cidade Pernambucana de Cedro, um grave acidente envolvendo três veículos, sendo uma toyota bandeirante de placas MNB 0950 de Brejo de Madre de Deus-PE, um caminhão scania tipo carreta de placas MPO 1306 de São Paulo e um outro caminhão ford 600 de placas KGO 4147 de Salgueiro-PE, os três trafegavam no mesmo sentido Salgueiro-PE a Penaforte-CE , ou seja Pernambuco ao Ceará e no triângulo que dá acesso a Cedro-PE o caminhão Ford e a toyota bandeirante iriam fazer a mudança de pista e iriam entrar no sentido de Cedro. Ao cruzar a pista, o caminhão Ford foi atingido pela carreta e tombou no triângulo, e a caminhoneta toyota também foi atingida na lateral esquerda pela carreta e foi jogada fora da pista. Só não foi pior por que o reboque da caminhoneta segurou em cima da pista. A PRF esteve no local tomando as medidas cabíveis, e somente o laudo poderá dizer de quem foi a culpa do acidente.

O certo é que um acidente de tamanha proporção e todos terem saídos ilesos é raro. O veiculo mais avariado o caminhão Ford ficou com a cabine totalmente destruida e o motorista não teve um arranhão! o motorista do caminhão Ford nos contou que já tinha mudado de pista quando foi atingido pela carreta mas só a perícia da Policia Rodoviaria Federal irá realmente apontar as causas do acidente.

FOTOS DE CELULAR


O motorista do caminhão

O reboque ficou em cima da pista



Fotos e Matéria: Carlinhos

Saiba dos seus Direitos...ajude a divulgar !

Achei interessante e estou repassando; espero que possa ser útil.

Vocês sabiam que, qualquer pessoa que sofra de paralisia, câncer,
lepra, AIDS e uma série de outras doenças incapacitantes, seja total, ou
parcialmente, tem direito a isenções de impostos, taxas, desconto no preço para compra de carros adaptados, passe livre em metrô e transporte coletivo, remédios
gratuitos, etc? Pois têm.
Uma amiga minha descobriu, há muito pouco tempo, que estava com
câncer de mama, começou a fazer pesquisas sobre tratamentos e descobriu um livro
(escrito por uma advogada que também teve câncer de mama), sobre todos os
direitos que essas pessoas têm e ninguém divulga.
Entre os direitos que podem ser requeridos estão:

- Aposentadoria integral (mesmo sem contar com o tempo necessário de
contribuição ao INSS); Isenções de IR; CPMF; Contribuição Previdenciária, etc.;
- Se houver deficiência física: isenção de IPI; ICMS; IOF e IPVA (Isenção vitalícia de IPVA) "na compra de carro especial, ou adaptado". O preço do carro, nesses casos, cai em 30%. (trinta por cento).
- Direito ao saque total de FGTS e fundos PIS ou PASEP;

- Direito da quitação de valor financiado (anterior à doença, é claro) para compra de imóvel;

-Atendimento médico domiciliar;

- Remédios gratuitos; etc.

Para maiores detalhes, procurem o livro: "Câncer - Direito e Cidadania",
de autoria da advogada Antonieta Barbosa, publicado pela Editora ARX.

Minha amiga teve um câncer de mama simples, pouco invasivo, sem metástase.
E, mesmo assim, ela terá que tomar um remédio por cinco anos. Cada caixa
custa R$ 500,00 (quinhentos reais). Imaginem o drama de quem tem câncer
metastaseado, incapacitante.

O livro contém todas as informações sobre todas as doenças que são
beneficiadas por leis que nós desconhecemos que não são divulgadas, além
dos procedimentos que devem ser adotados para receber tais benefícios.

DIVULGUEM!!!!

"Nós nos transformamos naquilo que praticamos com freqüência. A perfeição, portanto, não é um ato isolado. É um hábito".

(Aristóteles Nelson Antonio Corrêa - Médico ginecologista)

DIVULGUE, VOCÊ PODE ESTAR AJUDANDO UMA PESSOA NECESSITADA, SEM SAIR DE CASA.

10 junho 2007

Herdeiros do Rei



Confira o autêntico forró pé-de-serra com os Herdeiros do Rei. Com Saraiva, no vocal e triângulo; Josniel, no acordeon; e André, no zabumba; confira as canções do trio agora, finalmente, com a gravação de seu primeiro CD.

09 junho 2007

Perigos do Orkut


O ORKUT apareceu como uma forma de reaver amigos, saber notícias de quem
estava distante e mandar recados, e hoje esta sendo utilizado com o
propósito para que, creio, o seu maior trunfo, obtenção de informações sobre
uma classe privilegiada da população brasileira.
Por que será que só no Brasil teve a repercussão que teve?
Outras culturas hesitam em participar sua vida e dados de intimidade, de
forma tão irresponsável e leviana.
Foi por acaso você já recebeu um telefonema que informava que seus filhos
estavam sendo seqüestrados?
Sua mãe idosa já foi seguida por uma quadrilha de malandros?
Já te abordaram num barzinho dizendo que te conheciam faz tempo?
Já foi pra festas armadas para reencontrar os amigos de 30 anos atrás e não
viu ninguém?
Pois é. Ta tudo lá. No ORKUT. Com cinco minutos de navegação eu sei que você
tem dois filhos, tem um namorado , estuda no colégio tal, freqüenta cinemas.
E o melhor de tudo, com uma foto na mão, identifico seu rosto em meio a
multidões, na porta do seu trabalho, no meio da rua. Afinal, já sei onde
você está. É só ler os seus recadinhos.
Faço um pedido: quem quiser se expor assim, faça-o de forma consciente e
depois não lamente, nem se desespere, caso seja vítima de uma armação, mas
poupe seus filhos, poupe sua vida íntima.
O bandido te ligou pra te extorquir dinheiro também porque você deixou.
A foto dos meninos estava lá. Teu local de trabalho tava lá. A foto no hotel
5 estrelas na praia tava lá. A foto da moto que está na garagem estava lá.
Realmente, somos um povo muito inocente e deslumbrado.
Por enquanto, temos ouvido falar de ameaças a crianças e idosos.
Até que um dia a ameaça será fato real.. Tarde demais.
Se você me entendeu, Ótimo!
Reveja sua participação no ORKUT ou ao menos suprima as fotos e imagens de
seus filhos menores e parentes que não merecem passar por situações de risco
que você os coloca.
Se acha que não tenho razão, deve se achar invulnerável. Informo que pessoas
muito próximas a mim e queridas, já passaram por dramas gratuitos, sem
perceber que foram vítimas da própria imprudência.
A falta de malícia para a vida nos induz a correr riscos desnecessários.
Não só de Orkut vive a maioria dos internautas. Temos uma infinidade de
portas abertas e que por um descuido colocamos uma informação que pode nos
prejudicar.
Não conhecemos a pessoa ou as pessoas que estão do outro lado da rede.
O papo pode ser muito bom, legal. Mas disponibilizar informações a nosso
respeito pode se tornar perigoso ou desagradável.
Portanto cuidado ao colocar certas informações na Internet.
PS:- Passe a todos que você conhece e que utiliza o Orkut, 1Grau,Gazzag,
NetQI,Blogs, Flogs, etc... para que todos tenhamos a consciência sobre o
assunto e colaboremos na diminuição do crime.


*Marco André Vizzortti
Professor de Informática da USP

08 junho 2007

infoMULHERES


Anote. No dia 13 de junho, a partir das 19 horas, na Galeria de Artes do Sesc Crato será aberta a exposição infoMULHERES, do artista plástico, Alexandre Lucas [foto]. A exposição reune cerca de 38 infogravuras de mulheres que fazem parte do convívio do artista. O trabalho retrata percepções momentâneas do universo feminino e ao mesmo tempo tem um conteúdo engajado nas lutas pela emancipação de gênero.

Alexandre Lucas _ artista plástico

06 junho 2007

POTOCAS. COM

LIMUSINE CEARENSE



Por que o Bin não ataca estas ?



As Fases Líquidas da Vida:
















BlogPoem - VIDA - Mário Quintana




VIDA


Quando se vê já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, passaram-se 50 anos!
Agora, é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho,
a casca dourada e inútil das horas...
Dessa forma eu digo:
Não deixe de fazer algo
que gosta devido à falta de tempo,
a única falta que terá,
será desse tempo que
infelizmente não voltará mais.

Mário Quintana

CINEMA PARA O POVO



Caros amigos,

Desde já quero manifestar congratulações para Nívia Uchoa por sua força representativa na Constituinte Cultural. Ela agora que nos representa na delegação setorial de audiovisual na nova proposta de consolidação de uma interiorização da política de cultura do Estado. Para tanto, pelo menos em nossa categoria, teremos que estar bem organizados.

Conclamo aos sócios da Associação de Audiovisual do Cariri - AAC para se reunirem na pauta do dia: PLANEJAMENTO DA AÇÕES DA AAC (pelo menos 2 anos para frente). Com planejamento e organização teremos mais força. A Secult tem nos "ouvido" e nós o que temos "dito"? É uma boa reflexão, embora nem tudo possa ser feito de um só tempo. Daí a necessidade de identificarmos diretrizes e ações para os próximos anos.


O Sesc-Crato em parceria com o CCBNB reiniciou esta semana uma programação de cinema gratuita, e de qualidade. Tal ação e outras propostas de Cine Clube estimulam a formação de platéia e a cultura de ver filmes em nossa cidade. Entretanto, preocupa-me a garantia de um espaço que consolide o tripé formação-produção-exibição de filmes/vídeos no Cariri.

Daí seja oportuno lançar a seguinte proposta: INSTALAÇÃO DE UM CINEMA CULTURAL na sala do atual "Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva" (mais conhecido, Cine Moderno). Entendo por "Cinema Cultural" um local de formação de platéia, de capacitação e realização em audiovisual. Creio que a ACC juntamente com a Prefeitura e demais parceiros interessados poderiam construir um projeto para instalação de equipamentos para a projeção de filmes no Teatro Municipal, associado às atividades citadas. Isto significa implementar, com todas as letras, um CINEMA PARA O POVO.

Espero que a atual secretária de cultura atente para nossa idéia e demais simpatizantes do audiovisual. Pois creio tal proposta ser, no mínimo, coerente e mais interessante do ponto de vista social. Até porque na ocasião da reinauguração do "Cine Moderno" fora ventilada a idéia de privatizar o espaço de exibição de cinema do teatro! O que seria um tiro no pé! Ou mesmo, no bom "cearês", seria "de lascar"!

04 junho 2007

O Nordeste Tá Cum Tudo !


31.5.07 [18h27]
Universidades públicas ganham das particulares na avaliação do MEC


Nas 15 áreas de conhecimento avaliadas pelo Exame Nacional de Desempenho (Enade) 2006, as universidades públicas são melhores que as particulares. Os resultados foram divulgados hoje (31) pelo Ministério da Educação.Segundo o presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, o bom desempenho das instituições públicas já é observado há algum tempo, desde a época do antigo Provão. “O que nós estamos mostrando agora, com o IDD, é que além de terem melhores alunos formados, as instituições públicas também agregam mais [conhecimento] que as privadas”.O IDD (Indicador de Diferença entre o Desempenho Observado e o Esperado) mostra a diferença entre o desempenho esperado e o alcançado na prova pelos formandos, revelando assim quanto conhecimento foi agregado. Varia de 1 a 5.Enade aponta que 10,2% das públicas tiveram nota máxima (5) - contra 5,6% das particulares - e 28,9% conseguiram 4 - contra 23,7% das particulares.O presidente do Inep destacou também que as instituições do Nordeste e do Sul continuam tendo as melhores notas, mas ponderou que isso não é novidade. “Já aconteceu no Enade passado e retrasado, então não é nenhuma surpresa”. Segundo ele, "a proporção de escolas federais de boa qualidade [no Nordeste] é maior do que, por exemplo, no Sudeste”.No Conceito Enade, que varia de 1 a 5 e avalia de forma conjunta o desempenho dos alunos ingressantes e concluintes, 21,2% dos cursos da instituições públicas alcançam nota máxima - contra 1,6% das privadas - e 33,1% tiveram 4 - contra 14,6% das privadas.O Enad avaliou mais de 386 mil alunos de 5.071 cursos que englobam 15 áreas de conhecimento em 1.600 instituiçõe - em 871 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal. Somando-se às duas últimas edições do exame, foi fechado um ciclo, com a análise de 48 áreas de conhecimento.

Autor: Érica Santana
Fonte: Agência Brasil

Finalmente darei o ar da graça por aqui. Desde fevereiro fazendo parte potencialmente do blog, mas até então sem nenhuma postagem. Convidada por Zé Flávio, figura emblemática de nossa terra, aceitei com um sentimento meio ambíguo o desafio de participar deste espaço. Ambíguo porque me pareceu sedutor estar perto, mesmo que virtualmente, de minhas raízes, minha gente e quase sentir o cheiro da terra. Por outro lado, fiquei matutando sobre que tipo de participação seria a minha. Tanto tempo longe, tão poucos retornos nos últimos tempos, infelizmente, de que eu poderia falar? E hoje, na minha estréia por aqui resolvi compartilhar com quem acessa, a letra de uma música classificada no Festival da Meruoca, que narra justamente uma de minhas viagens até aí. Na verdade ela descreve tudo que vi na estrada e que tanto faz parte de nosso universo nordestino, sertanejo. Levarei o Cariri à Meruoca com Combustível do Sertão e se tudo der certo, estarei por aí em meados de junho participando da Mostra do SESC e matando a saudade de meu torrão.



Combustível do Sertão


Nuvem vermelha
Céu com nevoeiro
Sol vem despontando
Lua desabando
Milhas e Postes
Casa de Farinha
Gente no roçado
Próxima Cidade

Carroça passa
Enxada fere o chão
Jumento e bicicleta
Marmita bem amarrada
Menino na beira estrada
A lata de querosene que agora leva água
Combustível do Sertão

Essa viagem começa no litoral
Madrugada, manhãnzinha
Passa serra, cai neblina
Lá pras tantas terra seca
O sol queima o juízo
Pra chegar no meio dia
Na Chapada do Araripe
Oásis do meu Sertão
Onde andou Lampião

http://www.jordguedes.palcomp3.com.br/
Nesse endereço é possível conferir parte do meu trabalho e ouvir Combustível do Sertão

03 junho 2007

BLOW UP


NAVALHA


JFLÁVIO

O leitor – se já se não encontra totalmente imune -- deve ter mais uma vez se indignado , nos últimos dias, com novas e intragáveis denúncias de corrupção no país.A Operação Navalha da Polícia Federal destronou o ministro das Minas e Energia , enlameou de uma vez por todas o presidente do Senado e, espalha-se a boca miúda, que mais de cem parlamentares podem estar envolvidos.Corrupção no Congresso, definitivamente, não é mais novidade: de tão comum, já não dá IBOPE, nem vende mais jornal.Calcula-se que o Brasil perde cerca de R$ 20 bilhões por ano com corrupção , verba suficiente para tocar toda a saúde do Crato pelos próximos 83 anos. De há muito perdemos a fronteira entre a vida pública e a privada.
Há, no entanto, um detalhe nas notícias espalhadas pelos jornais brasileiros que merece reflexão. Aparentemente passa desapercebida, em meio aos caos do desvio de mais de 30 milhões de verbas federais pelas empreiteiras identificadas na Operação Navalha. O cabeça da quadrilha, o empreiteiro baiano Zuleido Veras , é dono da Construtora Gautama. Concordemos que o nome é esquisito , parecido com uma daquelas cidades da região Norte , mas perfeitamente o aceitaríamos sem muitas perguntas , se a navalha não lhe houvesse exposto as vísceras.Pasmamos todos quando o Zuleido, algemado, informou ser budista e que havia batizado sua construtora em homenagem ao Buda, um dos líderes religiosos mais humildes e despojados da humanidade e que aí pelo Século VI a.C. ficou conhecido como Siddartha Gautama.
Para mim, pobre ruminador de idéias de fim de semana, este fato mostrou-se como o mais revelador brotado do corte da Navalha. Nada mais brasileiro que o ato do nosso Zuleido. Nós somos em verdade este mar de inconsistências aparentemente consistentes. Nação milagrosamente nascida da miscigenação de muitas raças e culturas, carregamos conosco também verdades e valores multifacetados. Pensamos e agimos como seres afro-índio-mouro-ibérico-sino-ítalo-germânicos. Esta variedade inesgotável se encontra presente no nosso fenótipo, mas também na nossa culinária, na nossa música, nas nossas festas, na nossa religião.Temos um sincretismo religioso bastante peculiar. No Candomblé isto parece tão visível quando Ogum se traveste de São Jorge e Iemanjá de Nossa Senhora. A recíproca, também,faz-se verdadeira entre alguns grupos evangélicos, como os da Igreja Universal, quando se estabelecem rituais para afastar os Encostos e o Exu-Tranca-Ruas. O “Vale do Amanhecer”, uma das mais brasileiras das religiões, apresenta rituais imensamente sincréticos: uma mescla de catolicismo-kardecismo-budismo-candomblé-xamantismo.Entre os católicos, a religião mais predominante do país, este sincretismo não é menos visível. O Padre Pinto na Bahia, ano passado, se alternava entre o terreiro e o púlpito. Por outro lado nossas festas religiosas se apresentam como uma mescla de sagrado/profano, religioso/pagão, basta ver, por exemplo , o Pau-de-Santo-Antonio aqui na Barbalha. Na semana santa, por outro lado, tomam-se carraspanas fenomenais e tudo parece perfeitamente permitido, desde que a bebida seja o vinho.Vamos ao confessionário, única e exclusivamente, para zerar os pecados e começar tudo de novo. Nossas promessas com os santos de devoção são uma espécie de escambo, de toma-lá-dá-cá. Para que Santo Antonio arranje noivo, muitas vezes, além da promessa pura e simples, se amarra a imagem do santo de cabeça para baixo dentro de um copo d´água e só se tira depois da promessa alcançada. É como se seqüestrássemos o santo e o torturássemos até que cumprisse aquilo que pedimos.
Assim, colocar o nome de Siddartha Gautama numa Construtora plena de falcatruas e fraudes, mostra-se como claramente aceitável e um ato profundamente brasileiro. Neste país é quase que impossível saber-se onde termina o culto religioso e começa o carnaval.

02 junho 2007

Espetáculo de Dança no SESC /Crato


Cinema de Arte no SESC/Crato

SESC CRATO TERÁ SESSÕES DE CINEMA NOVAMENTE


O SESC Crato em parceria com o Centro Cultural Banco do Nordeste – Cariri, estará realizando todas as segundas-feiras sessões de cinema. Dentro de alguns dias, as duas instituições estarão disponibilizando a programação mensal, assim como o nome do projeto, podendo o apreciador da sétima arte se agendar com a devida antecedência.

Essa sessão de cinema faz parte do Programa Arte Retirante, executado pelo Centro Cultural Banco do Nordeste em parceria com diversas instituições, proporcionando a diversas cidades da região do Cariri a oportunidade de ter acesso a sua programação.

A sessão de cinema terá início nesta segunda-feira (mesmo com o primeiro filme ainda a ser definido), dia 04 de junho, pontualmente às 19h.
A entrada é grátis!

Mais informações:

SESC Crato
Programa Cultura
Rua André Cartaxo, 443. Bairro Cruz, Crato – CE
Fone: 3523.4444

Centro Cultural Banco do Nordeste
Rua São Pedro, 337. Centro, Juazeiro do Norte - CE.
Fone: 3512.2855